Matérias Mais Lidas


Jethro Tull
Stamp

Alice Cooper: O clássico "Billion Dollar Babies", de 1973

Resenha - Billion Dollar Babies - Alice Cooper

Por Neimar Secco
Postado em 15 de dezembro de 2013

A consolidação da banda americana de maior sucesso do início da década de 1970 e um álbum irreverente, que brinca com os valores morais e materiais de sua época. Eis um pequeno resumo do que Billion Dollar Babies representa: um álbum que, ao mesmo tempo, admitia e assumia a posição do Alice Cooper Group no cenário do rock de então.

Alice Cooper - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Hello, Hooray! Let the show begin, I've been ready
Em tradução livre:
(Olá "Viva", deixe oi show começar, já estou pronto)

E como já estavam prontos Alice Cooper e sua banda! Depois de cinco álbuns num intenso período de três anos (entre a gravação do álbum de estreia Pretties For You e o lançamento de Billion) a banda formada em Phoenix, Arizona por quatro amigos de escola: Vince, Mike, Dennis (DD) e Glen (GB) e mais um, de outro colégio, Neal, já tinha feito e visto de tudo um pouco. Platéias que esvaziavam os locais onde a banda se apresentava em Los Angeles, na época em que ainda usavam o nome de The Nazz; galinha arremessada ao palco e "gentilmente devolvida ao ar" pelas mãos de Alice, gerando inevitável manchete de jornal no dia seguinte e seguidos rumores de que a banda deliberadamente maltratava animais no palco; capa do segundo álbum, Easy Action, em que a banda aparece de costas nuas e de cabelos compridos, gerando num primeiro momento, a dúvida sobre se tratar de uma girls band, temas que geravam confusão de entendimento no público em geral: necrofilia ou crítica a maus tratos que levam (até mesmo) à morte de crianças por descuido dos pais (Dead Babies), etc.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 1973, Alice Cooper e sua banda já tinham lotado arenas, parado o trânsito na Picadilly Square, no centro de Londres, na hora do rush, devido ao ônibus que portava em sua capota o célebre pôster que promovia o show da banda na cidade, com Alice nu, envolvido apenas por uma jibóia. E, para coroar todo um período de discos de ouro e platina, vários hits, dezenas de capas de revista, o ano de 1973 ainda veria pela primeira vez uma banda de rock na capa da prestigiosa revista de finanças Forbes. Precisa dizer qual banda?

E a tal capa da Forbes só aconteceu porque no final de 1973, Alice Cooper tinha dominado a cena dos shows de rock com o álbum Billion Dollar Babies. Para ter a exata noção do impacto que a banda causou na época, é imperdível assistir ao vídeo da tour, Good To See You Again, Alice Cooper.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Billion Dollar Babies teve quatro hits nas paradas: Elected, lançada em 1972, como crítica/sátira ao caso Watergate, envolvendo escândalos do governo de Richard Nixon; Hello Hooray, a música que se encaixou perfeitamente à abertura do álbum e do show da turnê; a faixa título na qual Alice divide os vocais com um parceiro improvável: o psicodélico e riponga Donovan Leicht e, definitivamente, a mais conhecida e emblemática: No More Mister Nice Guy, uma espécie de música autobiográfica em que Alice ironiza: chega de ser um cara legal. Ironia pura, não?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum ainda traz a sexualmente cômica e ambígua Mary-Ann e as clássicas músicas cênicas Sick Things, Unfinished Sweet e I Love The Dead. Completam o repertório dessa gema dos anos 70, a semiacústica e politizada Generation Landslide e a stoniana Raped and Freezin´.

Billion Dollar Babies é o auge de uma banda que, sem dúvida, trouxe inovação e agitou o cenário musical da época. Será relançado em edição especial em janeiro de 2014. É esperar, reservar uns trocados ou ir correndo pegar emprestado daquela pessoa bacana que você sabe que o tem em sua coleção, ou buscar o seu no sebo ou na loja convencional mais próxima. Seja como for, vale a pena!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Faixas:
1. Hello Hooray
2. Raped and Freezin'
3. Elected
4. Billion Dollar Babies
5. Unfinished Sweet
6. No More Mister Nice Guy
7. Generation Landslide
8. Sick Things
9. Mary-Ann
10. I Love The Dead

NOTAS:

-- O álbum atingiu o topo das paradas tanto nos EUA quanto na Inglaterra.
-- Elected é uma "recriação" da faixa Reflected, do primeiro álbum, Pretties For You.
-- A capa dupla era em formato de carteira e vinha com uma nota gigante de 1 bilhão de dólares.
-- Vinham encartadas também as fotos dos 5 membros da banda, respectivamente autografadas. Elas eram destacáveis. E você tinha que optar: ou as deixava intactas na embalagem do disco, ou as destacava, para só assim, poder ver a ficha técnica do álbum.
-- As sessões de gravação contaram com visitantes como John Lennon, Keith Moon, Harry Nilsson entre muitos outros amigos e componentes do célebre grupo de "bêbados" liderado por Alice, os Hollywood Vampires.
-- Nos shows dessa tour, Alice vestia um par de botas de couro de leopardo, que Salvador Dali deu a ele de presente.
-- O relançamento feito pela Warner Bros. em 2001 (Deluxe Edition) trazia um CD bônus ao vivo da tour de 1973, que continha também três faixas bônus, de estúdio:
* Coal Black Model T (a early version of Slick Black Limo)
* Son Of Billion Dollar Babies (Generation Landslide Out
take) e
* Slick Black Limousine
-- Os shows da turnê contaram com o apoio de dois músicos extras: Mick Mashbir (guitarra) e Bob Dolin (teclados)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Produção: Bob Ezrin

Músicos
Alice Cooper - Vocals and Harmonica
Neal Smith - Drums and Vocals
Dennis Dunaway - Bass and Vocals
Glen Buxton - Lead Guitar (´possibly only on Generation Landslide´ but he did the orgasmic vocals on ´I Love The Dead´)
Michael Bruce - Rhythm Guitar, Vocals, Piano and Organ
Bob Ezrin - Keyboards
Mick Mashbir - Guitar
Dick Wagner - Guitar on ´I Love The Dead´ (Reggie Vincent says Dick also played lead on Hello Hurray)
Steve Hunter - Guitar on ´I Love The Dead´, guitar at the end of ´Generation Landslide´, Guitar at teh end of ´Sick Things´.
Donovan Leitch - Vocals on ´Billion Dollar Babies´
Reggie Vincent - Percussion on Elected, Guitar on Billion Dollar Babies, Elected, Raped And Freezin and No More Mr Nice Guy

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024
Bruce Dickinson


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Neimar Secco

Welcome to my nightmare. Sou professor de inglês e de português e também tradutor eventual. Rock sempre foi e continua sendo a minha trilha sonora de todas as horas. Minhas preferências são hard rock, progressivo e classic rock em geral (anos 60, 70 e 80). Bandas favoritas: Alice Cooper, Led Zeppelin, Black Sabbath, Ozzy Osbourne, Pink Floyd, Beatles, Creedence, The Doors, Dire Straits, entre muitas outras.
Mais matérias de Neimar Secco.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS