Hazy Hamlet: afastado das atuais sonoridades do Heavy Metal

Resenha - Forging Metal - Hazy Hamlet

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6


Natural de Maringá (PR) e tendo liberado duas demos e um single em sua primeira década de atividade, o Hazy Hamlet enfim está debutando com "Forging Metal". E, como a própria banda orgulhosamente afirma, é um registro feito de forma totalmente independente, produto de trabalho duro, cuja gravação consumiu quatro longos anos até sua finalização.

Meet & Greet: Como os roqueiros de verdade se comportamMotorhead: perguntas dos fãs respondidas por Lemmy

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Hazy Hamlet é conscientemente intransigente ao manter-se afastado das atuais sonoridades pelas quais o Heavy Metal se enveredou nos últimos tempos. Com um guitarrista muito bom e um vocalista cujo timbre remete diretamente a Chris Boltendahl (Grave Digger), o grupo apresenta algumas ótimas idéias em se tratando da faceta tradicional do gênero, tanto que faixas como a segunda parte de "The Beginning Of The End" e a grudenta "Forging Metal" farão o público levantar os punhos durante as apresentações.

Mas, ainda que seja louvável sua fidelidade às raízes, tudo permanece por demais atrelado aos já tão explorados clichês do Heavy Metal, carecendo uma solução convincente que consiga segurar a atenção do ouvinte ao longo dos 50 minutos de audição. E, apesar de todo o sincero esforço em alcançar um produto realmente profissional, a gravação também não soa 100%, onde uma nitidez mais acentuada poderia fazer uma importante diferença no resultado final.

Um primeiro álbum com os devidos acertos e algumas falhas que certamente serão ajustadas no futuro - há potencial de sobra para isso. De qualquer forma, a sensação geral é aquela onde o dever foi cumprido, tanto que "Forging Metal" merece ser conferido pelo headbanger que aprecia Manowar, Grave Digger ou Saxon, e ainda por aqueles que tem estima pelo Heavy Metal made in Brazil. Um bom trabalho, e encerro estas linhas já dando meu voto para que a capa deste CD figure entre as mais bonitas de 2009!

Contato:
http://www.hazyhamlet.com
http://www.myspace.com/hazyhamlet

Formação:
Arthur Migotto - voz
Júlio Bertin - guitarra
Fabio Nakahara - baixo
Cadu Madera - bateria

Hazy Hamlet - Forging Metal
(2009 / independente - nacional)

01. The Beginning Of The End - Part 1
02. The Beginning Of The End - Part 2
03. Black Masquerade
04. Metal Revolution
05. Field Of Crosses
06. Funeral For A Viking
07. Chrome Heart
08. Chariot Of Thor
09. Forging Metal
10. The Faces Of Illusion




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hazy Hamlet"


Metal Tradicional: 13 Novas bandas nacionais e o momento da cenaMetal Tradicional
13 Novas bandas nacionais e o momento da cena


Meet & Greet: Como os roqueiros de verdade se comportamMeet & Greet
Como os roqueiros de verdade se comportam

Motorhead: perguntas dos fãs respondidas por LemmyMotorhead
Perguntas dos fãs respondidas por Lemmy


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336