ZZ Top: muito melhor e mais afiada do que nunca

Resenha - La Futura - ZZ Top

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar Correções  

9


O Blues é a base de todo o universo da música pesada. Desde que Robert Johnson compôs Crossroads Blues, contando que encontrou-se com o "Tinhoso" na encruzilhada, a música nunca mais foi a mesma. Desde o surgimento do Rock 'N' Roll até os dias atuais, várias bandas beberam dessa música triste, rodeada de "chicotadas" e versos sombrios sobre o cotidiano.

publicidade

Se for citar algumas bandas e artistas que herdaram o Blues, AC/DC, Led Zeppelin, Motörhead, Rolling Stones, Yardbirds, Eric Clapton (leia-se Cream, John Mayall Bluesbreakers, Derek And The Dominos), Stevie Ray Vaughan, Lynyrd Skynyrd, Free, Bad Company, Allman Brothers, Blackfoot e Red Hot Chili Peppers são os mais citados.

Faltou alguém? Sim, ZZ Top é o que chamamos de filhos do Blues. Com mais de quarenta anos de serviços prestados ao Rock/Blues, Billy Gibbons (guitarra e vocal), Dusty Hill (Baixo e vocal) e Frank Beard (bateria) interromperam um longo hiato desde o último disco Mescalero (2003) e chamaram Rick Rubin (cujo currículo é de se espantar. Do Thrash do Slayer até o Country do Johnny Cash) para gravar o EP Texicali e o "full length" La Futura

publicidade

Ouvindo o disco, dá para sacar que a banda texana está muito melhor e mais afiada do que nunca, deixando de lado os sintetizadores e o lado disco que marcou sua carreira nos anos 80. I Gotsta Get Paid abre a bolachinha com aquele lick e refrão, que só mesmo os barbudos sabem criar. Chartreuse e Consumption são trilha sonora para se ouvir na estrada, ao lado da sua deliciosa gata. Gibbons pode não ter o alcance vocal que tinha na década de 70, mas continua insuperável nos solos, acompanhado da cozinha de Hill e Beard.

publicidade

Para dar uma acalmada, Over You emociona até mesmo os restos mortais de um escravo. Heartache in Blue faz o dueto da guitarra com a gaita. I Don't Wanna Lose, Lose, You possui um refrão totalmente AC/DC, assim como o riff de Flyin' High. Será que o ZZ Top estava ouvindo AC/DC? Vai saber...

It's So Easy Mañana é mais uma balada para introduzir um dos destaques do disco. Big Shiny Nine tem aquela base que remete ao hit Shard Dressed Man, do Eliminator (1983), até o refrão é igualzinho. O grand finale fica com Have A Little Mercy, fechando quase quarenta minutos do puro som tirado do sul.

publicidade

Embora a produção tenha sofrido um certo atraso, devido aos compromissos de Rubin (que irá produzir os inéditos discos do Black Sabbath, Slayer e Metallica), La Futura tirou o ZZ Top do limbo e recolocou-os ao topo.

Confiram o vídeoclipe de I Gotsta Get Paid:

publicidade

Tracklist:

1-I Gotsta Get Paid
2-Chartreuse
3-Consumption
4-Over You
5-Heartache In Blue
6-I Don´t Wanna Lose, Lose, You
7-Flyin´ High
8-It´s Too Easy Mañana
9-Big Shiny Nine
10-Have A Little Mercy


Outras resenhas de La Futura - ZZ Top

ZZ Top: mostram que estão vivos, bem, e tocando pesado!

ZZ Top: Prepare o fígado. Esse disco é para iniciados




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


ZZ Top: A coisa completamente ilegal que fizeram antes de se tornar uma bandaZZ Top
A coisa completamente ilegal que fizeram antes de se tornar uma banda

ZZ Top: Liberado vídeo de performance no Texas tocando clássico de 1975ZZ Top
Liberado vídeo de performance no Texas tocando clássico de 1975

(De)Tour: Slash, Ringo Starr, Gilby Clarke e outros tocam em evento online no sábado(De)Tour
Slash, Ringo Starr, Gilby Clarke e outros tocam em evento online no sábado


Riffs parecidos: ZZ Top, Motorhead, Slayer, Metallica, A7X e outrosRiffs parecidos
ZZ Top, Motorhead, Slayer, Metallica, A7X e outros

ZZ Top: Eles recusaram US$ 1 milhão para raspar a barbaZZ Top
Eles recusaram US$ 1 milhão para raspar a barba


Planet Rock: 40 melhores discos ao vivo de todos os temposPlanet Rock
40 melhores discos ao vivo de todos os tempos

Fotos de Infância: Red Hot Chili PeppersFotos de Infância
Red Hot Chili Peppers


Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin