Matérias Mais Lidas

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemIrmão de Bon Scott fala pela primeira vez: "Ele nunca se preocupou com o futuro!"

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...


Stamp

Resenha - Consign To Oblivion - Epica

Por Ben Ami Scopinho
Em 18/07/05

Nota: 9

Depois do sucesso que foi "The Phanton Agony" em 2003, chega agora ao mercado nacional o segundo álbum da banda holandesa Epica, denominado "Consign To Oblivion". A formação do conjunto é a mesma, mantendo Simone Simons (voz), Mark Jansen (guitarra e voz), Ad Sluijter (guitarra), Yves Huts (baixo), Coen Janssen (teclados) e Jeroen Simons (bateria), além de uma seção de oito cordas, com três violinos, duas violas, dois cellos e um baixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seu debut a banda estava bem influenciada pela cultura oriental, porém agora, em seu novo disco, a inspiração está toda focada na riquíssima cultura maia, colocada de maneira bastante inteligente, com mensagens e situações que podemos aplicar em nosso dia-a-dia. Todo o conceito está dividido em quatro etapas, tendo as orquestrações como parte fundamental deste belíssimo trabalho.

A música do Epica continua variada e em certos momentos bastante acessível, percebendo-se nitidamente uma grande evolução na parte das vozes, em especial na voz gutural de Jansen. A gravação está um pouco mais polida, o que tornou as canções deste disco bem mais intensas e poderosas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após uma introdução cinematográfica, a canção "Dance Of Fate" já surpreende com seus riffs agradáveis e mostra o nível de inspiração de toda a banda, numa simbiose perfeita entre seus membros, orquestra e corais, tudo beirando à perfeição, fato que percorre todo o álbum.

Pela alta qualidade das composições e por ser um disco conceitual, fica muito difícil ressaltar esta ou aquela faixa. Mas merece comentários "Trois Vierges", pela colaboração vocal de Roy Khan (Kamelot), num dramático dueto com Simone, conseguindo passar ao ouvinte todo um clima medieval. "Consign To Oblivion", a longa faixa-título, é uma verdadeira canção épica que conclui de maneira magistral toda a história do disco, combinando todos os elementos e estilos que compõem o gothic metal, fundindo o peso, variações de velocidade, a frustração e a melancolia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O caro leitor pode estar imaginando que Epica é apenas mais uma destas bandas de contrastes, com guitarras cheias de distorção contra corais e cordas, a voz sublime de Simone contra grunhidos de Jansen. Não, este "Consign To Oblivion" é muito mais que isto, é uma destas pequenas e belas obras do gothic metal e o melhor CD deste gênero em 2005, sendo indispensável aos amantes do gênero.

EPICA – Consign To Oblivion
(2005 – Transmission Records / Hellion Records)

01. Hunab K’u - A New Age Dawns (Prologue)
02. Dance Of Fate
03. The Last Crusade - A New Age Dawns - I
04. Solitary Ground
05. Blank Infinity
06. Force Of The Shore
07. Quietus
08. Mother Of Light - A New Age Dawns - II
09. Trois Vierges
10. Another Me "In Lack’ech"
11. Consign to Oblivion - A New Age Dawns - III

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Homepage: www.epica.nl


Outras resenhas de Consign To Oblivion - Epica

Resenha - Consign To Oblivion - Epica

Resenha - Consign to Oblivion - Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como é a relação entre integrantes do Visions of Atlantis, Epica e Nightwish?


Capas: as 10 mais bonitas lançadas em 2014 eleitas por blog



Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.