Resenha - Vírus - Hypocrisy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

10


E pensar que o Hypocrisy quase foi pro saco com "The Final Chapter"... o metal extremo jamais seria o mesmo sem a insanidade de Pter Tagtgren e seus asseclas. Felizmente a banda ressurgiu das cinzas (se é que chegou a estar nesse estado) e desde "Hypocrisy" (1999), vem lançando álbuns consistentes, pesados e amalucadamente doentios. Este novo "Vírus" só vem a reforçar a excelência da banda em produzir som pesado.

Quem acha que os experimentos de "Catch 22" (2002) haviam amansado a fera, vai tomar um susto com a pancadaria extrema de "War Path" (com a bateria precisa de Horgh), e o death metal de "Scrutinized" (com direito a solo de Gary Holt". Mas Peter não é bobo, e não é produtor de metade das bandas de metal extremo a toa. A acessibilidade de "Fearless" é genial (flertando levemente com o gótico), contrastando com o peso animalesco de "Craving For Another Killing" (guitarras maravilhosas) e a lentidão assustadora de "Let The Knife Do The Talking" (com ecos do bom e velho Metallica).

publicidade

Este pode não ser o melhor álbum da banda, mas se candidata a um deles com facilidade. "A Thousand Lies" traz uma suavidade marcante ao peso do Hypocrisy, enquanto que faixas como "Blooddrenched" lembram a banda em seus primórdios. Para fechar, mais duas faixas que mostram um Peter trazendo um mixto de metal extremo com metal tradicional, ("Compulsive Psychosis" e "Living To Die", por sinal as melhores do CD, na opinião deste que vos escreve).

publicidade

Um senhor álbum, um trabalho marcante e que merece ser conferido por todos que gostam de peso e inteligência no metal. Obrigatório.

Site Oficial: http://www.hypocrisy.tv

Formação:
Peter Tagtgren – Vocais, Guitarras
Mikael Hedlund – Baixo
Andreas Holma – Guitarras
Horgh – Bateria

Material Cedido Por:
Nuclear Blast Brasil
http://www.nuclearblast.com.br
São Paulo (SP)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lindemann: Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surraLindemann
Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surra

Rammstein: ame a si mesma, não importa o que digam, diz TillRammstein
"ame a si mesma, não importa o que digam", diz Till


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

Notas altas: as dez mais impressionantes do Heavy MetalNotas altas
As dez mais impressionantes do Heavy Metal


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin