Petra: Novas versões com uma roupagem moderna

Resenha - Back To The Rock - Petra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Hananias Souza Santana
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


No ano de 2005, o PETRA anuncia o fim de suas atividades. No entanto, nos anos seguintes algumas reuniões ocorreram e shows foram feitos, o que dava a impressão de que de fato a banda ainda não acabaria. Mas foi em 2010 que retornou com força total e com uma surpresa para os fãs, a banda voltaria agora com sua formação clássica: Greg X. Volz (Lead Vocal), Bob Hartman (Guitarra), John Lawry (Teclados), Louie Weaver (Bateria) e Mark Kelly (Baixo).
5000 acessosPreços: quanto custa para contratar a sua banda favorita5000 acessosBruce Dickinson: vocalistas que ele respeita e admira

Essa não é a formação original do PETRA, mas foi com esse time que a banda teve seu primeiro grande auge no início dos anos 80. O segundo foi no inicio dos anos 90 com o disco Beyond Belief. O fato é que a formação de clássicos como Never Say Die, More Power to Ya, Not of This World estava de volta e gravariam um álbum, BACK TO THE ROCK, que é composto por regravações de sucessos dessa formação e duas inéditas. Foi uma surpresa positiva pra mim ouvir as novas versões com uma roupagem moderna, mas sem mudar o espírito original das canções. O repertório foi bem escolhido (apesar de eu sentir a falta de “Judas Kiss” e "The Coloring Song") e eles souberam aproveitar o que a modernidade trouxe de bom, fazendo as músicas ficarem ainda melhor do que as originais, com exceção de "Rose Coloured Stained Glass Windows", cuja versão original é superior.

A banda tem uma boa performance, cozinha segura, o bom e velho Bob Hartman de sempre, além do excelente tecladista John Lawry. Volz mostra que a idade não incomoda sua voz, uma atuação realmente memorável. As músicas novas, a faixa-título, escrita por Volz e "Too Big To Fail", de Hartman são boas canções e são bem a cara do PETRA, encerrando bem o disco que começa com uma sequência maravilhosa: “Bema Seat”, “Clean”, “Angel Of Light”, e em seguida a clássica balada "Rose Coloured Stained Glass Windows". As músicas que se seguem não deixam a qualidade do disco cair. A capa do álbum é ótima e lembra as dos LPs dos anos 80. Esse trabalho é um prato feito pra quem gosta de um bom rock and roll.

Sem dúvida é um dos melhores discos do PETRA, se não o melhor. Não sei se virão discos novos, músicas inéditas, enfim. Mas se vierem e se for nessa pegada de BACK TO THE ROCK, o PETRA ainda tem muito a dar. Eu destaco as faixas: “Bema Seat”, “Clean”, “Angel Of Light”.

Back To The Rock – Petra
Selo/Gravadora: Sony Music

Faixas:
1. Bema Seat
2. Clean
3. Angel of Light
4. Rose Colored Stained Glass Windows
5. Godpleaser
6. Second Wind
7. More Power To Ya
8. Let Everything That Hath Breath (Praise The Lord)
9. Grave Robber
10. Adonai
11. Back To The Rock
12. Too Big To Fall

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Petra"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Petra"

PreçosPreços
Quanto custa para contratar a sua banda favorita

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Os vocalistas que ele respeita e admira

Show de RockShow de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2000

5000 acessosOrtografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?5000 acessosPiadas sobre músicos5000 acessosMetallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed5000 acessosSilverchair: Daniel Johns surge bêbado e de batom nas ruas de Sydney5000 acessosOzzy Osbourne: Ele passou pelo camarim do Metallica e eles ouviam Black Sabbath5000 acessosSlayer: "vendemos discos, não nossas almas"

Sobre Hananias Souza Santana

Hananias Souza Santana, nascido em 1990, estudante de administração na Universidade do Estado da Bahia, guitarrista, por ser negro, morar na periferia de Salvador e ser cristão batista, tinha tudo para curtir rap, pagode ou gospel, mas como o amor a música foge a rótulos, se tornou headbanger desde a adolescência. Os estilos de sua preferência são o Hard Rock e Heavy Metal anos 70 e 80, mas ouve um pouco de tudo dentro do rock and roll.

Mais matérias de Hananias Souza Santana no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online