The Cross: E eis que ressurge o grupo pioneiro do Doom nacional

Resenha - Flames Through Priests - Cross

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fabio Pitombeira
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Das profundezas do abismo, eis que ressurge triunfante um dos grupos mais respeitados do underground brasileiro: o THE CROSS. Após um imenso hiato, a banda retoma as suas atividades, com o lançamento do EP “Flames Through Priests”, mantendo com muita dignidade as suas origens da antiga escola do Doom Metal.

5000 acessosFrances Cobain: "O Twitter deveria banir minha mãe"5000 acessosIron Maiden: uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Este disco contém duas músicas inéditas, além da Demo “The Fall” de bônus, esta última um verdadeiro artefato metálico, que os poucos bangers que possuem a sua versão em K7 ostentam com muita satisfação. Obviamente este conteúdo clássico rouba a cena, ainda que as inéditas “Cursed Priest” e “Sweet Tragedy”, mostram uma banda que não foi castigada por tantos anos de inatividade! Muito pelo contrário, ambas as faixas mostram que bons ventos podem soprar para o futuro do THE CROSS. Longas, diversificadas e lúgubres são alguns dos termos que podemos usar para defini-las.

Lançamento indicado para fãs das bandas SOLITUDE AETURNUS e MY DYING BRIDE, que buscam a real essência do Doom, sem modismos ou experimentalismos. A proposta aqui é ser tradicionalista, e se você encaixa-se neste perfil, pode adquirir sem medo. Masterpiece!

Track List:
01. Sweet Tragedy
02. Cursed Priest
03. Flames of Deceit (bonus track)
04. The Fall (bonus track)
05. Scars of Illusion (bonus track)

Formação/Formation:
Eduardo: vocalista/singer
Elly: guitarrista/guitarist
Pedro: guitarrista/guitarist
Luciano: baixista/bass player
Alex: baterista/drummer

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Flames Through Priests - Cross

420 acessosThe Cross: O retorno de um dos pioneiros do death/doom nacional

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cross"

Frances CobainFrances Cobain
"O Twitter deveria banir minha mãe"

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

GorgorothGorgoroth
As orientações sexuais e políticas de Gaahl

5000 acessosLemmy: "John Lennon era o cuzão dos Beatles!"5000 acessosJudas, Queen e Rammstein: entre os vídeos mais gays5000 acessosKeith Richards: "As drogas de hoje são uma droga"5000 acessosMotley Crue: As histórias mais cabulosas da biografia da banda5000 acessosMegadeth: as pérolas mais polêmicas ditas por Mustaine5000 acessosRoger Waters: fã paga $1.700 por box autografado e se sente trollado

Sobre Fabio Pitombeira

Trabalha desde 2002 com produção de shows em Teresina. Teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Heavy Metal e Rock and Roll como Paul Di Anno, Ira!, Hangar, Angra, Shaman, Andralls, Drowned, Clamus, Dark Season, Megahertz, Anno Zero Empty Grace, Mordydia, Káfila, entre outros.

Mais matérias de Fabio Pitombeira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online