Setrovian: Procurando a medida certa

Resenha - Demo 2014 - Setrovian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


Muito boa a proposta dessa banda formada em 2011, oriunda de Barreiras/BA e radicada em São Paulo, capital. A proposta aqui é fazer um Prog Metal que flerta com o Thrash Metal, e o quinteto se sai muito bem nisso.

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposSeparados no nascimento: Joe Satriani e Lord Voldemort

Primeiro que os caras priorizaram muito o peso e isso fica evidente nos timbres graves e um pouco sujos que os guitarristas Tiago Damiani e Jackson Ferraz (que foi substituído por Bruno Kendi) utilizaram, seguidos pela cozinha de Caio Pamplona (baixo) e Pedro Calamary (bateria, substituído por Lucas Tommasini) que enfatizam isso. As mudanças de andamentos, como notamos na bela Book of Memories, soam coesas e precisas, e mostram que a banda tem conhecimento de causa.

Segundo que o vocalista Fernando Miranda possui um timbre bom, não muito comum e também se usa da versatilidade, alternando momentos brandos com mais agressivos, incluindo até guturais. O cantor ainda incrementa ótimas camadas de teclados, isto é, a banda segue bem o manual e suas composições possuem muita qualidade.

A produção ainda soa nos moldes de um trabalho de demonstração, mas não compromete o trabalho, o que mostra que a banda está no caminho certo e precisa apenas de alguns ajustes. O saldo final é muito positivo, o que faz que torçamos para que um novo trabalho saia logo.

https://www.facebook.com/pages/Setrovian/221304201277963?fre...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Setrovian"


Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

Separados no nascimento: Joe Satriani e Lord VoldemortSeparados no nascimento
Joe Satriani e Lord Voldemort

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21

Separados no nascimento: Ian Hill e Stênio GarciaSeparados no nascimento
Ian Hill e Stênio Garcia

Two and a Half Men: Participações de astros do rockTwo and a Half Men
Participações de astros do rock

Tom Morello: falando sobre tocar na afinação dropada em DTom Morello
Falando sobre tocar na afinação dropada em D

Black Sabbath: Gillan ficou horrorizado com mixagem de Born AgainBlack Sabbath
Gillan ficou "horrorizado" com mixagem de Born Again


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336