Black Label Society: registro de um show único

Resenha - European Invasion: Doom Troopin - Black Label Society

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Lucas Steinmetz Moita, Fonte: Moita Rock
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O BLACK LABEL SOCIETY vem ganhando fãs ao redor de todo o mundo com seu Heavy Metal, influenciado em Blues. A propagação da banda também está ligada ao fato do mainman Zakk Wylde ser guitarrista de OZZY OSBOURNE. Mas não só por isso o BLACK LABEL SOCIETY tem tal sucesso. Em "The European Invasion: Doom Troopin" a banda justifica seu crescimento e aprovação por todos os países que visita.
1277 acessosZakk Wylde: novo disco do Black Label Society já está gravado5000 acessosFotos de Infância: Pantera

A introdução vem acompanhada de sirenes e guitarras ecoando no ar, desde o início Zakk Wylde (V/G), Nick Catanese (G/BV), James Lomenzo (B/BV) e Craig Nunenmacher (D) agitam com as explosivas "Stoned And Drunk" e "Destruction Overdrive". "Been A Longtime" foi a primeira execução do álbum "Mafia", lançado pouco antes da gravação deste DVD. Do mesmo álbum, foram apresentadas as músicas: "Suicide Messiah", com um empolgante efeito de alto falantes no refrão, "Spread Your Wings", "Fire It Up" e uma bela homenagem de Zakk ao seu falecido amigo Dimebag Darrel, guitarrista do PANTERA, assassinado durante um show em 2004. A homenagem é executada com uma guitarra do mesmo modelo da qual Dimebag possuía com a pintura "Bulls-eye", característica marcante das guitarras de Zakk.

Para presentear ainda mais os fãs, a banda ameaça tocar "Iron Man" e durante solo acústico com violão, Zakk serve de base para que os fãs cantem "Mamma I'm Coming Home"... Ambas as músicas compostas por OZZY OSBOURNE.

Algo interessante durante todo o show, cerveja! Muita cerveja! Que não atrapalha o desempenho da banda em momento nenhum, pelo contrário, mantém mais união com os integrantes, dividindo cerveja com o público e ganha mais peso visual com as cusparadas no ar.

Enfim algo único, dois grandes sucessos encerrando a set list: "Stillborn" e "Genocide Junkies". Durante a última, a banda puxa para o palco aproximadamente 15 fãs, um deles com a sorte de tocar a guitarra do próprio Zakk durante boa parte da última canção com direito a solo. Como se já não fosse criatividade o bastante, após o término do show bandas tem o costume de presentear seu público com baquetas e palhetas... não é o caso do BLACK LABEL SOCIETY, que arremessa os amplificadores usados no show.

Além de uma apresentação completa em Paris, o DVD ainda trás como bônus quatro músicas em um show gravado em Londres: "Been A Long Time", "Suicide Messiah", "Stillborn" e "Genocide Junkies". Ainda como material extra, o disco 2 carrega um documentário com 50 minutos e o videoclipe das músicas "Suicide Messiah" (com making of), "In This River" e "Fire It Up".

Site: www.zakkwylde.com

Formação:
Zakk Wylde (Vocal/Guitarra)
Nick Catanese (Guitarra/Backing Vocals)
James Lomenzo (Baixo/Backing Vocals)
Craig Nunenmacher (Bateria)

DVD 1

Live In Paris
01 - Introdução
02 - Stoned And Drunk
03 - Destruction Overdrive
04 - Been A Long Time
05 - Iron Man (Interlude)
06 - Funeral Bell
07 - Suffering Overdue
08 - In This River
09 - Suicide Messiah
10 - Demise Of Sanity
11 - Spread Your Wings
12 - Solo Acústico
13 - Spoke In The Wheel
14 - Fire It Up
15 - Stillborn
16 - Genocide Junkies

Live In Londres
01 - Been A Long Time
02 - Suicide Messiah
03 - Stillborn Jam
04 - Genocide Junkies

DVD 2

Bastidores (Documentário com 50 Minutos)

Videoclipes ("Suicide Messiah - 'Making Of'", "In This River" & "Fire It Up")

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Zakk WyldeZakk Wylde
Novo disco do Black Label Society já está gravado

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Label Society"

Zakk WyldeZakk Wylde
"Chegou a um ponto em que a bebida atrapalhava"

Zakk WyldeZakk Wylde
"Alcoólicos Anônimos é uma viadagem, uma frescura!"

Zakk WyldeZakk Wylde
Detonando a reunião dos Alcoólicos Anonimos

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Black Label Society"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Phil Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie Paul

Dave MustaineDave Mustaine
A bizarra semelhança com um Cocker Spaniel

Paula FernandesPaula Fernandes
Aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

5000 acessosSlash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay5000 acessosCorey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosIron Maiden: "Eddie precisa de um quiroprático"5000 acessosThe Voice Brasil: candidato arrebenta com Queen e vai pra final5000 acessosHistória do Rock

Sobre Lucas Steinmetz Moita

Formado em Jornalismo pela Unisinos, atua em duas áreas bastante bipolares: música pesada e teologia. Proprietário do site CristianismoHardcore.com.br, atuou durante 5 anos com o Programa MoitaRock, entrevistando diversos artistas nacionais e internacionais (como Andre Matos, Angra, Sebastian Bach e Blind Guardian). O Programa MoitaRock foi extinto, mas o trabalho com vídeo e entrevistas continua em HeavyTalk.com.br, ao qual também administra.

Mais informações sobre Lucas Steinmetz Moita

Mais matérias de Lucas Steinmetz Moita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online