Resenha - Born Again - Warrant

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


Chega a ser engraçado o destino de alguns membros de bandas que, há vinte anos, eram tão preocupados com seu visual, cabelos gigantescos e produtos faciais. Como o nível capilar deste povo diminuiu, só sobrou mesmo foi o pó-de-arroz...

O Warrant foi uma banda que estourou mundialmente no final dos anos 80 com a belíssima balada "Heaven", logo no seu primeiro registro. Mas foi com o disco seguinte, "Cherry Pie" (90), que estes norte-americanos mostraram que não eram músicos de somente uma baladinha. Este trabalho trazia o melhor do hard rock da época e estabeleceu de vez o nome Warrant no mercado. Porém, a partir daí a coisa declinou, músicos foram sendo trocados e seus próximos trabalhos acabaram sendo bem irregulares, não chegando nem perto das canções dos áureos tempos.

publicidade

Mas não é porque a situação está difícil que se deve desistir, não é mesmo? O Warrant está liberando seu sexto registro, "Born Again", na tentativa de resgatar a extinta química, trazendo quatro de seus músicos da primeira formação. Apenas o vocalista Lani Lane não está presente em função de sua carreira solo, o que é uma pena, sendo que para seu posto entrou Jamie St. James, do extinto e insosso Black´n´ Blue.

publicidade

Em "Born Again" é nítido o esforço da banda em soar como em seus primeiros dois discos, mesmo com o acréscimo de algumas poucas e naturais influências mais modernas. A voz de Jamie, apesar da gritante diferença com seu antecessor, causa boa impressão e combinou muito bem com a sonoridade do conjunto, que, se por um lado está instrumentalmente mais maduro, por outro não consegue se aproximar da energia de "Cherry Pie", que era o objetivo real deste novo trabalho.

publicidade

Com a produção do veterano Pat Regan, responsável por trabalhos como Kiss, Mr Big, L.A. Guns, etc, dá para destacar principalmente "Devils Juice" e "Dirty Jack", com um trabalho muito bom nas guitarras e mostrando um novo vocalista bem à vontade. "Glimmer", mesmo soando datada com suas seções acústicas e elétricas, mostra que o Warrant não perdeu seu talento para as baladas radiofônicas, e ponto positivo também para "Roxy", com riffs bem sacados e ótimos refrãos.

publicidade

Formação:
Jamie St. James - Voz
Joey Allen - Guitarra
Erik Turner - Guitarra
Jerry Dixon - Baixo
Steven Sweet - Bateria

Warrant – Born Again
(2006 / Down Boys Records - Big Rock Music)

01. Devils Juice
02. Dirty Jack
03. Bourbon County Line
04. Hell, CA.
05. Angels
06. Love Strikes Like Lightning
07. Glimmer
08. Roller Coaster
09. Down In Diamonds
10. Velvet Noose
11. Roxy
12. Good Times

publicidade

Homepage: www.warrantweb.net




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Músicas boas mas pouco conhecidas: a vida nem sempre é justaMúsicas boas mas pouco conhecidas
A vida nem sempre é justa

Bobbie Brown: a vida mundana e devassa da musa mor do hard rockBobbie Brown
A vida mundana e devassa da musa mor do hard rock


Iron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo HorizonteIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin