Genocidio: denso, pesadíssimo e sufocantemente obscuro

Resenha - Clan - Genocidio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Natural de São Paulo (SP), o Genocidio foi mais um dos pioneiros responsáveis pela solidificação do Heavy Metal nacional, desde que começou suas atividades lá pelos últimos anos da década de 1980. E, ainda que tenha iniciado sua discografia como uma típica banda de Death Metal, ao longo dos anos foi-se ultrapassando os limites do estilo e ampliando o leque de admiradores de sua música, que passou a contar com fãs de Hardcore, Black Metal, Gótico, Thrash e Punk.

Com uma formação estável desde 2006, que traz o fundador W. Perna (agora no baixo), Murillo L. (voz), Dennis D. (guitarra) e Fabio M. (bateria), o Genocidio apresenta em "The Clan", seu sexto álbum, toda a liberdade de expressão que sempre ostentou. O registro está em gestação desde 2008 e seu tema retrata os diversos métodos de atuação das instituições criminosas conhecidas como Máfias.

publicidade

Denso, pesadíssimo e sufocantemente obscuro, o repertório é vasto em termos de estilo, mas, salvo algumas exceções, manteem uma importante unidade em função de toda sua vibração inerente à música extrema. Há muita velocidade em "The Clan" e "Fire Rain"; algo mais complexo na excelente "Metal Barrel Wasted", além de o pessoal mostrar sua faceta gótica na bonita "Settimia", com a presença sempre marcante de Roger Lombardi (Goatlove). Quer mais? Que tal uma versão matadora de "Enter The Eternal Fire", do influente Bathory?

publicidade

"The Clan" está sendo liberado através da Mutilation Records e honra com folgas a história do Genocidio. Com uma cuidadosa produção de Marco Nunes e co-produção de Gilberto Bressan garantindo um áudio bastante atualizado, este é um álbum com tantos atrativos que se torna indispensável para quem aprecia uma verdadeira jornada pelo Heavy Metal. Nada menos do que isso.

publicidade

Contato:
http://www.genocidio.com.br
http://www.myspace.com/theclancd

Formação:
Murillo L. - voz
Dennis D. - guitarra
W.Perna - baixo
Fabio M. - bateria

Genocidio - The Clan
(2010 / Mutilation Records - nacional)

publicidade

01. The Clan
02. Transatlantic Catharsis
03. Metal Barrel Wasted
04. Settimia
05. In Pain Not In Vain
06. Fire Rain
07. Worlds Asunder
08. Enter Tthe Eternal Fire (Bathory Cover)
09. The Unknown Giant
10. Thou Shalt Not Decry




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Genocídio: Sintetizando a história de muitos artistas em sua própria trajetória

Genocídio: Mais pesado, menos acelerado e mais perverso em In Love With Hatred

Genocídio: Se o Slayer tem o Reign In Blood, o Genocídio tem The Clan


Guitarra: os melhores solos da história segundo a Guitar WorldGuitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World

Mulheres no Rock: resistência em um meio machistaMulheres no Rock
Resistência em um meio machista


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin