Resenha - (Music From) The Elder - Kiss

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Joe
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Nota 10
35 acessosMarcos de Ros: Gene Simmons, o Capitalista Malvadão5000 acessosMais Alto!: A diferença entre headbangers e humanos comuns

O ano era de 1981 e o Kiss vinha totalmente desacreditado ao estúdio para gravar seu novo álbum. Totalmente execrado pela crítica e por grande parte de seu público com “Unmasked”, a banda queria demonstrar um amadurecimento até então inimaginável. Com Eric Carr, que já havia cumprido a turnê anterior, a postos no lugar de Peter Criss, a banda se cercou do produtor Bob Ezrin (que havia produzido seu melhor disco, “Destroyer”, além de ter trabalhado ao lado de Alice Cooper e Pink Floyd) e de um convidado especial como co-autor em algumas faixas... ninguém menos que Lou Reed!

Nascia assim (Music From) “The Elder”, uma trilha sonora de um suposto filme medieval (que, claro, nunca existiu). De cara, os velhos fãs já se espantaram (inclusive este que vos escreve). A abertura do disco, com “Odyssey” e “Just a Boy” mostrava o Kiss tocando rock... progressivo! Isso mesmo! Não dava pra acreditar... adiantando o disco (onde estariam os velhos hard rocks da banda?), ainda vinha “Only You”, com Gene Simmons e uma linha vocal bem diferente, mas enfim as guitarras apareciam...

Mas que disco estranho... “Under the Rose” e seu refrão medieval (Rhapsody, chupe meu pau!), orquestrações... que diabos estava acontecendo? Já quase vencido pelo cansaço, finalmente aparecem “Dark Light” (cantada por Ace Frehley, com um solo pra lá de inspirado), a pesada “The Oath” (com um puta dum riff!), a sinistra “Mr. Blackwell”, a instrumental “Escape From The Island”, e a faixa de encerramento, totalmente Kiss “I”. Mas o duro era ver Gene Simmons chorando no video promocional de “A World Without Heroes”...

Na época, obviamente, como qualquer fã que se prezasse, odiei! Passado algum tempo, mais velho e entendedor de música, percebi que esse na verdade é o album mais adulto do Kiss, o mais trabalhado e um dos melhores, embora sua sonoridade fuja totalmente do padrão. E não poderia ser diferente, pois, como já vinha acontecendo, alguns músicos não pertencentes à banda participaram da gravação (Ace só gravou guitarra mesmo em “Dark Light” e fez uma ou outra base).

Assim sendo, o disco foi o único da banda a não atingir disco de ouro. E nem a banda fez turnê pra promovê-lo. Mas, mesmo assim, é altamente recomendável, especialmente pra se ver do que uma banda é capaz quando quer fugir do marasmo...

Obra prima incontestável!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de (Music From) The Elder - Kiss

5000 acessos"(Music From) The Elder", o álbum mais injustiçado do Kiss?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

35 acessosMarcos de Ros: Gene Simmons, o Capitalista Malvadão475 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita760 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

KissKiss
Gene Simmons diz que a banda vai continuar mesmo sem ele e Paul

KissKiss
10 fatos loucos que você provavelmente não sabia

Corey TaylorCorey Taylor
Resposta objetiva a "rock está morto" de Gene Simmons

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"

Mais Alto!Mais Alto!
A diferença entre headbangers e humanos comuns

Foo FightersFoo Fighters
Pelo Twitter, banda responde ao vídeo viral

Capas de álbunsCapas de álbuns
As mais obscuras e marcantes da história

5000 acessosBandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil5000 acessosLemmy: sob investigação, em 2008, por exibir insígnia nazista5000 acessosVocalistas: algumas das grandes vozes do rock5000 acessosRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal5000 acessosPolêmica: os 10 músicos mais controversos do rock e metal

Sobre Joe

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online