Motörhead homenageia guitarrista do Girlschool

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/08/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O MOTÖRHEAD divulgou a seguinte mensagem:

“É com extrema tristeza que informamos a vocês que Kelly Johnson, guitarrista solo original do GIRLSCHOOL, faleceu na noite de domingo, 15 de julho. Ela sofria de câncer na coluna vertebral havia seis anos”.

Motörhead: pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de LemmyBeatles: homenagens e paródias à capa de "Abbey Road"

“Depois de se juntar ao GIRLSCHOOL em 1978, Kelly fez parte do line-up clássico, juntamente com Kim McAuliffe (guitarra base, vocais), Enid Williams (baixo, vocais) e Denise Dufort (bateria). A banda foi uma das mais importantes do movimento conhecido como New Wave of British Heavy Metal (NWOBHM), iniciando com o lançamento de seu álbum de estréia, 'Demolition' (1980) e continuando com 'Hit 'n' Run' (1981) e 'Screaming Blue Murder' (1982). A participação de Kelly também foi importante quando o GIRLSCHOOL colaborou com o MOTÖRHEAD sob o nome de HEADGIRL para o EP 'St. Valentine's Day Massacre'. As duas bandas participaram da faixa 'Please Don't Touch' e fizeram covers umas das outras: GIRLSCHOOL escolheu 'Bomber' e o MOTÖRHEAD escolheu 'Emergency'”.

“Kelly deixou o GIRLSCHOOL pela primeira vez em 1984 depois de gravar o quarto álbum da banda, 'Play Dirty', para viver em Los Angeles nos dez anos seguintes. Ela retornou à banda em 1993 e voltou a morar no Reino Unido. Em 2000, ela decidiu largar a música de uma vez por todas depois de gravar seu último álbum com o GIRLSCHOOL, 'Not That Innocent: 21st Anniversary' (2001), embora tenha sempre mantido uma forte amizade com a banda”.

“Todos nós sentiremos muita saudade de Kelly Johnson (RIP). Nossas sinceras condolências à sua família e a seus amigos”.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Motörhead
Pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de Lemmy

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Motorhead
Mikkey Dee conta sua pior experiência alcooólica

Motorhead
Lemmy comenta as suas tatuagens e as tatuagens dos fãs

Dio
De onde ele tirou os tais "chifres" do Heavy Metal?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Girlschool"Todas as matérias sobre "Motorhead"

Beatles
Homenagens e paródias à capa de "Abbey Road"

Bandas Iniciantes
12 cagadas que vocês NÃO podem cometer

Avenged Sevenfold
As mulheres da vida dos integrantes da banda

Vocalistas: 10 deles que soam como grandes lendas do MetalBlack Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardDire Straits: um impressionante cover no centro de São PauloO Metaleiro: Baile da Favela - Paródia MetalMetallica: Lars Ulrich pede bênção ao papa em encontro casualJimmy Page: irritadíssimo quando questionado sobre uso de heroína

Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online