Rotting Christ: Seguindo a linha que a consagrou

Resenha - Herectics - Rotting Christ

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O Rotting Christ me conquistou quando lançou seu décimo disco, "Aealo" (2010). A união entre um metal repleto de melodia e elementos da música grega e mediterrânea deu ao mundo um álbum sensacional e totalmente fora da curva do que se fazia naquela época. E mesmo quase uma década depois, o disco continua soando inovador.

Rotting Christ: banda lança lyric video de "Serve In Heaven"Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Entretanto, a banda liderado pelo vocalista e guitarrista Sakis Tolis jamais repetiu tal feito, pelo menos aos meus ouvidos. Tenho acompanhado o grupo desde então, fui atrás dos álbuns anteriores e ouvi os que vieram depois, e sigo com a opinião de que "Aealo" é o ápice da carreira do Rotting Christ.

"The Heretics", novo trabalho do quarteto grego, não muda nada disso. Lançado na metade de fevereiro pela Season of Mist, o álbum traz dez músicas que mostram a banda seguindo a linha do black metal melódico que a consagrou. Resumido a apenas Sakis e seu irmão Themis (bateria), o Rotting Christ gravou um disco que não é ruim e tem bons momentos, mas possui pouca força para se destacar em um mercado tão competitivo quando o metal, onde novas bandas surgem a cada minuto.

As canções de "The Herectics" trazem a sempre marcante presença de melodia, aqui intercalada com coros quase onipresentes e que dão um clima meio sacro para as composições. Os andamentos me soaram meio repetitivos, o que contribuiu para a percepção de que trata-se de um trabalho que mostra a banda grega fazendo algo que já fez antes. A questão é que, para quem nunca ouviu o Rotting Christ, o álbum pode ter um efeito muito mais positivo do que para aqueles que já conhecem o som dos caras. E o mesmo vale para os fãs mais novatos de heavy metal e que não possuem tanta estrada no estilo, que certamente ficarão satisfeitos com a maneira como as canções dos irmãos Tolis são construídas, ao contrário de quem já possui um histórico maior dentro do gênero e perceberá que o caminho seguido pelos gregos já foi mais original.

Concluindo, "The Herectis" é um disco nota 6, no máximo nota 7 dependendo do humor de quem o analisa. E isso é pouco para uma banda que já gravou algo tão espetacular como "Aealo".



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rotting Christ"


Rotting Christ: banda lança lyric video de "Serve In Heaven"

Rotting Christ: Polêmicas com Mustaine e político norte-americanoRotting Christ
Polêmicas com Mustaine e político norte-americano

Idioma: bandas que já cantaram em sua língua natalIdioma
Bandas que já cantaram em sua língua natal

Grécia: dez das maiores bandas de metal do paísGrécia
Dez das maiores bandas de metal do país


Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Ozzy Osbourne: Fim do Guns foi a maior tragédia do rockOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

Jason Becker: O mais tocante desafio do balde de geloJason Becker
O mais tocante desafio do balde de gelo

Metal contra o câncer: festival aceita cabelo como ingressoMetal contra o câncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

Guns N' Roses: Axl se declarou à ex em gravação, mas se arrependeuGuns N' Roses
Axl se declarou à ex em gravação, mas se arrependeu

AC/DC: as músicas do Back in Black, da pior para a melhorAC/DC
As músicas do "Back in Black", da pior para a melhor


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.