Matérias Mais Lidas

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemEdu Falaschi comenta produção "nível banda europeia" da nova turnê e agradece fãs

imagemMax e Iggor Cavalera: setlists, fotos e vídeos de shows na Audio, em São Paulo

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemSincero, vocalista do Anvil diz que é feliz com o tamanho da banda

imagemAmy Lee escolhe a melhor música do Evanescence para apresentar a banda


Dream Theater 2022

Resenha - Bloodshed - Krisiun

Por Maurício Gomes Angelo
Em 25/12/04

Nota: 9

É praticamente impossível ler reviews de metal extremo que não usem palavras e construções do tipo: "irá estourar os seus tímpanos", "fará sua cabeça girar brutalmente", "putrefação grandiosa", "o verdadeiro espírito da música negra e sanguinária", "brutal", "avassalador", "destruição sem fim", "furioso", "petardo inesquecível", "a melodia trucidada pela força suprema da carnificina"... e todas as coisas do tipo que estamos cansados de ouvir e já se tornaram vícios de linguagem.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pois bem, todos esses clichês se aplicam ao novo trabalho do Krisiun, o monstruoso EP intitulado apropriadamente de "Bloodshed".

Apesar da presença da demo "Unmerciful Order" – item raro de se achar anteriormente – ser um excelente presente para o público, sua produção nitidamente inferior ao restante do material (mesmo com a remasterização) representa um grande anti-clímax no álbum, diminuindo o impacto e a empolgação que sentimos com as 7 primeiras músicas novas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A opção por andamentos mais "cadenciados" revela-se especialmente suculenta na audição dos riffs afiadíssimos de Moyses Kolesne – onde sobressai-se "Ominous", a melhor de todas – e no massacre sem fim imposto ao kit de bateria de Max Kolesne, que mais uma vez apresenta linhas velocíssimas e inimitáveis, o que é bem apropriado para a clássica "They Call Me Death" e na nova "Slain Fate".

O interlúdio extremamente macabro e sombrio de "Eons" mostra o bem vindo nível de experimentação e pluralidade que uma banda deve ter para não se tornar uma cópia de si mesma e prepara-te para a faixa mais insana do material: "Hateful Nature" – grooves simplesmente fantásticos, ótimo exemplo da sincronia perfeita do trio gaúcho. Ousadia e criatividade que se elevam nas duas outras instrumentais: "Voodoo"- fusão de bateria tribal, guitarra psicodélica e baixo consistente - e a agonizante e soturna "Outro/MMIV", uma experiência progressivamente aterrorizante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Salvo alguns contratempos, não há nada que se questionar na melhor banda de death metal do mundo, porque a cada trabalho eles tratam de impor mais respeito e terem mais respaldo da mídia e dos fãs.

O Krisiun prova novamente toda a beleza que a brutalidade pode ter e faz a arte da música extrema mais interessante a cada dia.

O sangue está na mesa. Sirva-se quem quiser.

Formação:
Alex Camargo (Baixo/Voz)
Moyses Kolesne (Guitarra)
Max Kolesne (Bateria)

Site Oficial: www.krisiun.com.br

Material Cedido Por:
Century Media Records
Caixa Postal 1240 – São Paulo (SP)
CEP: 01059-970 – Brasil
Fone: (0xx11) 3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195
Site: www.centurymedia.com.br

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Bloodshed - Krisiun

Resenha - Bloodshed - Krisiun

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Max e Iggor Cavalera: setlists, fotos e vídeos de shows na Audio, em São Paulo

Resenha - Max e Iggor Cavalera (Audio, São Paulo, 07/08/2022)

Krisiun lança seu novo álbum de estúdio, "Mortem Solis"; confira aqui

Krisiun lança lyric video de "Sworn Enemies"; assista aqui

Resenha - Bréa Extreme Tour (Mister Rock, Belo Horizonte, 26/05/2022)

Novo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

Krisiun lança vídeo de "Serpent Messiah", faixa do próximo disco; assista aqui

Krisiun: "Edu Falaschi não viveu o underground"

Krisiun: banda lista os 5 picos mais demoníacos do Brasil

Metal Brasileiro: As 10 melhores bandas segundo o site OC Weekly

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo.