Resenha - Plant Waves - A Robert Plant Tribute

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Werneck
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Tributos costumam variar muito em qualidade, até por conter vários artistas muitas vezes de diferentes estilos. Este caso não é diferente, e estão incluídas músicas da carreira solo do vocalista Robert Plant (Led Zeppelin), entre seus discos “Pictures At Eleven” e “Fate Of Nations”.
5000 acessosJack Bruce: "Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"5000 acessosSlayer: é melhor não mexer com a família do Tom Araya...

Com renda revertida para o ABC Trust Fund, o disco apresenta versões que vão do hard rock ao pop, incluindo uma seleção de “célebres desconhecidos” em sua maioria. No lado dos peso-pesados (em termos de sonoridade, não de fama), uma das melhores é a música “Anniversary”, aqui apresentada pelos finlandeses Arto Laine & Snakedog, numa versão cheia de feeling, arranjo caprichado e em interpretação inspirada do vocalista Jari Tiura. Nota-se que eles tentaram (e coseguiram) fazer algo com o cuidado merecido, sem pressa. Interessante também a versão instrumental de “Tall Cool One”, toda gravada por Marshall Greenberg (guitarra, baixo e bateria programada). A adaptação dos norte-americanos do Thessalonian Dope Gods para “Too Loud” é no mínimo curiosa, numa levada mais para o som “industrial”, pesada e suja.

Dentre as versões mais “soft”, “easy listening”, destaco o Sky Pilot Scott Ellis interpretando “Great Spirit”, e Barnaby Hazen tocando “Moonlight In Samosa”, ambas agradáveis de ouvir. Já o cantor folk Wally Pleasant leva “Helen of Troy” de forma meio desafinada (tudo bem, afinal ele tem raízes no punk), mas sem comprometer. Meio sem graça são as versões mais pop de grupos como Mouth of Clay, Dating Jane e GIANTfingers, sem inspiração e quase burocráticas (as originais estão a léguas de distância!).

Enfim, vale para os fãs de Plant e o Led Zep, mas não se trata um lançamento imperdível. De uma forma geral, como na maioria dos discos tributo aliás, as músicas originais dão um banho nas novas versões.

Tracklist:

1. Heaven Knows - Dating Jane
2. Other Arms - Mouth of Clay
3. 29 Palms - GIANTfingers
4. Too Loud - Thessalonian Dope Gods
5. Tall Cool One (Instrumental) - Marshall Greenberg
6. Anniversary - Arto Laine and Snakegod
7. Moonlight in Samosa - Barnaby Hazen
8. Helen of Troy - Wally Pleasant
9. Calling To You - Bad Oscar
10. Great Spirit - Sky Pilot Scott Ellis
11. In The Mood - Rick Rose

ABC Trust: www.abctrust.org.uk/

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Robert Plant"

Led ZeppelinLed Zeppelin
Ouça a voz de Robert Plant isolada em clássico

Robert PlantRobert Plant
Vídeo da sensacional nova versão de "Black Dog"

David CoverdaleDavid Coverdale
Frontman pede desculpas a Robert Plant

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Robert Plant"

Jack BruceJack Bruce
"Foda-se o Led Zeppelin! Eles são um lixo!"

SlayerSlayer
É melhor não mexer com a família do Tom Araya...

Iron MaidenIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot", diz Bruce

5000 acessosDiscórdia: alguns dos maiores insultos entre artistas5000 acessosSuzi Quatro: a importância da linda baixista para o rock5000 acessosAs I Lay Dying: Banda cristã explica a proximidade com o Behemoth5000 acessosMegadeth: "Gar Samuelson tornou Peace Sells um clássico"5000 acessosMotorhead: funeral de Lemmy está disponível na íntegra no Youtube5000 acessosGhost: Papa é acusado de tentar fazer banda virar carreira solo

Sobre Rodrigo Werneck

Carioca nascido em 1969, engenheiro por formação e empresário do ramo musical por opção, sendo sócio da D’Alegria Custom Made (www.dalegria.com). Foi co-editor da extinta revista Musical Box e atualmente é co-editor do site Just About Music (JAM), além de colaborar eventualmente com as revistas Rock Brigade e Poeira Zine (Brasil), Times! (Alemanha) e InRock (Rússia), além dos sites Whiplash! e Rock Progressivo Brasil (RPB). Webmaster dos sites oficiais do Uriah Heep e Ken Hensley, o que lhe garante um bocado de trabalho sem remuneração, mais a possibilidade de receber alguns CDs por mês e a certeza de receber toneladas de e-mails por dia.

Mais matérias de Rodrigo Werneck no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online