Resenha - Slaves Of The New World - Steelhouse Lane

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


O segundo álbum da banda de Mike Slamer (ex-Streets, ex-City Boy) é uma grande surpresa para todos os fans do bom hard rock da década de 80.

Guitarristas: os maiores do Hard & Heavy segundo a revista BurnnFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Slaves Of The New World, assim como seu antecessor, Metallic Blue, traz um apanhado de novas músicas juntas a outras nem tanto, que na verdade foram compostas para outras bandas, como por exemplo "Son Of A Loaded Gun", que originalmente se destinava a banda Eyes e "Find What We're Looking For", feita em parceria com David Sikes para o Boston. Isso sem falar nas duas parcerias de Mike Slamer com Steve Walsh (Kansas)na banda Streets ("If Love Should Go" e "The Nightmare Begins"), aqui re-trabalhadas.

A primeira faixa já é surpreendente: um trabalho de guitarras espetacular (isso que é riff!) associados com a ótima performance vocal de Keith Slack faz de "Give It All To Me" não só uma abertura de álbum magistral, mas uma amostra do que vem por aí. O que vem depois... é uma coletânea de esculachos tanto da parte do "velhinho" Slamer quanto de Slack, que mostra uma versatilidade vocal invejável e não apela para agudos insuportáveis, como 90% dos vocalistas considerados "bons" nos dias de hoje.

O disco segue sem perder ritmo com; as belas baladas, como "Turn Around" e "All I Believe In", hard rocks oitentões como "In Too Deep" e "Seven Seas", um peso tribal em "Slaves Of The New World" (que lembra bastante a sonoridade geral do álbum Sex&Religion do Vai), o ótimo heavy blues de "All Or Nothin'", entre outras faixas.

Mesmo contendo músicas compostas em outras épocas (da pra perceber diferenças no direcionamento musical sim), o resultado final do álbum é ótimo. É um excelente crossover do hard rock oitentista sem maquiagem :o)) com o que pode vir a ser esse estilo agora no século 21.

Formação:
Keith Slack - Vocal
Mike Slamer - Guitarra
Chris Lane - Guitarra
Barron DeWayne - Bateria
Alan Hearn - Baixo

Material cedido por: Hellion Records




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Steel Houselane"


Guitarristas: os maiores do Hard & Heavy segundo a revista BurnnGuitarristas
Os maiores do Hard & Heavy segundo a revista Burnn

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

James Hetfield: Você não iria gostar de mim se soubesse minha históriaJames Hetfield
"Você não iria gostar de mim se soubesse minha história"

Fotos de Infância: Steven Tyler, do AerosmithFotos de Infância
Steven Tyler, do Aerosmith

Doors: Perguntas e respostas e curiosidades diversasDoors
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Slash: irmão diz que Axl é um bastardo gordo e reunião é besteiraSlash
Irmão diz que Axl é um bastardo gordo e reunião é besteira

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Pedro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336