Artillery: novamente soando matador neste novo milênio

Resenha - When Death Comes - Artillery

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Artillery é mais um destes veteranos que todos os thrashers já ouviram falar, mas cujo nome nunca conseguiu se expandir para fora da esfera underground como aconteceu com as bandas norte-americanas e alemãs... Formado na Dinamarca de 1982, o conjunto passou suas últimas duas décadas praticamente no ostracismo – de inéditas, liberou somente "B.A.C.K." em 1999 – mas eis que em 2007 o retorno veio com força total, tendo no CD/DVD "One Foot In The Grave, The Other One In The Thrash" uma prova de que seu poder de fogo estava longe de abrandar.
5000 acessos"Cê tá de brincadeira, né?": quando grandes nomes vacilam5000 acessosMichael Kiske: "Não sou contra os fãs de metal no geral!"

Mas é com "When Death Comes", agora com a voz de Søren Adamsen, que o público pode conferir como o Artillery está (novamente) soando matador neste novo milênio. Um dos motivos para os constantes elogios que seus discos sempre receberam da crítica especializada é o desempenho dos irmãos Stützer, uma voraz dupla de guitarristas que consegue se impor com riffs muito bem elaborados, com uma graça curiosamente melódica e dona de nuances Power Metal que conseguem envolver o ouvinte, rapidamente e por completo.

Os dinamarqueses preservaram todas as características de sua música e, como tal, não se afastaram de suas origens, mas é essa habilidosa abordagem das guitarras que se torna um diferencial tão original naquilo que se conhece por Thrash Metal. E nem mesmo a ausência do conceituado Flemming Rönsdorf é sentida, pois o novato Adamsen canta muito, é versátil e grudento, honrando a reputação vocal que o Artillery sempre possuiu.

"Upon My Cross I Crawl", "Sandbox Philosophy" e "Not A Nightmare" se revelam irretocáveis e disparadas com todo o grosso calibre típico do Artillery. Mas, entre a velocidade ou cadência, há várias outras faixas marcantes, como é o caso de "Rise Above It All", com o novo vocalista fazendo bonito; "Delusions Of Grandeur", uma balada que vai crescendo até explodir em puro Metal e, por fim, "The End", que mostra mais um pouco da complexidade das guitarras encerrando a audição e preparando o embasbacado ouvinte para apertar novamente o 'play'.

Ainda que o contrabaixo pudesse aparecer mais, a gravação resultou em um áudio sabiamente atualizado. Os músicos já quase não possuem mais cabelos e estão enrugados prá cacete, mas não perderam as manhas em fazer Thrash Metal empolgante, de tirar o fôlego mesmo. "When Death Comes" é seu quinto álbum, lançado em 2009 e está aportando aqui no Brasil através do selo-fantasma Zumbi Caipira. Aposto que ninguém entendeu qual é o lance desse tal 'selo-fantasma', certo? Sem problemas... Pode correr atrás deste discaço, pois dificilmente haverá rejeições por aí.

Contato:
http://www.artillery.dk
http://www.myspace.com/artillerythrashmetal

Formação:
Søren Nico Adamsen - voz
Michael Stützer - guitarra
Morten Stützer - guitarra
Peter Thorslund - baixo
Carsten Nielsen - bateria

Artillery - When Death Comes
(2009 / Metal Mind Productions - 2010 / Zumbi Caipira Discos - nacional)

01. When Death Comes
02. Upon My Cross I Crawl
03. 10.000 Devils
04. Rise Above It All
05. Sandbox Philosophy
06. Delusions Of Grandeur
07. Not A Nightmare
08. Damned Religion
09. Uniform
10. The End

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Artillery"

Thrash MetalThrash Metal
As 10 melhores baladas de bandas do gênero

Heavy MetalHeavy Metal
As piores capas dos grandes artistas do gênero

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Artillery"

Cê tá de brincadeira?Cê tá de brincadeira?
Quando grandes nomes vacilam

Michael KiskeMichael Kiske
"Não suporto este metal que parece-se com uma igreja!"

Guns N RosesGuns N' Roses
"Axl é um dos melhores frontmen e compositores!"

5000 acessosResenha - Kill'Em All - Metallica5000 acessosAlexandre Vilella: Empresário fanático pelo Def Leppard5000 acessosDimebag Darrell: "Se quiser um idiota para cantar chamo Anselmo"2814 acessosSepultura: "Roots" combina perfeitamente com Guardiões da Galáxia5000 acessosRolling Stone: as melhores bandas com nomes de cor4650 acessosHeavy Metal: as palavras mais usadas em nomes de bandas

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online