Resenha - Overload - Harem Scarem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6


Harem Scarem é um conjunto canadense de hard rock que já possui um bom tempo de estrada, colocando seus discos no mercado desde 1991. "Overload" é o décimo álbum de uma discografia que conseguiu cair nas graças de muitos fãs e mídia especializada, em especial a do Japão, que é um público consumidor já conhecido pela maneira como aprecia este gênero musical.

Influências: Folk Metal e Música CeltaRaimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda

Em sua formação estão Harry Hess (voz, guitarra e teclado), Pete Lesperance (guitarra e teclado), Barry Donaghy (baixo) e Creighton Doane (bateria). Harry e Pete são as cabeças responsáveis pelas composições e produção deste registro, porém, em linhas gerais, as músicas de "Overload" infelizmente não fluem de maneira interessante, não conseguindo prender a atenção do ouvinte por muito tempo.

Pode-se dizer que as faixas deste álbum estão mal resolvidas, parte delas tendo como sonoridade aquele hard rock água-com-açúcar que estourou há mais de vinte anos no mundo todo. Porém, mesmo com o nítido esforço de seus músicos, estas canções não conseguem empolgar. A outra parte é uma tentativa não alcançada de atualizar de maneira interessante algumas músicas, fugindo do hard rock que um dia foi o forte do Harem Scarem. Esta sonoridade mais moderna, além de não convencer, acabou por descaracterizar um estilo pelo qual a banda se consagrou.

È inegável que a voz de Harry consegue ser marcante e é a grande força do Harem Scarem, possuindo bom alcance e apresentando algum grau de aspereza quando necessário. "Overload" também traz bons momentos nas guitarras e ótimos refrãos, porém fica somente nisto; é apenas mais um destes discos com músicos competentes que estão em dúvidas quanto ao direcionamento musical a seguir. Atiraram boas doses de melodias para vários lados e praticamente não acertaram alvo algum, a não ser em algumas bonitas baladas, tão bem vistas dentro do hard rock...

HAREM SCAREM - Overload
(2005 - Frontiers Records / Big Rock Records)

01. Dagger
02. Afterglow
03. Rise And Fall
04. Don't Come Easy
05. Can't Live With You
06. Forgive & Forget
07. All You're Getting
08. Leading Me On
09. Understand You
10. Same Mistakes

Homepage: www.haremscarem.net




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Harem Scarem"


AOR: dez álbuns essenciais dos anos noventaAOR
Dez álbuns essenciais dos anos noventa


Influências: Folk Metal e Música CeltaInfluências
Folk Metal e Música Celta

Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaRaimundos
O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda

Evanescence: estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filhoEvanescence
Estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filho

Legião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neuróticaLegião Urbana
Eduardo e Mônica, uma análise psico-neurótica

Slayer: Kerry King fala sobre sua relação com religiõesSlayer
Kerry King fala sobre sua relação com religiões

Kurt Cobain: ele era ambicioso apesar da imagem de antiastroKurt Cobain
Ele era ambicioso apesar da imagem de antiastro

Eddie Vedder: Coloquei a minha mão na bota dela e ela chutou o ar na horaEddie Vedder
"Coloquei a minha mão na bota dela e ela chutou o ar na hora"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336