Nickelback: Não é a salvação nem a perdição do Rock

Resenha - Here and Now - Nickelback

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

7


Algumas bandas são tão estigmatizadas por parte do público e da mídia em geral, que muitos, sem mesmo conhecer o som das mesmas, saem por ai criticando seu som sem o mínimo de conhecimento. E o NICKELBACK é um desses casos: a banda ficou mundialmente conhecida por suas baladas com alta carga comercial, e atingiram um sucesso gigantesco, tendo inclusive dois de seus trabalhos entre os mais vendidos da última década, mas que ao mesmo tempo acabou tornando a banda motivo de piada entre grande parte dos fãs da música pesada, sendo inclusive criticados por diversos outros músicos do estilo.

É lógico que o simples fato de fazerem sucesso comercial não significa que produzem música de qualidade (que o diga alguns lixos que estão fazendo sucesso no momento e que somos obrigados a ouvir constantemente no Rádio, TV, ou mesmo andando na rua), mas no caso do NICKELBACK a banda possui qualidade no hard rock com algo de pop que se propõem a fazer, embora alguns excessos e devaneios sempre estejam presentes em seus discos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E para aqueles que apenas conhecem as citadas baladas do conjunto, aconselho a ouvirem este material com mais cuidado, pois há canções pesadas (dentro do possível, claro) e vibrantes no trabalho, com belos arranjos e nas quais se destacam os vocais rasgados e excelentes de Chad Kroeger e os riffs de guitarra, como "This Mean War" (com um refrão bem agressivo), "Bottoms Up" (com um belo solo), "Midnight Queen" (a melhor do trabalho, com riffs pesados e uma levada contagiante, ao melhor estilo stoner, e um belo refrão) e "Gotta Get Me Some" (mais cadenciada e com um forte apelo comercial e alguma influência setentista). Se a banda conseguisse manter essa pegada até o final, esse poderia facilmente ser considerado o melhor disco de sua carreira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas da metade pra frente o disco começa a ficar um pouco mais cansativo, com canções bem mais comerciais, com forte apelo radiofônico, seguindo a tendência da banda em seus discos anteriores, mas sem a qualidade que já vimos em outros de seus trabalhos, e que nada acrescentam na carreira da banda.

O NICKELBACK não é a salvação do rock (como já disseram alguns), mas também não é a sua perdição, e se você gosta de algo mais acessível, sem deixar de lado o peso, encontrará na banda um prato cheio. Não é nada que mudará sua vida ou fará você morrer de amores pela banda, mas é um disco honesto e que possui suas qualidades, como dito, e sem dúvida é muito melhor que muitas outras bandas que são idolatradas pela mídia atualmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Here and Now - Nickelback
(2011 – Roadrunner - Nacional)

1. This Means War
2. Bottoms Up
3. When We Stand Together
4. Midnight Queen
5. Gotta Get Me Some
6. Lullaby
7. Kiss It Goodbye
8. Trying Not to Love You
9. Holding on to Heaven
10. Everything I Wanna Do
11. Don t Ever Let It End




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Nickelback: por que tanta gente odeia a banda, de acordo com baixistaNickelback
Por que tanta gente odeia a banda, de acordo com baixista


Black Keys: Rock está morrendo e a culpa é do NickelbackBlack Keys
"Rock está morrendo e a culpa é do Nickelback"

Nickelback: Chad Kroeger chama Corey Taylor pro pau e desafia o vocalistaNickelback
Chad Kroeger chama Corey Taylor pro pau e desafia o vocalista


Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gêneroMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

Covers: quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributoCovers
Quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

CliIL Cli336 Cli336