Resenha - Live In São Paulo, Rebirth World Tour - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Ô João Paulo Andrade, se liga! Você falou que precisávamos resenhar o álbum ao vivo do Angra e coloca isso aqui pra gente ouvir? São eles, talentosos como sempre. Porém, o Edu ta lá no fundo. Quando ele chama a galera pra acompanhar fica num vácuo fenomenal, pois simplesmente ninguém responde. É algum tipo de karaokê? Quem foi o fã que levou esse gravadorzinho maneiro pra Via Funchal?
5000 acessosThe Angra Years: Tour com Falaschi, Priester e Laguna5000 acessosMachine Head: Amps Falsos no Palco - pode isso, Arnaldo?

Sinceramente amigos... o Angra passou da conta. “Live In São Paulo” tinha todos os requisitos para ser um dos grandes álbuns ao vivo da história do metal melódico, e o máximo que conseguiu alcançar é o posto de disco mais desprezível da carreira da maior banda brasileira do estilo.

Quando você tem nas mãos o lançamento de um conjunto formado por Aquiles Priester, Edu Falaschi, Felipe Andreoli e os já velhos de guerra Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt, só pode-se esperar por uma monstruosidade. Conferindo as músicas presentes e percebendo que se está preste a ouvir “Angels Cry”, “Crossing / Nothing To Say”, “Heroes Of Sand”, “Millenium Sun”, “Metal Icarus”, entre outras, aí é que a expectativa aumenta absurdamente.

Infelizmente, por melhores que sejam os músicos e suas composições e execuções, ninguém suporta uma gravação tão abjeta como esta. Cada um deles faz o máximo possível em suas funções e quem já os acompanhou ao vivo sabe o quão fantástico é isso. Aqueles que compareceram à Via Funchal no dia 15 de Dezembro de 2001, facilmente afirmam que assistiram a um espetáculo descomunal. Pobres os outros admiradores que pegaram este engodo de CD duplo.

O Angra está entrosado, com o apoio da mídia, realizado no Brasil e no mundo, certamente com um bom dinheiro no bolso e a agenda cheia, mas lamentavelmente tirou a palavra respeito de seu dicionário. Grandioso como se tornou o conjunto, é uma afronta lançar um álbum tão mal trabalhado e produzido. E você, seja fã de verdade, não se faça de surdo fingindo que esta é mais uma maravilha na discografia da banda. Pode ser um bom bootleg... e olhe lá!

Site Oficial – http://www.angra.net

Formação:
Edu Falaschi (Vocal)
Rafael Bittencourt (Guitarra)
Kiko Loureiro (Guitarra)
Felipe Andreoli (Baixo)
Aquiles Priester (Bateria)

Material cedido por:
PARADOXX Music – http://www.paradoxxmusic.com
Rua Conde de São Joaquim, 57
São Paulo – SP – BRASIL
Fone / Fax: (55) 11 3105-5454

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

The Angra YearsThe Angra Years
Tour com Falaschi, Priester e Laguna

1292 acessosAndre Matos: turnê do álbum Holy Land chega ao Roça 'n' Roll940 acessosKiko Loureiro: entrevista para a Rock Master1295 acessosMarcio Guerra: A performance de Falaschi e Tarja no RIR 20111644 acessosAngra: em vídeo, primeira parte das composições para o novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Ele tem medo da "maldição do terceiro show"

AngraAngra
Fabio Lione mostra seus talentos como tenor

Aquiles PriesterAquiles Priester
Vídeo mostrando um resumo de toda sua carreira

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Machine HeadMachine Head
Amps Falsos no Palco - pode isso, Arnaldo?

Bin LadenBin Laden
Possível sucessor era músico de Death Metal

Zakk WyldeZakk Wylde
"Black Sabbath com o Dio não é Black Sabbath"

5000 acessosFrances Bean Cobain: filha de Kurt posa para ensaio sensual5000 acessosHomem-Aranha: Por que ele não pode ir a shows de Metal?5000 acessosRunaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley5000 acessosDave Mustaine: por que Kurt Cobain se matou?5000 acessosRed Hot: polícia de SP confunde camiseta com "bandeira de facção"?5000 acessosCavalera Conspiracy: Opiniões de Max e Igor sobre a decadência da cena metal

Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online