Resenha - Fuera De Este Mundo - Ethernia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Depois de trazer para o mercado brasileiro a banda Six Magics, a Hellion Records aproveitou a sua investida no mercado chileno e também trouxe a banda Ethernia, licenciando diretamente com o grupo o lançamento do EP "Fuera De Este Mundo". Para quem nunca ouviu falar neste grupo (assim como eu), o Ethernia trata-se de um quinteto que trabalha com canções em espanhol, dentro de uma temática totalmente progressiva, trazendo influências que vão desde "dinossauros" do estilo como Rush, Pink Floyd e Genesis, passando por grupos mais atuais como Dream Theater, Evergrey e Shadow Gallery.

Rockstars: filhos de roqueiros seguindo os passos dos paisHeavy Metal: 5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo

Por trabalhar em espanhol que o conjunto acaba chamando a atenção, mesmo esta característica já não ser mais novidade depois que alguns grupos aparecerem bem por aqui, como Rata Blanca, Avalanch e Tierra Santa. O vocalista Alexis Martinez tem um timbre que ficou bom nas suas composições em espanhol e para mim é certo que o trabalho seria bem abaixo de um nível satisfatório se o mesmo vocalista cantasse em inglês... Ficaria muito estranho! O que dá uma cara bem prog. ao som do Ethernia é o uso do teclado em um timbre mais 'neo progressivo', além de muitas quebradas nas linhas de guitarra e o uso de algumas passagens bem pesadas de guitarra. O trabalho tinha tudo para ser um grande lançamento, para uma nota bem alta, mas a produção ficou um pouco aquém para algo deste porte e hoje em dia se a banda não trabalhar com uma produção impecável pouco vai se mostrar para o mundo.

Depois de uma curta introdução o disco segue com uma faixa um pouco curta para os padrões progressivos, com pouco mais de três minutos: "Cara Y Sello". Esta faixa possui algumas influências de metal melódico e heavy tradicional. O interessante nesta composição, que eu a indico como a melhor do material, é o seu instrumental variando muito bem velocidade e algumas modestas doses de peso. "Antes Del Fin de los Tiempos" tem um cara bem épica e com um clima bem para cima. Mais melódica e puxando para riffs mais pesados de guitarra "Angel de Luz" é outro destaque neste EP, uma faixa bem completa e talvez para alguns, a melhor do disco. A faixa título, "Fuera De Este Mundo" lembrará de imediato os americanos do Dream Theater, assim como a última música, "Hijos". Ambas possuem muitas variações de ritmo, quebradas, solos alucinantes (especialmente de teclado) e virtuosos e são extremamente bem executadas.

Aqui no final da resenha eu repito: se o Ethernia tivesse investido mais algum tempo no estúdio para ficar com uma produção impecável, certamente este disco seria um grande destaque em muitos lugares, incluindo aqui no Brasil. Pena que o metal em espanhol ainda não agrada muita gente, mas aqui o quinteto chileno fez deste EP algo digno de elogios...

Line-up:
Alexis Martinez (vocal);
Alvaro Fuentes (guitarra);
Mauricio Aburto (baixo);
Elias Martinez (teclado);
Brian Ávila (bateria).

Track-list:
01. Intro
02. Cara Y Sello
03. Antes Del Fin de los Tiempos
04. Angel de Luz
05. Fuera De Este Mundo
06. Hijos

Material cedido por:
Hellion Records - www.hellionrecords.com
Rua 24 de Maio, 62 - Lojas 280 / 282 / 308 - Centro.
São Paulo (SP). CEP: 01041-900.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ethernia"


Rockstars: filhos de roqueiros seguindo os passos dos paisRockstars
Filhos de roqueiros seguindo os passos dos pais

Heavy Metal: 5 músicos que não são metaleiros mas amam o estiloHeavy Metal
5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336