[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Resenha - Remedy Lane - Pain Of Salvation

Por Rodrigo Simas
Postado em 02 de maio de 2002

Nota: 9

A cada novo CD Daniel Gildenlow parece se superar. "Remedy Lane" é lindo. Climático, bem mais denso que "The Perfect Element", progressivo, com uma personalidade absurda e muita originalidade. "Remedy Lane" traz mais uma vez o PAIN OF SALVATION em seus melhores momentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As melodias e os arranjos criados pela banda dão um clima tão único à sua sonoridade que é difícil definir um estilo, sendo mais fácil dizer que é apenas PAIN OF SALVATION. As letras mantém o nível dos trabalhos anteriores, sendo este conceitual (dividido em três partes), narrando acontecimentos vividos por Daniel.

Destaque também para o baterista, Johan Langell, que tem um desempenho excelente nas 13 faixas que compõem o disco. Após o término das duas primeiras músicas podemos sentir toda a sua genialidade, numa sequência de faixas de dar calafrios: do primeiro capítulo destacam-se "Fandango" (melodias complexas), "A Trace Of Blood" e "This Heart Of Mine" (com uma interpretação vocal primorosa), passando para "Undertow" (que inicia a segunda fase), a pesada "Rope Ends" e a maravilhosa "Chain Sling" (talvez a melhor do CD). Ufa. O terceiro capítulo consegue ainda manter o ouvinte atento até a última música: "Beyond The Pale".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Excelente. Um dos melhores CDs de heavy metal do ano. Facilmente.


Outras resenhas de Remedy Lane - Pain Of Salvation

Resenha - Remedy Lane - Pain Of Salvation

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...
Mais matérias de Rodrigo Simas.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS