Resenha - Sulphor - Toxic Virgin

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ísis Sousa
Enviar correções  |  Ver Acessos


O Toxic Virgin é uma banda alemã, de Krefeld, que começou sua jornada em 1995. É formada pelos músicos Markus Litsch (vocal), Dirk Reiners (guitarra), Carlo Bertini (guitarra), Klaus Peltzer (baixo) e Frank Ecke (bateria). A banda segue a velha tradição do rock'n'roll, mostrando em seu som uma mescla de bastante anos 80 e até mesmo 70, porém, com pitadas do que há de mais moderno no metal. Todos os componentes já passaram a casa dos quarenta e mantém fortes os laços de amizade e amor ao rock/metal. Para eles, não importa que hoje em dia haja uma grande busca por um metal mais "moderninho", eles sempre manterão a tradição "wild & free" viva.

Futebol: conheça os times do coração de alguns rockstarsViking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

Este é o quarto lançamento da banda, sendo que os anteriores foram o Love Rocket (EP) em 99, Toxic Virgin em 2000, Circle of Power de 2001 e agora este, Sulphor, lançado em feveireiro deste ano de 2004. Na Europa e América do Norte, eles vem recebendo muitos elogios da mídia. Participaram também de coletâneas na França, Lituânia e Estados Unidos. Ao vivo, eles mandarm muito bem, a performance é excelente; chegando às finais do German Rock Musicians Awards.

Assim como o seu CD anterior, a banda mistura passagens do tipo rock'n'roll clássico, mas também algo mais power. O rítimo é bem rápido em muitos dos sons. Em algumas músicas temos algumas passagens que lembram algo tipo HammerFall, e em outras AC/DC. Dá para chacoalhar a cabeça durante a maioria das faixas. Uma coisa legal, é que sempre encontramos baladas nos albuns da banda. No anterior, tínhamos umas uas baladas muito boas, aliás, maravilhosas. Neste a balada é a We'll make it Through, que é linda mesmo; típica balada dos anos 80. Mas no geral, as músicas são eletrizantes! O CD finaliza-se com a bem-humorada Girls Don't drink! É um som cômico, que tem ao fundo o som de um bar, o povo bebendo e conversando, e é como se a banda estivesse tocando nesse bar, que é uma espécide de "cenário" onde a música acontece. Depois, todo mundo presente começa a cantar com a banda, é uma puta piração! Um ponto fraco da banda é o vocal, não que o cara não saiba cantar, mas a voz dele não agrada muito, digamos. As faixas do CD são:

Info da banda: www.toxicvirgin.de

01 - Evil days
02 - Born to Run
03 - Mad as Hell
04 - Paradise
05 - The Clown
06 - It Smealls of Leather
07 - Rock Bottom
08 - Whiskey a Go Go
09 - We'll Make it Through
10 - Fallen Angels
11 - Traveller in Time
12 - Girls Don't Drink



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Toxic Virgin"


Futebol: conheça os times do coração de alguns rockstarsFutebol
Conheça os times do coração de alguns rockstars

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Viking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!


Sobre Ísis Sousa

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.