Resenha - Not 4 Sale - Sammy Hagar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


E tome Sammy! O cara não para de produzir desde que deixou (ou foi deixado) o Van Halen. Além de fundar um bar no México (o famoso Cabo Wabo) e lançar uma marca de tequila, o mesmo lança cd's com uma facilidade extrema. E todos fiéis ao hard-rock que o consagrou antes de entrar no Van Halen. Escorado por uma competente banda, Sammy nos brinda com seu mais novo lançamento, já deixando bem claro: "Não estou à venda!!!!".

Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaMilho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O estilo em pouco difere de seu antecessor, "Tem 13": um hard rock pesado, com influências claras do Van Halen e do Montrose (bandas anteriores de Sammy). As primeiras faixas, "Stand Up" e "Halleluah" podem assustar pelo peso e pela levada mais cadenciada, mas mantém o nível de qualidade "Cabo Wabo", sendo recomendáveis. Após uma breve homenagem a Elvis, numa bela balada, "Halfway to Memphis", Sammy nos brinda com uma bela balada pesada: "Things've Changed" e com um medley de Led Zeppelin, inusitadamente intitulado "Whole Lotta Zep", que mistura trechos de "Whole Lotta Love", "Black Dog" e "Kashmir". Ficou legal, mas um tanto quanto desnecessário.

Os destaques ficam para os rockões já característicos de Sammy: a pop "Make It Alright" (que bela música, muito cativante) e as excelentes "Not 4 Sale" (pesada, a melhor do cd) e "The Big Square Inch", mais rápida e que lembra a fase mais antiga da carreira solo de Sammy. O cara, que afirmou ser este um dos cd's mais divertidos de se gravar e compor, mostra que ainda manja do riscado com maestria.

Apesar de inovar pouco, Sammy sabe muito bem como fazer um rock de qualidade e que cativa o público com shows carismáticos e energéticos. Acho que este cara não volta para o Van Halen, e você????

Line Up:
Sammy Hagar - Vocais,Guitarra
Jesse Harms - Teclados
Vic Johnson - Ghuitarra
David Lauser - Bateria
Mona - Baixo

Gravadora: 33 Street Records (Cabo Wabo Music)

Site oficial: www.redrocker.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sammy Hagar"


Michael Anthony: como é trabalhar com Hagar e Satriani?Michael Anthony
Como é trabalhar com Hagar e Satriani?

Sammy Hagar: Eu gosto de David Lee Roth, mas ele não gosta de mimSammy Hagar
"Eu gosto de David Lee Roth, mas ele não gosta de mim"


Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336