Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemSteve Vai relembra um show "horrível" que ele fez com Frank Zappa

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemNey Matogrosso relembra como foi abrir o Rock in Rio de 1985

imagemEric Clapton comenta a lenda do pacto com o diabo feito por Robert Johnson


Exímios baladeiros: Kiss

Por Ivison Poleto dos Santos
Em 12/05/18

Se fosse somente pela vontade de Mr. Simmons, este artigo nunca seria escrito. Sua visão inicial para o Kiss era ser tudo o que John Denver não era, ou seja, ele tinha a saudável pretensão de que o Kiss fosse a banda mais pesada, mais suja e que não agradasse os pais. Para os anos 1970, eles até que iam bem. No primeiro álbum, há "Black Diamond", mas ela não é uma balada, apenas tem um inicio mais lento para que o circo pegue fogo logo depois.

A primeira balada é "Goin' Blind" que vem em "Hotter Than Hell" de 1974 e é cantada por Gene Simmons. Pode ser considerada como um tema mais lento. Um fato interessante sobre a música é que um ano depois, em 1975, o Rush, que excursionou com o Kiss, escreveu uma espécie de paródia para a música chamada "I Think I'm Going Bald".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas é em "Destroyer" de 1976, para muitos o melhor álbum do Kiss, que a verve baladeira pega. De início, Mr. Simmons não concordava de jeito nenhum em gravar "Beth". Dizia que iria arranhar a imagem da banda por não ser uma música típica do grupo, porém foi convencido por Peter Criss e Bill Aucoin, gerente da banda na época. A música foi deliberadamente colocada no lado B para que as rádios tocassem mais "Detroit Rock City". Depois do sucesso, Mr. Simmons mudou radicalmente sua$ opinõe$. Há mais uma balada chamada "Great Expectations" que é cantado por Gene Simmons.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em "Rock and Roll Over" há a gostosa "Hard Lucky Woman" cantada por Peter Criss, que após o $uce$$o de "Beth" ganhou as bençõe$ de Mr. Simmons.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em "Love Gun" de 1977, temos a estreia de Paul Stanley como baladeiro oficial em "Then She Kissed Me" um cover do The Crystals".

Em 1981, o Kiss lança "Music from the 'The Elder'", o primeiro álbum conceitual da banda. Dele retiramos "World Without Heroes" com sua bela e comovente letra.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em "Creatures of the Night", Paul assume de vez os vocais das baladas e vem a interessante "I Still Love You".

Em "Crazy Nights", o Kiss entra definitivamente no ramo das 'power ballads' com "Reason to Live".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Hot in the Shade" é o próximo e "Forever" estoura.

"Revenge" traz "Every Time I Look at You", mais uma eficiente 'power ballad'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com o retorno da formação original em "Psycho Circus", o baladeiro-mór, Peter Criss reassume o posto de cantor das baladas do Kiss com "I Finally Found My Way", porém Gene Simmons também grava a dele com "We Are One".


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bom, a partir daí o Kiss gravou mais dois álbuns: "Sonic Boom" e "Monster", que eu confesso não ter ouvido inteiros, mas está de bom número para uma banda que não queria fazer baladas, não é?


Exímios baladeiros

imagemExímios baladeiros: Scorpions

Todas as matérias sobre "Exímios baladeiros"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos.