Angus Young: ele não conseguia ficar quieto enquanto tocava

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Contrera
Enviar correções  |  Ver Acessos

De quem você imagina que isto se trata?

"As gracinhas (...) no palco eram encorajadas por George. Uma noite, quando ainda tocava no Tantrum, ele tropeçou na própria guitarra e caiu. Em vez de se levantar, aproveitou o efeito e começou a rodar deitado no palco, soltando urros de dor com sua guitarra. Foi o único aplauso que receberam naquela noite. Quando George ficou sabendo disso, sugeriu que ele incorporasse a performance como parte de seu número.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sua incapacidade de ficar parado está relacionada à forma como ele sente a música. Ele simplesmente não aguenta permanecer estático no lugar quando está tocando. Ele diz que é um péssimo guitarrista quando não pode andar enquanto toca. Uma vez declarou: 'O público australiano bebe muito... Então eu costumava pular nas mesas, fazia qualquer coisa para que parassem de beber por 10 segundos. Eles começavam a atirar latinhas de cerveja e eu pensava 'continuem!', e foi assim que tudo começou'".
Claro que é ele, Angus Young, o tampinha que arrasava e que criou diversas marcas de sua banda, o AC/DC, com base em características eminentemente pessoais.

Por isso, antes de meter o pau em alguém que faz algo aparentemente errado (mesmo você), pense novamente. Talvez ali esteja a genialidade.
Retirado de "AC/DC - Let There Be Rock", de Susan Masino, páginas 20 e 21.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "AC/DC"Todas as matérias sobre "Angus Young"


AC/DC: foram os ciúmes, diz Evans sobre sua saídaAC/DC
"foram os ciúmes", diz Evans sobre sua saída

Seguro Desemprego: 15 músicos que foram demitidos de bandas famosasSeguro Desemprego
15 músicos que foram demitidos de bandas famosas


Nightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da bandaNightwish
Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda

Rolling Stone: revista elege melhores faixas de álbuns ruinsRolling Stone
Revista elege melhores faixas de álbuns ruins


Sobre Rodrigo Contrera

Rodrigo Contrera, 48 anos, separado, é jornalista, estudioso de política, Filosofia, rock e religião, sendo formado em Jornalismo, Filosofia e com pós (sem defesa de tese) em Ciência Política. Nasceu no Chile, viu o golpe de 1973, começou a gostar realmente de rock e de heavy metal com o Iron Maiden, e hoje tem um gosto bastante eclético e mutante. Gosta mais de ouvir do que de falar, mas escreve muito - para se comunicar. A maioria dos seus textos no Whiplash são convites disfarçados para ler as histórias de outros fãs, assim como para ter acesso a viagens internas nesse universo chamado rock. Gosta muito ainda do Iron Maiden, mas suas preferências são o rock instrumental, o Motörhead, e coisas velhas-novas. Tem autorização do filho do Lemmy para "tocar" uma peça com base em sua autobiografia, e está aos poucos levando o projeto adiante.

Mais matérias de Rodrigo Contrera no Whiplash.Net.

Goo336x280