Pain of Salvation: revisitando um de seus maiores clássicos

Resenha - Remedy Lane Re Visited - Pain Of Salvation

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

Originalmente lançado em 2002, "Remedy Lane" é o quarto álbum do PAIN OF SALVATION, e um dos mais aclamados de sua discografia, e antecede o ponto alto mais alto da carreira dos caras, que foi o álbum "Be", de 2004. E agora o disco ganha uma nova versão, trazendo dois álbuns distintos, um com o disco original remixado, e outro com o trabalho tocado ao vivo na integra, tudo isso em um belo digipack, que acaba de receber sua versão nacional via Hellion Records.

O Pestinha: o que o ator mirim do filme tem a ver com rock?Metallica: os motivos da saída de Jason Newsted

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como todos sabem, o POS é uma banda única, com uma sonoridade difícil de caracterizar, e que não se prende à paradigmas pré estabelecidos, sempre buscando novos horizontes, fugindo do lugar comum, e "Remedy Lane" foi um trabalho que caracterizou bem esta faceta do conjunto, sendo totalmente abrangente e diversificado.

Além disso, a crueza com que tudo é apresentado, e a forte carga emocional de cada composição, aliadas a arranjos riquíssimos e um bom gosto mais do que peculiar, mostram uma banda que estava em um processo evolutivo impressionante.

Quanto à nova mixagem do disco, feita por Jens Borgren, observa-se que tudo ficou mais orgânico e pesado, já que além de uma melhor abordagem sonora, houve também a substituição de alguns emuladores de amplificadores por amplificadores regulares.

Sobre o repertório, temos grandes clássicos como "Trace of Blood" e "Rope Ends", pesadas e intensas; e a progressiva faixa título, com fortes influências setentistas, que sempre foram muito bem utilizadas pelo líder Daniel Gildenlöw.

Não há também como não citar a excelente balada "Undertown", e a classuda "This Heart Of Mine", onde a nova mixagem se mostra bem evidente, com um nítido ganho de volume das vozes.

Liricamente, o trabalho é conceitual, tratando de uma viagem introspectiva de um homem visando o autoconhecimento, remetendo a todas as alegrias e frustrações que isso pode ocasionar, por meio de diversas emoções.

A versão ao vivo do álbum também ficou excelente, tendo sido gravada no show da banda no ProgPower USA de 2014, já com a nova formação, e é outro grande atrativo deste material.

Vale citar ainda a nova arte gráfica, que revigora a original, e é belíssima.

Um álbum que marcou a história do metal progressivo contemporâneo, e que agora se apresenta de forma ainda mais indispensável, para o deleite dos fãs.

REMEDY LANE RE:VISITED (2016) - PAIN OF SALVATION
(2016 - Hellion Records)

Track List:

CD 1: Remedy Lane Re:Mixed

1. Of Two Beginnings
2. Ending Theme
3. Fandango
4. A Trace of Blood
5. This Heart of Mine (I Pledge)
6. Undertow
7. Rope Ends
8. Chain Sling
9. Dryad of the Woods
10. Remedy Lane
11. Waking Every God
12. Second Love
13. Beyond the Pale

CD 2: Remedy Lane Re:Lived

1. Remedy Lane
2. Of Two Beginnings
3. Ending Theme
4. Fandango
5. A Trace of Blood
6. This Heart of Mine (I Pledge)
7. Undertow
8. Rope Ends
9. Chain Sling
10. Dryad of the Woods
11. Waking Every God
12. Second Love
13. Beyond the Pale




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Pain Of Salvation"


Prog Metal: os 10 discos essenciais segundo o TeamRockProg Metal
Os 10 discos essenciais segundo o TeamRock

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo


O Pestinha: o que o ator mirim do filme tem a ver com rock?O Pestinha
O que o ator mirim do filme tem a ver com rock?

Metallica: os motivos da saída de Jason NewstedMetallica
Os motivos da saída de Jason Newsted


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adGoo336