Scorpions

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Enviar correções  |  Comentários  | 

Por Felipe Stratton

Não há como negar a importância dos Scorpions, banda que revolucionou o Hard Rock. A banda foi formada na Alemanha em 1966, pelos irmãos Michael e Rudolf Schenker, ambos excelentes guitarristas. Junto a eles estavam Klaus Meine (Vocal), Lothar Heinberg (Baixo) e Wolfgang Dziony (bateria), em 1972, lançaram o album Lonesome Crow, e explodiram na cena Heavy Rock de varias países.

1491 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's5000 acessosNo alto do castelo há uma linda princesa...

Após o primeiro álbum Heinberg, Dziony e Michael Schenker saíram da banda (este último formaria o UFO). Entraram na banda Francis Buchholz (baixo) e Jurgen Rosenthal (bateria) e o excelente Ulrich Roth (guitarra). Com esta formação gravaram o album Fly To The Rainbow, com destaques para Speddy’s Coming e para a faixa-titulo. Com Rudy Lenners nas baquetas gravaram o album In Trance, com as clássicas In Trance e Robot Man.

Em 1977 gravaram Virgin Killer, com destaque para Pictured Life, Backstage Queen, e Hell Cat, cantada por Uli Roth. O Scorpions já era nessa época uma banda bastante conhecida na Europa, o que rendeu uma longa e exaustiva tour.

O album seguinte, Taken By Force, que conta com Sails Of Charon e o hino Steam Rock Fever, traz Herman Rarebell assumindo o lugar de Lenners. Um album ao vivo foi lançado durante a tour e levou o nome de Tokyo Tapes, excelente album, por sinal.

Uli Roth que já não estava feliz no Scorpions, saiu da banda e formou o Eletric Sun. Mathias Jabs foi recrutado para o seu lugar e a sua a estreia foi no album Lovedrive, que conta também com a participação de Michael Schenker em três musicas. Grandes destaques para as musicas Loving You Sunday Morning, Holiday e a faixa-titulo. Essa formação foi a que a mais durou no Scorpions.

Gravam Animal Magnetism, destaques para Make It Real e a excelente The Zoo. O album que se seguiu foi Blackout, que entrou direto no Top 10 da Billboard, logo seguido por talvez o melhor do Scorpions, Love At First Sting. Os hits desse album foram Rock You Like A Hurricane, Big City Nights e a excelente balada Still Loving You. Segue-se um album ao vivo chamado World Wide Live, que consegue o numero 14 em paradas de sucesso americanas.

A banda fica quatro anos sem gravar, voltando com o mediano Savage Amusement, com destaque para a balada Believe In Love, e no ano seguinte solta a coletânea chamada Best Of Rockers ‘N’ Ballads, com destaque para o cover I Can’t Explain do The Who.

Em 1990 é gravado o album Crazy World, com as belas Tease Me Please Me, Hit Between The Eyes, e o super-ultra-hiper-mega sucesso Wind Of Change. Segue-se o album Face The Heat, com destaque para Alien Nation, Woman e Under The Same Sun. Após este album Buchholz sai da banda, dando lugar para Ralph Rieckermann. Com essa formação (Meine, Schenker, Jabs, Rieckermann e Rabebell), é gravado, em 1996, o bom album Pure Instinct. No mesmo ano Rarebell sai da banda, e James Kottak, assume o banquinho. A estreia de Kottak na banda é aqui no brasil, no festival Skol Rock.



Após a saida de Rarebell e a entrada de Kottak, os scorpions nao gravaram qualquer album durante 4 anos, o que baixou consideravelmente a sua reputação. Em 2000, os scorpions juntaram-se com a orquestra filarmonica de berlim para um ambicioso projecto chamado Moment Of Glory, o que os relançaria para os grandes palcos mundiais. O CD/DVD contava com a grande Here In My Heart, e as já famosas baladas como Still Loving You e Winf Of Change totalmente remodeladas, em versões poderosas, graças ao poder sonoro da banda filarmónica. O tremendo sucesso, levou a banda a querer mais.

No ano seguinte, em Lisboa, gravaram um CD acústico ao vivo. Mais uma vez havia as faixas Wind Of Change e Still Loving You, novamente em versão diferente, agora mais calmas. "Acoustica" foi disco de prata em muitos países da Europa e da América do Sul.

Em 2004, Ralph Rieckermann sai da banda dando lugar a Pawel Macioda no baixo. Pouco tempo depois lançaram "Unbreakable", um grande sucesso nas vendas. Na tour do álbum passariam novamente pelo Brasil no festival Live N'Louder.

Colaborou: Duarte Menezes (LuCa_ToNi@msn.com)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

1491 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1795 acessosScorpions: como surgiu a ideia de fazer turnê com o Megadeth1529 acessosAccept: "Nós deixamos as baladas para o Scorpions" diz Wolf0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Scorpions"

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1984

ScorpionsScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Scorpions"

No alto do casteloNo alto do castelo
As diferenças entre os diferentes estilos de rock e metal

Rob HalfordRob Halford
Resposta educada a comentários de Dickinson

CinemaCinema
O melhor e o pior dos rockstars em filmes

5000 acessosJudas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal5000 acessosVeja SP: show do Iron Maiden eleito como "pior de 2009"5000 acessosRegis Tadeu: "Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"3881 acessosNirvana: goleiro Peter Cech, do Arsenal, em cover de "In Bloom"4876 acessosSofrência: E se as bandas de rock dos anos 80 resolvessem tocar Pablo?5000 acessosAtaque em Paris: Veja vídeos da fuga no início do massacre

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online