Resenha - Consign To Oblivion - Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Depois do sucesso que foi "The Phanton Agony" em 2003, chega agora ao mercado nacional o segundo álbum da banda holandesa Epica, denominado "Consign To Oblivion". A formação do conjunto é a mesma, mantendo Simone Simons (voz), Mark Jansen (guitarra e voz), Ad Sluijter (guitarra), Yves Huts (baixo), Coen Janssen (teclados) e Jeroen Simons (bateria), além de uma seção de oito cordas, com três violinos, duas violas, dois cellos e um baixo.

Em seu debut a banda estava bem influenciada pela cultura oriental, porém agora, em seu novo disco, a inspiração está toda focada na riquíssima cultura maia, colocada de maneira bastante inteligente, com mensagens e situações que podemos aplicar em nosso dia-a-dia. Todo o conceito está dividido em quatro etapas, tendo as orquestrações como parte fundamental deste belíssimo trabalho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A música do Epica continua variada e em certos momentos bastante acessível, percebendo-se nitidamente uma grande evolução na parte das vozes, em especial na voz gutural de Jansen. A gravação está um pouco mais polida, o que tornou as canções deste disco bem mais intensas e poderosas.

Após uma introdução cinematográfica, a canção "Dance Of Fate" já surpreende com seus riffs agradáveis e mostra o nível de inspiração de toda a banda, numa simbiose perfeita entre seus membros, orquestra e corais, tudo beirando à perfeição, fato que percorre todo o álbum.

Pela alta qualidade das composições e por ser um disco conceitual, fica muito difícil ressaltar esta ou aquela faixa. Mas merece comentários "Trois Vierges", pela colaboração vocal de Roy Khan (Kamelot), num dramático dueto com Simone, conseguindo passar ao ouvinte todo um clima medieval. "Consign To Oblivion", a longa faixa-título, é uma verdadeira canção épica que conclui de maneira magistral toda a história do disco, combinando todos os elementos e estilos que compõem o gothic metal, fundindo o peso, variações de velocidade, a frustração e a melancolia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O caro leitor pode estar imaginando que Epica é apenas mais uma destas bandas de contrastes, com guitarras cheias de distorção contra corais e cordas, a voz sublime de Simone contra grunhidos de Jansen. Não, este "Consign To Oblivion" é muito mais que isto, é uma destas pequenas e belas obras do gothic metal e o melhor CD deste gênero em 2005, sendo indispensável aos amantes do gênero.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

EPICA – Consign To Oblivion
(2005 – Transmission Records / Hellion Records)

01. Hunab K’u - A New Age Dawns (Prologue)
02. Dance Of Fate
03. The Last Crusade - A New Age Dawns - I
04. Solitary Ground
05. Blank Infinity
06. Force Of The Shore
07. Quietus
08. Mother Of Light - A New Age Dawns - II
09. Trois Vierges
10. Another Me "In Lack’ech"
11. Consign to Oblivion - A New Age Dawns - III

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Homepage: www.epica.nl


Outras resenhas de Consign To Oblivion - Epica

Resenha - Consign To Oblivion - Epica

Resenha - Consign to Oblivion - Epica




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Epica: próximo álbum será lançado em fevereiro; confira capa, single e tracklistEpica
Próximo álbum será lançado em fevereiro; confira capa, single e tracklist

Ayreon: ouça a nova música This Human Equation, com participação de Simone SimonsAyreon
Ouça a nova música "This Human Equation", com participação de Simone Simons

Sepultura: Rafael Bittencourt participa de Jasco & KaiowasSepultura
Rafael Bittencourt participa de "Jasco & Kaiowas"

Sepultura: Rafael Bittencourt e Mark Jansen na próxima SepulQuarta

Simone Simmons: a importância da Ioga na vida da vocalistaSimone Simmons
A importância da Ioga na vida da vocalista


Metal Sinfônico: dez álbuns essenciais do gêneroMetal Sinfônico
Dez álbuns essenciais do gênero

Epica: interpretação detalhada de Cry for the MoonEpica
Interpretação detalhada de "Cry for the Moon"


Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosMetallica
Ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos

Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336 CliIL Cli336 Cli336 Cli336