UFO: uma das bandas mais influentes da década de 1970

Resenha - Lights Out - UFO

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo M. Brauna
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Uma das bandas de 'Hard Rock'/'Heavy Metal' mais influentes da década de 1970, UFO, lançou o bombástico "Lights Out" em maio de 1977. Foram dois meses de produção no 'Air Studios' de Londres e o resultado não poderia deixar de ser outro. A revista 'Kerrang!' o listou na 28ª posição entre os cem maiores álbuns de 'Heavy Metal' de todos os tempos. Esse "documento histórico" é composto por oito músicas, dentre as quais, um cover para "Alone Again Or" da banda LOVE. Obrigatório para amantes do 'Classic Rock'.
5000 acessosOzzy Osbourne: 7 guitarristas que quase entraram para a banda5000 acessosSlayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte

O trabalho começa com "Too Hot To Handle" que nos dá um "soco na orelha" no primeiro momento da audição. MICHAEL SCHENKER não perde tempo para impressionar nos solos e as bases do "novato" PAUL RAYMOND com a força do batera ANDY PARKER só contribuem para o peso sonoro.

A melodia de "Just Another Suicide" é marcada pelo acompanhamento marcante dos teclados e passagens de violão que deixam os solos bem à vontade. PHIL MOGG então, excelente como sempre.

Mas tanto MOGG quanto RAYMOND se superam mesmo na balada "Try Me". O guitarrista/tecladista faz dessa a sua marca registrada em notas melódicas que "abre cortinas" para o vocalista. A voz de PHILL que já é bem aceita para esse tipo de interpretação, ganha uma entonação mais dramática que valoriza a execução.

O momento máximo do álbum, em minha opinião fica com a faixa título. Eis aí um dos 'hits' mais poderosos da banda que serviu até de trilha sonora para o filme "Detroit Rock City" (1999) que estrelava claro, o KISS. Nessa faixa o UFO utilizou um recurso de guitarra não muito usual para a época que são as "galopadas" (anos depois uma certa banda liderada por um tal STEVE HARRIS começou a usar e abusar dessa técnica).

A quinta canção, "Gettin' Ready" é outro grande momento de criação que explora as bases tanto com guitarra como violão, a harmonia toma conta dos 'backings' e do solo formando um clima de conforto.

O cover de "Alone Again Or" que está no álbum "Forever Changes" (1967) do LOVE, não ficou muito diferente da versão 'Folk' original, porém os britânicos deram uma "melhorada", mas preservando aquele clima de fogueira.

A penúltima faixa é a "tira-fôlego" "Electric Phase", uma das melhores do álbum e pra mim a que possui os melhores solos. Um verdadeiro show de peso e melodia sem medidas que mostra o lado "abusado" do "loirinho das Fly V". Ele chega a fazer dois solos simultâneos que claro, no palco deveria ter participação importantíssima e fundamental de PAUL RAYMOND.

"Love To Love" fecha o álbum como um "gran finale" que todos esperam. Destaque para os seus arranjos e o acompanhamento do baixo de PETE WAY. Essa faixa foi regravada por DJALI ZWAN para o filme "Spun" de 2002.

O álbum rendeu três 'Singles' em 1977 e um em 1978. A sua edição de 2008 foi relançada com quatro faixas ao vivo: "Lights Out", "Gettin Ready", "Love to Love" e "Try Me".


Lançamento:
'Crysalis Records'
Produção: RON NEVISON

Line Up:
PHIL MOGG – vocal;
MICHAEL SCHENKER – guitarra solo;
PAUL RAYMOND – guitarra base, teclados;
PETE WAY – baixo;
ANDY PARKER – bateria.
ALLAN McMILLAN – arranjos de cordas (convidado)

Track list:
1."Too Hot To Handle" 3:37
2."Just Another Suicide" 4:58
3."Try Me" 4:49
4."Lights Out" 4:33
5."Gettin' Ready" 3:46
6."Alone Again Or" 3:00
7."Electric Phase" 4:20
8."Love To Love" 7:38

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 13 de dezembro de 2012
Post de 14 de dezembro de 2012

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ufo"

Sexo é ProibidoSexo é Proibido
Capas censuradas por conteúdo erótico

AerosmithAerosmith
Michael Schenker lembra do teste para a banda em 1979

Guitar WorldGuitar World
10 Álbuns clássicos essenciais do Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Ufo"

SlayerSlayer
Cronologia de Jeff, da picada da aranha até a morte

HumorHumor
Namorar um headbanger é sair da zona de conforto

Atores e músicaAtores e música
As bandas de Russell Crowe, Keanu Reeves e Bruce Willis

5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"5000 acessosGuns N' Roses: a famosa trilogia de clipes do grupo5000 acessosNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"5000 acessosUltimate Classic Rock: as filhas mais belas dos rockstars3873 acessosTina S: um cover magistral de Master Of Puppets aos 16 anos5000 acessosJim Morrison: ele está vivo e criando cavalos nos EUA?

Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online