Hargos: "Libertas Quae Sera Tamen"

Resenha - Shadows Of Violence - Hargos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Sobreira
Enviar correções  |  Ver Acessos

Praticar um som interessante e lançar um disco bem produzido, muitas vezes não é o bastante para uma banda conseguir algum justo reconhecimento. Mesmo assim, o mineiro Hargos deixou claro em seu único
álbum, que isso não faz a menor diferença quando o assunto é soar diferenciado e com qualidade!

Podemos apreciar neste "Shadows of Violence", músicas pesadas, modernas e dinâmicas, que combinam o peso do Thrash com a sofisticação do Prog, mas é claro. que não é só isso, pois alguns arranjos de teclado, também conferem um certo teor sinfônico, enriquecendo ainda mais as ótimas músicas.

O disco se inicia com 'Dream of Liberty', uma introdução muito boa, que em apenas 1:30" de duração, nos cativa por sua pompa e prepara o terreno com muita inteligência para o restante do material. 'Hero Betrayed' vem na sequencia, mostrando de fato, o poder do grupo, em muita versatilidade. Destaque igualmente para as imperdíveis "Tsunami", "Charnage", "Baghdad", "Chaotic City", "Born in Hell", além da inusitada balada "Silent Angel", que realmente pode te pegar de surpresa, mas de uma forma bem agradável, e que conta com a participação da vocalista Isabela Santos (ex Rosa Ígnea), dividindo os vocais com Breno.

Como observações: É de se notar também, que os s rapazes não esconderam suas origens, e em algumas letras, fazem citações à Minas Gerais e a sua cidade Belo Horizonte. Apesar de constar no encarte, o nome do tecladista Victor Munhoz, quem executou os teclados (de forma magnífica) neste trabalho foi Thiago Valadão. E, para finalizar, o disco ainda contou com a participação dos músicos Marcus Viana (Violino Elétrico, nas faixas 6 e 7) e de Wallace Parreiras (Vocal e Backing, nas faixas 2, 5 e 8).

Basta ouvir alguma música e comprovar por si mesmo o que eu disse!

Faixas:
1 - Dream of Liberty (Intro)
2 - Hero Betrayed
3 - Tsunami
4 - Carnage
5 - The Beginning
6 - Baghdad
7 - Silent Angel
8 - In Metal Town (Wake Up the Mountains)
9 - Chaotic City
10 - Born in Hell

Formação:
Vinicius Ligano: Bass
Helder Nenen: Drums
Reinaldo Alves: Guitars
Víctor Munhoz: Keyboards
Breno Lorenzo: Vocals

Lançamento: 2007 / Die Hard Records


Outras resenhas de Shadows Of Violence - Hargos

Hargos: pouca estrada mas potencial de sobra


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hargos"


Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um

Os mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...Os mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...


Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira no Whiplash.Net.

adGoo336