Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemShow do Dream Theater em São Paulo não será mais realizado no Pavilhão Pacaembu

imagem4 hits do Deep Purple cujos riffs Ritchie Blackmore já confessou ter copiado

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez

imagemPor que o processo de composição da Legião Urbana e Engenheiros era tão diferente?

imagemRob Trujillo presta tributo ao Rage Against The Machine após shows em Nova Iorque

imagemConheça o guitarrista brasileiro de 16 anos que estará no próximo clipe do Megadeth


2022/08/18
Stamp

Psychobilly: Como explicar o que é para uma pessoa "comum"

Por Diego Baldraco
Fonte: Psychobilly Brasil
Em 05/04/16

Por: Rocker GT.

Aí eu entro em um emprego novo e acabo comentando com alguém que eu toco Psychobilly. Então vem a terrível pergunta: "mas o que que é isso?"

Psychobilly: Por Onde Começar?

Psychobilly: Os subgêneros

Psychobilly: O Power Psychobilly, ou "Powerpsycho"

Como explicar um gênero de uma subcultura com tantas referencias e diversidades? Qualquer tentativa de explicação mais aprofundada direcionada a alguém que não faz parte "do nosso mundo" pode começar em uma gaguejeira e terminar em uma catástrofe verbal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para simplificar, nós convencionamos a dizer que o Psychobilly é a junção do Rockabilly com o Punk. Todo mundo explica dessa forma. Mas aí você se lembra que tem bandas que não tem nada de Punk, outras que não tem nada de Rockabilly, outras que tem na essência do seu som o Country, ou o Metal, ou a Surf Music, etc, etc. Tem bandas que usam até Ska!!!!

Se você tentar entrar nos estereótipos dos temas que a pessoa vai encontrar nas musicas você vai levar horas e se a pergunta foi feita no elevador você fracassou, porque o mundo de referencias que se pode encontrar é bem vasto: Revistas em quadrinhos (menos as de super heróis), Pin-Ups (nossas vovós quando eram gatinhas), Carrões de antigamente (alguns hoje são usados nas funerárias), Filmes de terror e ficção científica (os filmes trash), Monstros da cultura Pop (zumbi, vampiro, lobisomem, bruxa, etc), toneladas de fetiche (softporn), violência e... sangue!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aliás, esses assuntos de mortos, cemitério, sangue, e filmes de terror são temas bem recorrentes nas nossas musicas, as vezes eu imagino se não somos alguma categoria de gótico (como se existisse um gótico sem depressão. O gótico feliz rsrs).

O que nos atrapalha nessa explicação é que com o tempo o Psychobilly deixou de ser apenas uma soma de influencias para se tornar um estilo independente. Assim como acontece com todos os estilos musicais, existem muitas variações dentro do mesmo gênero, assim como aconteceu com o metal, o punk rock... bom, na verdade qualquer estilo de música além do rock. Vejamos por exemplo a relação do samba com o pagode, do tecno com o dubstep, rap com o hip hop, do sertanejo com sua variação "universitária", por aí vai.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E enquanto você ficou todo esse tempo pensando em como explicar, a outra pessoa já mudou de assunto faz tempo. Aí, você se toca que tem coisas que não tem como explicar. Psychobilly antes de ser uma forma de arte, antes de ser uma manifestação musical é um estilo de vida.

Eu já tentei explicar assim:
"Dizem que o Elvis foi enterrado mas não morreu, sabe porque? porque virou zumbi Um zumbi raivoso e cheio de distorção"
- pelo menos eu tentei né


Psychobilly - Tudo sobre o gênero

Psychobilly: Por Onde Começar?

Psychobilly: Os subgêneros

Psychobilly: O Power Psychobilly, ou "Powerpsycho"

Todas as matérias sobre "Psychobilly - Tudo sobre o gênero"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Diego Baldraco

Carioca, pai, esposo, trabalhador, aprendiz de músico e entusiasta na internet. Baterista da banda Skullbillies a qual tem uma relação de amor e ódio.

Mais matérias de Diego Baldraco.