Doro: DVD traz quase cinco horas de boas canções e imagens

Resenha - 25 Years In Rock… And Still Going Strong - Doro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Durr Campos
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Seja no Warlock ou em sua profícua carreira solo, falar de Doro Pesch é caminhar nos trilhos da dedicação e amor incondicional à música pesada. Dona de simpatia e beleza ímpares, esta alemã sobreviveu a todas as modas, tendências e aos altos e baixos da indústria musical. Se nunca chegou de fato ao topo do estrelato, pelo menos jamais despencou ladeira abaixo. Sendo assim, sem maiores pressões, acaba tendo uma certa liberdade em criar produtos sob medida aos seus fãs, como é o caso do box “25 Years In Rock… And Still Going Strong”, lançado em 2011 pela Nuclear Blast.
438 acessosWarlock: Doro se reune a Tommy Bolan para tocar Triumph And Agony5000 acessosLayne Staley do Alice in Chains encontrado morto

Foram dois anos de espera desde que o chamado 25th anniversary concert fora registrado em sua cidade natal Düsseldorf, na Alemanha. O tão aguardado DVD não decepciona, a começar pela belíssima capa e embalagem. Tratamento de primeira para um conteúdo idem. Em ambos os discos o resultado ficou acima da média, sendo que o show contabiliza mais de duas horas e meia! Também pudera, pois a constelação de convidados não mereceria nada inferior. Apenas para ficarmos nos mais conhecidos: Bobby Blitz (Overkill), Tarja Turunen (ex-Nightwish), Chris Boltendahl (Grave Digger), Axel Rudi Pell (banda de mesmo nome), Warrel Dane (Nevermore/Sanctuary), além de Klaus Meine e Rudolf Schenker do gigante Scorpions.

Desde o início com a cativante “Earthshaker Rock”, passando pelas ótimas “I Rule The Ruins”, “You’re My Family”, “Night Of The Warlock” e “Hellraiser”, tudo soou de forma concisa e honesta. Doro tem aquele jeitão tímido, chega a nem encarar muito o público – apesar de interagir muito com eles, mas a cada sorriso dispensado parece que ali em cima a moça está em casa. O clima mais pro final do espetáculo ainda ganhou ares de nostalgia pura com a presença do line-up original de sua ex-banda tocando as clássicas “Fight For Rock” e “Burning The Witches”.

O segundo disco contém um documentário extenso sobre os preparativos para o concerto (falado em alemão, mas felizmente com legendas em português), ainda um especial do show 2500th, outro na China e uma série de clips ao vivo em festivais conhecidos na Alemanha. Com um total de quase cinco horas de boas canções e imagens, este lançamento é um presente ideal para agradar um amigo ou a você mesmo.

DVD1:

1. Introduction
2. Earthshaker Rock
3. I Rule The Ruins
4. You’re My Family
5. Night Of The Warlock
6. Hellraiser
7. Always Live To Win (featuring Bobbi Blitz)
8. Above The Ashes
9. She’s Like Thunder
10. Herzblut
11. Fur Immer
12. Burn It Up (featuring Jean Beauvoir)
13. Metal Tango
14. Drum Solo
15. Celebrate (full female metal version)
16. Love Me In Black
17. Walking With The Angels (featuring Tarja Turunen)
18. East Meets West (featuring Chris Boltendahl and Axel Rudi Pell)
19. Breaking The Law
20. Big City Nights (featuring Klaus Meine and Rudolf Schenker)
21. Rock You Like A Hurricane (featuring Klaus Meine and Rudolf Schenker)
22. Fight For Rock (Warlock 1986 line-up)
23. Burning The Witches (Warlock 1986 line-up)
24. True As Steel (Warlock 1986 line-up featuring Warrel Dane)
25. Unholy Love (featuring Honza Kirk Behunek)
26. Fight
27. All We Are

DVD2:

1. Documentary
2. 2500th Concert Special
3. China Special
4. I Rule The Ruins (Wacken Open Air 2009)
5. Burning The Witches (Wacken Open Air 2009)
6. Burn It Up (Wacken Open Air 2009
7. Egypt (The Chains Are On) (Bang Your Head Festival)
8. Running From The Devil (Bang Your Head Festival)
9. You’re My Family (featuring Chris Caffery) (Summer Breeze 2007)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

438 acessosWarlock: Doro se reune a Tommy Bolan para tocar Triumph And Agony0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Doro Pesch"

Dia da MulherDia da Mulher
10 nomes femininos de destaque no hard rock

KissKiss
As dez mais pesadas releituras de músicas da banda

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
Doro Pesch quase perdeu contratos após noite de bebedeira

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Doro Pesch"

Alice in ChainsAlice in Chains
Layne Staley encontrado morto aos 34 anos

Duff McKaganDuff McKagan
Anestesias não funcionam mais no baixista

Idade fatídicaIdade fatídica
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Renato Aragão5000 acessosQueen - Perguntas e Respostas5000 acessosMetallica: Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década passada4542 acessosIncrível: exército de mil fãs toca Nirvana, Bowie e White Stripes5000 acessosA História do Burzum5000 acessosElvis Presley: as capas "cover" do primeiro álbum

Sobre Durr Campos

Graduado em Jornalismo, o autor já atuou em diversos segmentos de sua área, mas a paixão pela música que tanto ama sempre falou mais alto e lá foi ele se aventurar pela Europa, onde reside atualmente e possui família. Lendo seus diversos artigos, reviews e traduções publicados aqui no site, pode-se ter uma ideia do leque de estilos que fazem sua cabeça. Como costuma dizer, não vê problema algum em colocar para tocar Napalm Death, seguido de algo do New Order ou Depeche Mode, daí viajar com Deep Purple, bailar com Journey, dar um tapa na Bay Area e finalizar o dia com alguma coisa do ABBA ou Impetigo.

Mais matérias de Durr Campos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online