Warbringer: ainda mais agressivo em novo trabalho

Resenha - Woe to the Vanquished - Warbringer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8

Uma das bandas mais interessantes da nova geração do thrash metal, o WARBRINGER chega a seu quinto registro, nos trazendo um material ainda mais violento que seus antecessores, o que, convenhamos, era uma tarefa bem difícil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Flertando constantemente com o death metal, "Woe to the Vanquished" é uma verdadeira ode à brutalidade sonora, trazendo latentes as influências da banda (de grupos como SLAYER, KREATOR, DESTRUCTION e EXODUS), mas adquirindo um estilo todo peculiar, calcado em riffs poderosíssimos, cozinha ultra técnica e brutal, e as linhas vocais insanas de John Kevill.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se no disco anterior, "IV: Empires Collapse", a banda seguiu uma linha mais obscura, quase doom, aqui retornaram ao lado mais diretão e agressivo do thrash, como se percebe em pedradas certeiras como "Silhouettes" e "Remain Violent", ambas que certamente se tornarão clássicos imediatos do quinteto californiano.

Já o lado mais death metal fica claro em "Divinity of Flesh", uma das faixas mais brutais de toda a carreira da banda, com direito até a blast beats, e guitarras estilo serra elétrica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas o destaque maior fica para a faixa de encerramento, "When the Guns Fell Silent", uma epopéia metálica de mais de 11 minutos, com andamento mais cadenciado, e uma rifferama de impressionar, e um clima mais obscuro e mórbido.

A produção também é sem dúvida a melhor dos caras até hoje, com tudo bem direto e na cara, e ótimas escolhas de timbres, em especial as guitarras, realmente matadoras..

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um trabalho coeso, maduro, e que certamente mantém a banda dentre as grandes do estilo, elevando sua carreira a um patamar acima.

publicidade

Woe to the Vanquished - Warbringer
(2017 – Shinigami Records)

1. Silhouettes
2. Woe to the Vanquished
3. Remain Violent
4. Shellfire
5. Descending Blade
6. Spectral Asylum
7. Divinity of Flesh
8. When the Guns Fell Silent


Outras resenhas de Woe to the Vanquished - Warbringer

Warbringer: Representando o Thrash Metal moderno




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Thrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileiraThrash Metal
10 novas promessas - incluindo uma brasileira


Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire

Separados no nascimento: Lady Gaga e EddieSeparados no nascimento
Lady Gaga e Eddie


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 WhiFin