Greg Lake & Geoff Downes: Quando dois monstros se unem...

Resenha - Ride the Tiger - Greg Lake & Geoff Downes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vicente Reckziegel
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Vamos ver o currículo destes dois rapazes: Sr. Greg Lake (Baixista, Guitarrista e Vocalista) foi co-fundador das bandas King Crimson e Emerson Lake & Palmer. Já o Sr. Geoff Downes, tecladista de bandas como o Asia e Yes. Poucos podem dizer que possuem tais referências, certo?

Steven Tyler: "Há álbuns que prefiro esquecer"Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos

E os dois, que já tiveram oportunidade de tocar juntos em algumas bandas, finalmente soltaram este álbum/Ep "Ride the Tiger", com músicas escritas por ambos há um bom bocado de anos, e que nunca tinham sido lançados nesse formato, apesar da música "Love Under Fire" já ter saído em um disco do Asia, e a faixa "Affairs of the Heart" foi lançada pelo Emerson Lake & Palmer, as músicas restantes haviam ficado na gaveta por todo esse tempo, vendo a luz do dia somente no final de 2015.

E as músicas, em sua grande maioria, são voltadas para o teclado e baixo, já que os mesmos são os principais instrumentos dos músicos citados. E aquele "cheiro" do Pop/Rock década de 80 fica impregnado durante toda a audição de "Ride the Tiger". Alguém mais desavisado, ou que apenas dê uma ouvida de leve no material, pode considerar o mesmo meio "brega" e datado, mas a verdade é que a competência destes dois monstros compensa qualquer falta de peso contido aqui.

As duas faixas citadas, "Love Under Fire" e "Affairs of the Heart" são duas baladinhas conduzidas pelo teclado e boa interpretação vocal de Greg Lake, mostrando uma voz afiada, mesmo que sem malabarismos. Ou seja, o simples, mas eficiente. Ambas excelentes, mas das duas, a que traz uma carga de emoção maior é "Affairs of the Heart", sendo que a outra aparece ao final numa versão alternativa (que na verdade não difere muito da oficial).

Mas "Ride the Tiger" possui outros destaques também, como "Money Talks" (não, não tem semelhança alguma com o clássico do AC/DC) onde guitarras tímidas chegam a dar um leve sinal de vida, "Street War", essa totalmente anos 80, quase uma viagem no tempo, e "Blue Light", outra balada bacana, apesar de um pouco inferior as anteriores.

Não esperem encontrar peso aqui, e mesmo o progressivo mais elaborado das bandas pelas quais os artistas passaram, mas é um disco para se ouvir quando se deseja paz e tranqüilidade, de preferência se estiver à noite numa praia na companhia perfeita.

7 Faixas - 32:01

Tracklist:
1. MONEY TALKS
2. LOVE UNDER FIRE
3. AFFAIRS OF THE HEART
4. STREET WAR
5. CHECK IT OUT
6. BLUE LIGHT
7. LOVE UNDER FIRE (ALTERNATE MIX)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Asia"Todas as matérias sobre "King Crimson"Todas as matérias sobre "Emerson Lake And Palmer"Todas as matérias sobre "Yes"


Para entender: o que é rock progressivo?Para entender
O que é rock progressivo?


Steven Tyler: Há álbuns que prefiro esquecerSteven Tyler
"Há álbuns que prefiro esquecer"

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatosMegadeth
Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos

As novas caras do metal: + 40 bandas que você deve conhecerAs novas caras do metal
+ 40 bandas que você deve conhecer

Rammstein: Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!, diz Till LindemannRammstein
"Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann

Mr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

AC/DC e Guns: Incontinência urinária de Slash bêbado ajudou na escolha de restauranteAC/DC e Guns
Incontinência urinária de Slash bêbado ajudou na escolha de restaurante

Dimebag: Dono do local onde guitarrista foi morto relembra momentos de terrorDimebag
Dono do local onde guitarrista foi morto relembra momentos de terror


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336