Matérias Mais Lidas

AC/DC: a reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vezAC/DC
A reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vez

AC/DC: as ordens de Malcolm para quem ia subir ao palcoAC/DC
As ordens de Malcolm para quem ia subir ao palco

Iron Maiden: As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a LoudwireIron Maiden
As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a Loudwire

Guns N' Roses: quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da políciaGuns N' Roses
Quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da polícia

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

David Ellefson: a diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo eleDavid Ellefson
A diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo ele

Nightwish: As 10 músicas que mudaram a vida de Floor JansenNightwish
As 10 músicas que mudaram a vida de Floor Jansen

Deep Purple: a fase com David Coverdale e Glenn Hughes foi o auge da banda? (vídeo)Deep Purple
A fase com David Coverdale e Glenn Hughes foi o auge da banda? (vídeo)

Dia dos Namorados: 15 músicas para você ouvir junto com mozão nesta data especialDia dos Namorados
15 músicas para você ouvir junto com "mozão" nesta data especial

Gene Simmons: como Paul Stanley teve a ideia do nome KissGene Simmons
Como Paul Stanley teve a ideia do nome Kiss

Motorhead: 10 das frases mais marcantes de Lemmy KilmisterMotorhead
10 das frases mais marcantes de Lemmy Kilmister

Megadeth: Max Norman diz que Mustaine roubou seus créditos de produção em álbum famosoMegadeth
Max Norman diz que Mustaine roubou seus créditos de produção em álbum famoso

Brian May: por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palhetaBrian May
Por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palheta

Lista: 15 músicas para quem vai passar o Dia dos Namorados sem companhia (mais uma vez)Lista
15 músicas para quem vai passar o Dia dos Namorados sem companhia (mais uma vez)

Sepultura: Wacken Open Air compartilha quatro clássicos da banda do show de 2018Sepultura
Wacken Open Air compartilha quatro clássicos da banda do show de 2018


Stamp
Pentral

Scorpions: Sempre um capítulo especial no mundo da música

Resenha - Live In Athens - Scorpions

Por Ronaldo Celoto
Em 09/11/13

Os deuses da mitologia eram alemães... pelo menos naquelas três noites especiais em Atenas, onde a banda alemã mais significativa do século XX apresentou o que viria a ser o seu segundo trabalho acústico, agora, sob a custódia da logomarca da MTV.

A abertura, com a rocker "Sting in the Tail" chegou a lembrar os bons tempos de "Catch Your Train", do clássico disco "Virgin Killer". Sincronizados e sempre afiados, KLAUS MEINE e sua trupe ofereciam à bela paisagem natural magnífica que emoldurava o teatro conhecido como Lycabettus (onde eram realizados os recitais e apresentações, há alguns milênios atrás) aquele costumeiro calor de suas canções. Para dar continuidade sem perder o ritmo, inseriram a já conhecida "Can't Live Without You", uma música que não me empolga muito, e, que, a meu ver deveria ter sido substituída pela esperada (pelo menos por mim) e contagiante "I'm Leaving You", uma das canções mais legais do SCORPIONS nos anos 80, que, embora ensaiada e tocada o vivo nas noites de gravação do álbum "Acoustica", acabou por ficar de fora do setlist final, e, infelizmente, também deste novo trabalho.

A homenagem à era gloriosa de ULRICH ROTH (ou ULI JON ROTH, como hoje é conhecido) recolocou o espetáculo em seu devido lugar, com "Pictured Life", "Speedy's Comming" e a épica "Born To Touch Your Feelings", que contou com a presença de uma bela mulher grega na segunda parte da música, que eu soube depois, tratar-se da atriz DIMITRA KOKKORI, que, na ocasião, emocionou-se verdadeiramente às lágrimas, enquanto declamava parte da letra. "The Best is Yet to Come", outra magnífica balada sobre esperança, a antológica e introspectiva "In Trance" (nesta versão, com a participação da performática artista CÄTHE, de timbre rouco e suave) e "When You Came Into My Life" (com destaque para o ótimo trabalho de KLAUS nos vocais) fechou esta parte inicial.

A seguir, algumas novas canções, muito boas, por sinal, escritas por JABBS e SCHENKER. São elas: as teasers "Dancing With The Moonlight" e "Rock and Roll Band", a instrumental "Delicate Dance" (JABBS estava impecável), a inesperada balada "Love is the Answer", com RUDOLF nos vocais (algo que, naquele instante, me emocionou muito, realmente), e, a lindíssima "Follow Your Heart", com KLAUS cantando sozinho e tocando violão, de forma introspectiva e muito apropriada para a platéia. "Send Me an Angel" apresentou sua linhagem comum, já conhecida no trabalho anterior, mas é sempre uma canção com conteúdo forte e inspirador em sua letra. "Passion Rules The Game" é uma canção inserida na tentativa de valorizar o disco "Savage Amusement", mas que a meu ver, não empolgou em nada, e, eu também substituiria por "Longing For Fire", por exemplo, do momumental disco "In Trance", ou de "You Give Me All I Need", presente no disco "Blackout".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Divindades à parte, e, seguiram-se as esperadas "Rock You Like a Hurricane" (com ajuda de JOHANNES STRATE, vocalista da banda de rock-pop alemã REVOLVERHELD, nos vocais), "Blackout", "Still Loving You" (onde, nas fotos já divulgadas em diversos sites, vê-se que um fã brasileiro entregou uma bandeira para KLAUS), para fazer jus aos muitos que lá compareceram apenas para ver clássicos mais conhecidos. "Big City Nights", para minha surpresa e empolgação, foi a seguinte, com uma roupagem acústica muito boa, embora eu tenha sentido muita falta, não apenas naquele momento, mas durante parte do show, da participação dos fãs com maior intensidade nos refrões, mas era normal, em se tratando de Europa.

Para o fim, a estratosférica e linda "No One Like You" (belo arranjo, mas deveria ter mais backing vocais), "Wind of Change" (com ótima participação de MORTEN HARKET, sim, ele mesmo, o vocalista do A-HA, que, gostem ou não os metaleiros mais radicais, tem realmente uma voz impressionante), e, por fim, o desfecho melancólico (mas lindo) com "When The Smoke Is Going Down", como se anunciasse que, naquela noite, os deuses da guerra e do amor eram alemães, e, assim como as fumaças do tempo tratavam de evaporar e levar embora aquele doce momento, a memória se tornaria a testemunha para fazer lembrar, a quem lá esteve, um show no mínimo, especial.

Não sei se "Live In Athens" (como se chamará o DVD/BLURAY) terá o mesmo impacto do grandioso "Acoustica", gravado em Lisboa. Tudo depende da produção final, dos rearranjos sobre alguma falta de vocalização ou de refrão, enfim, os chamados "buracos" musicais. Mas, falar em "buracos musicais" para os SCORPOIONS, é como procurar agulha em um palheiro. Apesar dos pesares, de estarmos sempre a esperar algumas canções que eles nunca irão tocar ao vivo, apesar de muitos acreditarem que bandas que repetem por demais seus sucessos em shows deveriam procurar inovar seus repertórios, o fato é que, amem ou gostem mais ou menos, tudo que estes alemães da cidade de "Hannover" fazem é sempre um capítulo muito especial no mundo da música.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Arte Musical
Blind Guardian
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Scorpions: banda libera primeira prévia de novo álbumScorpions
Banda libera primeira prévia de novo álbum

Scorpions: banda posta vídeo de Still Loving You da turnê Return To ForeverScorpions
Banda posta vídeo de "Still Loving You" da turnê "Return To Forever"

Toyah Willcox e Robert Fripp: Love You Like A Hurricane do ScorpionsToyah Willcox e Robert Fripp
"Love You Like A Hurricane" do Scorpions

Lista: 20 bandas de rock e heavy metal que foram formadas na AlemanhaLista
20 bandas de rock e heavy metal que foram formadas na Alemanha

Por Dentro com Paulo Baron: Stephen Pearcy, Joe Lynn Turner e Klaus MeinePor Dentro com Paulo Baron
Stephen Pearcy, Joe Lynn Turner e Klaus Meine

Scorpions: Batalha de Lives - Qual o melhor disco ao vivo? (vídeo)

Lista: 25 músicas gravadas por bandas de rock que apareceram em trilhas de novelasLista
25 músicas gravadas por bandas de rock que apareceram em trilhas de novelas

Lista: frases do rock e metal que poderiam estar em para-choques de caminhão - Parte 1Lista
Frases do rock e metal que poderiam estar em para-choques de caminhão - Parte 1

Lista: 10 bandas de rock e heavy metal com integrantes nascidos em países diferentesLista
10 bandas de rock e heavy metal com integrantes nascidos em países diferentes

Scorpions: a reação de Klaus Meine ao ouvir versões forró para músicas da bandaScorpions
A reação de Klaus Meine ao ouvir versões forró para músicas da banda

Robert Fripp & Toyah Willcox: Breaking The Law, do Judas Priest, com Fripp no refrãoRobert Fripp & Toyah Willcox
"Breaking The Law", do Judas Priest, com Fripp no refrão

Scorpions: vídeo oficial de Dynamite ao vivo em 2015Scorpions
Vídeo oficial de "Dynamite" ao vivo em 2015

Sony Festa: Versão solo de "Wind of Change" em frente a mural do artista Eduardo Kobra

Scorpions: vídeo ao vivo tocando Rock 'N Roll Band em Nova IorqueScorpions
Vídeo ao vivo tocando "Rock 'N" Roll Band" em Nova Iorque

Scorpios: em vídeo, um medley acústico em Nova Iorque


Scorpions: Uli Jon Roth comenta por que saiu da banda nos anos 1970Scorpions
Uli Jon Roth comenta por que saiu da banda nos anos 1970

Sexo é Proibido: capas censuradas por conteúdo eróticoSexo é Proibido
Capas censuradas por conteúdo erótico

Scorpions: Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãsScorpions
Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãs


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Ronaldo Celoto

Natural do Estado de São Paulo, é escritor, professor, poeta e consultor em direito, política e gestão pública. Bacharel em Direito, com Mestrado em Ciência Política, atualmente cursa Doutorado em Direito, Justiça e Cidadania pela Universidade de Coimbra. Além destas atividades, dedica diariamente parte de seu tempo à pesquisa e produção de artigos científicos, contos, romances, matérias jornalísticas, biografias e resenhas. Seus interesses pessoais são: cinema, política, jornalismo, literatura, sociologia das resistências, ética, direitos humanos e música.

Mais matérias de Ronaldo Celoto.