D.R.I.: "Thrash Zone", um clássico do Crossover Thrash

Resenha - Thrash Zone - D.R.I.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Ortiz
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Dirty Rotten Imbeciles, ou simplesmente D.R.I., é uma banda de crossover thrash formada em 1982, no Texas, EUA. No início era uma banda de hardcore punk, mas com o passar dos anos foi incorporando elementos do thrash metal nas suas músicas, sendo assim considerados um dos pioneiros do Crossover Thrash.
5000 acessosExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões5000 acessosEm 10/08/1993: Euronymous é assassinado por Varg Vikernes

O álbum Thrash Zone foi lançado em 1989 pela Metal Blade Records e é considerado o melhor trabalho do D.R.I. por muitas pessoas. É um bom álbum para quem deseja uma dose pesada de Crossover Thrash, e pessoalmente é um dos meus cds favoritos.

O disco começa com Thrashard - essa é uma das melhores do álbum e do D.R.I.. Inicia com um riff explosivo de guitarra, juntamente com um dos melhores breakdowns que eu já ouvi, e o marcante refrão: "IN THE PIT!!".

A seguinte é Beneath The Wheel, uma música mais lenta, com um foco maior no peso. Tem partes rápidas no meio e belos solos do guitarrista Spike Cassidy e do baixista John Menor. Fica um pouco repetitiva no final, mas ainda assim é um dos maiores clássicos do D.R.I..

Enemy Within é a terceira faixa. O início desta canção começa com um riff de bateria que segue na mesma linha com o baixo e a guitarra por quase toda a música.

Strategy é a próxima, uma música "Thrash Metal padrão". É uma ótima música, com um refrão marcante e novamente os tradicionais breakdowns, marca registrada do D.R.I..

Labeled Uncurable é a quinta música do álbum. Sua letra fala sobre a AIDS conta com um instrumental agradável e vários riffs.

You Say I'm Scum, uma 'chata' introdução com o pedal wah wah. Esta música faz você querer cantar junto com ele e é um hino da banda. O vocalista Kurt Brecht grita o título tão rápido a soa quase incompreensível.

A sétima é Gun Control, é uma crítica a posse de armas das gangues. É também uma das melhores do Thrash Zone.

Kill The Words é a próxima. O D.R.I. tem alguns dos melhores riffs de guitarra que você pode ouvir, especialmente nesta introdução. O resto da música mantém o mesmo nível.

Drown You Out - Uma música com um refrão marcante repetido a exaustão, é uma boa música, mas perde o brilho diante das outras.

A 10ª canção, The Trade, fala sobre o negócio da música, as fadigas e tribulações de uma banda de classe trabalhadora. Excelentes breakdowns e riffs de guitarra.

Standing In Line - É uma canção moderada, com passagens lentas e rápidas.

Give a Hoot é a 12ª - boa música, com novamente riffs sensacionais do guitarrista Spike Cassidy.

A seguinte é Worker Bee. Rápido e direto são palavras que descrevem bem essa música. É uma daquelas faixas que faz você querer quebrar as coisas, com um solo empolgante no final.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A última música do disco é Abduction, que o encerra com chave de ouro. Uma das melhores música de toda a carreira do D.R.I., uma introdução memorável, um excelente solo, ótimos breakdowns e um ritmo perfeito para moshs.

De modo geral, é um excelente álbum, na medida certa para quem gosta de punk, thrash ou hardcore, ele é extremamente recomendado.

Metal Blade Records — 1989

1. Thrashard
2. Beneath The Wheel
3. Enemy Within
4. Strategy
5. Labeled Uncurable
6. You Say I'm Scum
7. Gun Control
8. Kill The Words
9. Drown You Out
10. The Trade
11. Standing In Line
12. Give A Hoot
13. Worker Bee
14. Abduction

Kurt Brecht - vocal
Spike Cassidy - guitarra
John Menor - baixo
Felix Griffin - bateria

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 13 de junho de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "DRI"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "DRI"

ExcessosExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

Em 10/08/1993Em 10/08/1993
Euronymous é assassinado por Varg Vikernes

The Voice KidsThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias5000 acessosSimplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundo5000 acessosGhost: Nergal revelou a identidade de Papa Emeritus II?5000 acessosSkid Row: nota oficial sobre Harnell e boatos de turnê com o GN'R5000 acessosHeavy Metal: 10 ótimas novas bandas para atualizar o ouvido5000 acessosMarilyn Manson: os 5 mais horripilantes momentos em vídeo

Sobre Leonardo Ortiz

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online