Vociferatus: Nova demo traz três músicas novas da banda

Resenha - Blessed by the Hands of Flames - Vociferatus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos Garcia
Enviar Correções  

9


Um dos muitos hábitos adquiridos por muitos bangers dos anos 80 foi o de ouvir Demos, na época Tapes e hoje CDs, já que muitas bandas novas mostravam seus trabalhos mais através desses, uma vez que são mais baratos, ainda mais hoje em dia, com a tecnologia dando uma bela ‘forcinha’ nesse sentido, embora de vez em quando, damos de cara com um ou outro abacaxi difícil de descascar e engolir.

Musculação: os músicos mais bombados do heavy metal

Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson

E os cariocas do VOCIFERATUS, devotos do Death Metal extremado mais tradicional, mas sem ser exagerado em nenhum aspecto, nesse ótimo segundo Demo CD mostra estar no primeiro grupo, já que seu trabalho anterior, já enfocado aqui no Whiplash, carecia de certos aspectos, e é gratificante poder ouvir o novo trabalho e ver o quanto evoluíram em tão pouco tempo.

A produção visual ficou muito boa, e no tocante à sonoridade, ficou extremamente bem feita e ressalta a qualidade e agressividade da banda, com cada instrumento em seu devido lugar, sem sobrepor os outros. Mais um trabalho bem feito de Felipe Eregion (guitarrista-vocalista do UNEARTHLY), que tem mostrado ter um toque de Midas ao tratar com bandas novas.

São três músicas novas, todas de autoria da banda, e que mixam bem a agressividade, momentos velozes e outros mais cadenciados, vocais extremos variando dos guturais e rasgados com desenvoltura, guitarras afiadas, e cozinha rítmica mais digna de menções honrosas. Guardadas as proporções, podemos afirmar que a banda segue uma linha que remete a um mix bem feito do estilo que o MORBID ANGEL destilou em seu primeiro disco, o clássico ‘Altars of Madness’, com o que o DISMEMBER e o ENTOMBED fizeram em seus primeiros CDs.

Abrindo com ‘Blessed by the Hands of Flames’, que alterna bases de guitarras chapantes e bem tocadas, vocais bem variados e cozinha afiada, em uma música com bastante alternância de andamentos e com boa técnica, seguida pelo esmaga-crânios ‘To Seal With Blood’, essa já um pouco mais rápida, e bem curta (pouco mais de 2 minutos), e finalizando com ‘Warpath’, que impressiona demais pelas ótimas guitarras e solo simples, mas bem postado e sem ser aquela coisa já manjada e batida no estilo ‘estou-quebrando-uma-guitarra-porque-não-sei-solar’.

Boa banda, uma bela promessa, e espero que venha logo o primeiro CD.

Formação:

Pedrito Hildebrando - Vocais
Luiz Mallet - Guitarras
Maria Fernanda Cals - Guitarras
Lucas Zandomingo - Baixo
Augusto Taboransky - Bateria Tracklist:

Tracklist:

01. Blessed by the Hands of Flames
02. To Seal With Blood
03. Warpath

Contatos:

http://www.myspace.com/vociferatus
http://www.reverbnation.com/vociferatus
https://www.facebook.com/pages/Vociferatus/141834799198681?r...
[email protected]
[email protected]


Outras resenhas de Blessed by the Hands of Flames - Vociferatus

Vociferatus: Agressão e sujeira que são um tapa na cara

Vociferatus: Mesclando death e black como gente grande




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Musculação: os músicos mais bombados do heavy metalMusculação
Os músicos mais bombados do heavy metal

Câncer na língua: entenda a doença de Bruce DickinsonCâncer na língua
Entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin