Masterplan: um novo álbum ainda mais inspirado

Resenha - MK II - Masterplan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Esta fase em que o Masterplan conta com os novos integrantes Mike DiMeo (voz, ex-Riot) e Mike Terrana (bateria, ex-Rage) torna o título "MK II" muito apropriado para seu terceiro álbum. Para deixar um pouco mais claro: o termo MK é uma sigla para 'Mark', bastante utilizada para designar variantes de aeronaves (ou, neste caso, do próprio Masterplan), e provavelmente alguns dos leitores se lembram dos famosos aviões de combate ingleses Spitfire MK V, que lutaram com eficácia em todos os fronts da segunda Guerra Mundial.

Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposPlanet Rock: 40 melhores discos ao vivo de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com certeza há muita expectativa de como o Masterplan está soando com a substituição de dois músicos tão importantes como Jorn Lande e Uli Kusch. Com Terrana não há preocupações, pois quem não conhece seu desempenho atrás de um kit de bateria? E mesmo assim vale mencionar que este monstro está tocando de forma mais simples do que se poderia esperar.

Quanto ao vocalista Mike DiMeo, a situação pode parecer mais complicada, afinal, um vocalista geralmente é considerado como o pilar de qualquer banda. O fato é que sua escolha foi acertada, pois DiMeo continua fazendo um belo e variado trabalho (quem está familiarizado com sua atuação no Riot tem consciência de como sua voz é bonita). Se o badalado Lande é melhor vocalista? Ambos realmente cantam com o coração, então o caro e curioso leitor que escute e julgue por si próprio...

Como todos devem saber, o motivo de Jorn Lande ter abandonado seu posto foi a orientação musical, onde Grapow e Cia pretendiam trilhar por caminhos mais pesados... E realmente "MK II" está mais pesado e com guitarras mais agressivas, em muitas ocasiões praticamente Power Metal, mas nunca descartando as belas melodias. Além disso, a característica mais marcante neste disco são os refrões, muito bem elaborados e contagiosos, feitos para serem cantados em uníssono durante as apresentações.

A produção é do próprio Roland Grapow e o nível do disco é alto, mas há dois hits imediatos em "MK II": "I'm Gonna Win" é orientada por bonitos teclados, quase melancólica para explodir no melhor refrão do álbum; e outro grande destaque é a própria faixa "Masterplan", veloz, apoteótica e furiosa. E ainda há ótimos petardos como "Warrior's Cry" ou "Keeps Me Burning", momentos Power Metal europeu de primeira. Enfim, muita coisa boa por aqui.

O único problema com o registro é uma falha gráfica bem grotesca que aparece justo na ilustração da capa, cuja imagem ficou em baixa resolução e, como tal, com uma definição abaixo de qualquer padrão de qualidade. E aparentemente isso não ocorreu com as versões que saíram em outros países.

De resto, o Masterplan conseguiu fazer de "MK II" um ótimo trabalho, ainda mais inspirado que "Aeronautics" (05). Um dos grandes álbuns do ano e que vale cada centavo de seu preço!

Formação:
Mike DiMeo - Voz
Roland Grapow - Guitarra
Jan S. Eckert - Baixo
Mike Terrana - Bateria
Axel Mackenrott - Teclados

Masterplan - MK II
(2007 - AFM Records / Rock Brigade Records - nacional)

01. Phoenix Rising
02. Warrior's Cry
03. Lost And Gone
04. Keeps Me Burning
05. Take Me Over
06. I'm Gonna Win
07. Watching The World
08. Call The Gypsy
09. Trust In You
10. Masterplan
11. Enemy
12. Heart Of Darkness

Homepage: www.master-plan.net


Outras resenhas de MK II - Masterplan

Masterplan: mudanças e novo gásMasterplan: Metal de banda alemã é igual a pizza




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Masterplan"


Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 2003Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 2003

Power Metal: As bandas mais populares segundo o FacebookPower Metal
As bandas mais populares segundo o Facebook


Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos

Planet Rock: 40 melhores discos ao vivo de todos os temposPlanet Rock
40 melhores discos ao vivo de todos os tempos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adGoo336