publicidade

Sioux 66: Rock and Roll puro, sem frescuras...em português

Resenha - Sioux 66 - Sioux 66

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Rafael Tavares
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Muito se fala de "cena" e nichos musicais quando o assunto é o underground do rock nacional. Acontece é que, em uma análise muito fria e calculista do que vemos na nova safra de bandas brasil afora, podemos constatar que a maioria soa igual, há muita masturbação de técnica, clichês e pouquíssima criatividade ou ousadia. Aí, aparece uma banda como a Sioux 66, capaz de te fazer dar um suspiro de alívio.

5000 acessosGuns N' Roses: mulher que gemeu em "Rocket Queen" quer encontrar Axl5000 acessosMetallica: o jogo sujo da banda com o baixista Ron McGovney

Os paulistanos da Sioux 66 formaram a banda em 2011, com Igor Godoi (vocal), Fabio Bonnies (baixo), Fernando Mika (guitarra), Bento Mello (guitarra) e Gabriel Haddad (bateria) e a ambição desses músicos é simples: fazer rock and roll puro, sem frescuras...e em português! Talvez essa seja a grande ousadia do grupo, pois é realmente muito difícil vermos bandas que fazem rock and roll pesado que não seja em Inglês – e muitas vezes isso parece uma obrigação que, geralmente, acaba em letras mal escritas e sotaques sofríveis.

O EP de estreia leva o nome da banda e conta com as faixas "Jack N' Me", "Outro Lado", "Labirinto" e "Tudo que o tempo esqueceu", versão em português de "Girl with Golden Eyes", dos americanos do Sixx AM.

A primeira faixa, "Jack N' Me" é uma porrada rápida e certeira com muita influência de Motörhead, seguida por "Outro Lado", música de trabalho cujo clipe, lançado recentemente, contou com a direção de Branco Mello (Titãs) em parceria com as produtoras Mainstream e Casa 5. Destaque para a linha de baixo da música e um riff que lembra muito Alice Cooper. "Labirinto" começa com um violão que dá a tônica pra uma balada muito legal e com um potencial comercial enorme e pode facilmente tocar em rádios e agradar muita gente. Fechando o trabalho temos "Tudo que o tempo esqueceu", versão da música do Sixx AM mencionada no começo da matéria, mostrando que os brutos também amam e dando um ar de melancolia em um outro lado da banda, utilizando muito bem efeitos e backing vocals.

Ao término do curto EP, fica uma excelente impressão dessa banda que, apesar de nova, mostra que não está aqui para brincadeira e quer mostrar sua personalidade e ousadia para se destacar do resto e fazer um trabalho sério. Esse é o caminho, e que continuem assim quando for a vez do full-length!

Para conferir o trabalho da Sioux 66 acesse o Sound Cloud do grupo, onde você pode fazer o download das faixas.

Soundcloud oficial da banda Sioux 66: 

http://soundcloud.com/sioux66/sets

Site Oficial: 

http://www.sioux66.com.br

YOUTUBE: http://http://www.youtube.com/canalsioux66

FLICKR: http://www.flickr.com/photos/sioux66/

MYSPACE: https://www.myspace.com/sioux_66

FACEBOOK: http://www.facebook.com/sioux66oficial

FOTO DA BANDA:

Confira o clipe de ¨Outro Lado¨

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net



Metal SPMetal SP
Documentário sobre Heavy Metal em São Paulo

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Sioux 66"


Guns N RosesGuns N' Roses
Mulher que gemeu em "Rocket Queen" quer encontrar Axl

MetallicaMetallica
O jogo sujo da banda com o baixista Ron McGovney

W. Axl RoseW. Axl Rose
Surge foto rara dos "anos perdidos" do vocalista

5000 acessosMetallica: prejudicando as finanças da Igreja Universal5000 acessosKiko Loureiro: contando como foi chamado pelo Megadeth5000 acessosMegadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos1593 acessosKurt Cobain: graças a ele, sua filha Frances Bean não tem medo da morte5000 acessosUnder The Radar: Rush e Sabbath ao vivo, o mais velho tem 12 anos5000 acessosRitchie Blackmore: reunião do Deep Purple e sua opinião sobre Steve Morse

Sobre Rafael Tavares

Nascido em 1987, descobri o rock and roll já cedo, aos 6 anos de idade, quando ouvi "I Don't Care About You" com o Guns N' Roses em algum momento de 1993. De lá pra cá minha paixão pela música pesada e, especialmente pelo Guns N' Roses (que estará para sempre marcado em minha pele, alma e coração) cresceu exponencialmente. Sebastian Bach me fez querer virar cantor e o resto é história. Produtor fonográfico, formado em Letras e professor. Tão diversificado quanto o Rock and Roll, essa é minha vida, esse é meu clube. =D

Mais informações sobre Rafael Tavares

Mais matérias de Rafael Tavares no Whiplash.Net.