Satyricon: talento sem o antigo extremismo

Resenha - Now, Diabolical - Satyricon

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Heh! Lá se foi de vez o extremismo avassalador que o Satyricon um dia expôs ao mundo... Mas isto não quer dizer que a dupla Satyr (voz, guitarra, baixo e teclado) e Frost (bateria) perderam seu talento em surpreender o ouvinte. Estes noruegueses sempre foram camaleônicos ao procurar dar as mais variadas formas a seu Black Metal, nunca liberando um disco completamente igual ao seu antecessor.

Neste desenvolvimento artístico chegam a seu sexto registro, "Now, Diabolical", que mantém o clima obscuro e maligno – não, maligno não seria o termo apropriado, o mais próximo seria "malvado" – em faixas com arranjos crus e bem cadenciados, com momentos que os aproximam em muito do rock n´roll (!!!) propriamente dito.

publicidade

A gravação está excelente e, apesar da presença de toda a sujeira, os instrumentos estão com uma definição incrível e com timbres muito bem escolhidos, em especial no som da bateria, um pouco mais à frente, onde Frost soube aproveitar todo o espaço que lhe convém, enriquecendo em muito as canções. Satyr está cantando de maneira totalmente legível, ainda que de forma ríspida, com vários de seus refrões (sim, estão usando muitos refrões!) se apresentando bem pegajosos.

publicidade

Apesar do bom número de riffs intermitentes e hipnóticos, permanece um espaço vazio em parte das canções, que poderiam muito bem ser preenchidos por solos de guitarras, o que daria uma maior profundidade às mesmas. Esta ausência de solos é o único ponto que realmente deixa a desejar, e é sentida principalmente na ótima faixa de abertura que dá o título ao CD.

publicidade

Há canções com rudimentos de melodias, como em K.I.N.G., com vozes duplas e algo do já mencionado rock n´roll em seu ritmo, assim como em "Delirium". Momentos em que Satyr mescla vozes limpas e agressivas aparecem na ótima "A New Enemy"; e o registro fecha com uma velocidade que parece prestar uma homenagem ao Black Metal norueguês em "Storm (Of The Destroyer)". Algumas edições de "Now Diabolical", como esta mexicana (distribuída pela Hellion Records), vêm com acabamento em digipack e com um vídeo-bônus para K.I.N.G.

publicidade

Um álbum barulhento, feito para se bater cabeças. Foge totalmente do Black Metal velocíssimo e sem concessões, assim como também passa a anos-luz das incursões sinfônicas, tão em voga nos últimos tempos. E esta busca às origens do gênero geralmente resulta em algo interessante para se escutar, como é o caso de "Now, Diabolical", que, independente da opinião dos mais radicais, está muito bem definido em sua proposta.

publicidade

Satyricon - Now, Diabolical
(2006 - Centurymedia Records/ Scarecrow Records)

01. Now, Diabolical
02. K.I.N.G.
03. The Pentagram Burns
04. A New Enemy
05. The Rite Of War Cross
06. That Darkness Shall Be Eternal
07. Delirium
08. To The Mountains
09. Storm (Of The Destroyer)

K.I.N.G. (video-bônus)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal HammerSexo
Os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer

Metal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.comMetal norueguês
As dez melhores bandas segundo o About.com


Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

Sepultura: Pavarotti gravou uma versão de Roots Bloody Roots?Sepultura
Pavarotti gravou uma versão de "Roots Bloody Roots"?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin