Blasfemador: Metal com qualidade cantado em português

Resenha - Meia noite levarei tua alma - Blasfemador

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Uilliam Rieffel
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Blasfemador, formado em Fortaleza no Ceará, lançou seu primeiro álbum em 2010, um ano após começar seus trabalhos. A banda que já havia lançado o EP "Ataque do metal maníaco" em 2009, nos mostra em "A meia noite levarei tua alma" seu speed metal forte, cheio de riffs rápidos e vocais rasgados. Trazendo composições em português, o Blasfemador é outro grupo prova que é possível fazer metal de qualidade cantando em seu idioma próprio.

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?E-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?

A banda cearense de speed metal é formada por Fabrício Estripador, Rafael Dilacerador, Rodrigo Esquizofrênico e Leandro Carrasco. E o resultado dessa junção deu origem a um ótimo disco de metal, que mostra um pouco da força e a qualidade da cena nordestina.

O álbum inicia com uma passagem clássica da introdução do filme homônimo, "A Meia noite Levarei sua alma", dirigido e escrito por José Mojica Marins, o Zé do Caixão em 1963. Logo a seguir, o play segue com "Alienação", e três grandes momentos na sequência de "O Estripador", "Speed Metal Atack" e "Destruição total".

Em "A meia noite levarei tua alma", o Blasfemador trabalha, além de temas como satanismo e assassinatos, com letras feitas a partir de histórias de terror, como a já citada introdução do disco, "Holocausto Canibal" e uma outra homenagem ao Zé do Caixão, e melhor música do disco: "Esta Noite Encarnarei no teu cadáver".

Os destaques ficam por conta das influências de black e thrash metal presentes no vocal de linhas sempre agressivas, cantado em português, que despeja ódio sobre o ouvinte faixa por faixa, e os riffs rápidos e nervosos de guitarra, respectivamente. Tudo isso com a banda soando old school, revisitando o passado e a década de oitenta na sonoridade e nos timbres dos instrumentos dos músicos.

Todas as faixas pregam a agressividade e a velocidade, mas o disco não se torna repetitivo nem cansativo, devido, além da qualidade das faixas, a sua curta duração. O Blasfemador faz valer cada segundo do pouco menos de meia hora de duração de seu primeiro trabalho. É um álbum que vai direto ao ponto, sem firula ou enrolação. Agora resta aguardar por um novo lançamento, e torcer para que siga progredindo dentro dessa proposta de "A meia noite levarei sua alma".

Tracklist:

1. A meia noite levarei tua alma
2. Alienação
3. O estripador
4. Speed metal atack
5. Destruição total
6. O ataque
7. Tragam-me a cabeça do rei
8. Holocausto canibal
9. Correntes do mal
10. Esta noite encarnarei no teu cadáver




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blasfemador"


Charles Manson: casamento era plano para expor seu cadáverCharles Manson
Casamento era plano para expor seu cadáver


O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?
O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?

E-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?E-Farsas
Papa Francisco era fã do Black Sabbath?

Ozzy Osbourne: tudo que você sempre quis saber sobre eleOzzy Osbourne
Tudo que você sempre quis saber sobre ele

The Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsAC/DC: como Angus responde a um copo de cerveja atirado?Korn: Um cover de "Another Brick in The Wall" com densidade profunda e únicaGothic Metal: os dez trabalhos essenciais do estilo

Sobre Uilliam Rieffel

Gaúcho de São Gabriel - RS, 22 anos, Gestor Ambiental graduado na Universidade Federal do Pampa. Teve como porta de entrada para a música, as quatro primeiras faixas do Adios Amigos gravadas no espaço que ficaria em branco no lado B do k7 do Mamonas Assassinas. Colecionador de discos, com gosto musical que vai do Thrash Metal ao AOR, passando por outras vertentes do metal, até o Blues e um pouco de rock nacional e gaúcho. Tenta estar sempre atento às notícias de seus artistas favoritos e no cenário nacional de rock e heavy metal.

Mais matérias de Uilliam Rieffel no Whiplash.Net.