Tradução - Signs of Life - Poets of the Fall

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Pagliaro Thomaz, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

LIFT

Times when I just can't
Bring myself to say it loud
'Fraid that what I'll say comes out somehow awry
That is when it seems
We move in circles day to day
Twist the drama of the play to get us by

And it feels like fear
Like I'll disappear
Gets so hard to steer
Yet I go on
Do we need debate
When it seems too late
Like I bleed but wait
Like nothing's wrong

You lift my spirit,
take me higher, make me fly,
Touch the moon up in the sky, when you are mine
You lift me higher, take my spirit, make it fly,
Where all new wonders will appear

Take me higher, make me fly,
Moon up in the sky
Take my spirit, make it fly,
New wonders will appear

Like the other day
I thought you won't be coming back
I came to realize my lackluster dreams
And among the schemes
And all the tricks we try to play
Only dreams will hold their sway and defy

And it feels like fear...

You lift my spirit...

You lift my spirit...

Take me higher (Take me higher)
Make me fly (Make me fly)
Moon up in the sky (Make me fly)
(Take me higher)
Take my spirit, make it fly,
New wonders will appear

LEVANTAR

Há horas em que eu não posso
Levar-me a dizer algo em voz alta
Com medo de que o que eu disser saia de forma errada
É aí que parece que
Andamos em círculos dia após dia
Alteramos o drama da peça para sobrevivermos

E parece como medo
Como se eu fosse desaparecer
Fica tão difícil de controlar
Mas eu sigo em frente
Temos que discutir
Quando parece muito tarde
Como se eu sangrasse mas espere
Como se nada estivesse errado

Você levanta meu espírito,
me leva mais alto, me faz voar,
Toco a lua lá no céu, quando você é minha
Você me ergue mais alto, toma meu espírito, o faz voar,
Para onde novas maravilhas surgirão

Me leve mais alto, me faça voar,
Para a lua lá no céu
Tome meu espírito, faça-o voar,
Maravilhas novas aparecerão

Como no outro dia
Eu pensei que você não voltaria
E percebi meus sonhos desbotados
E no meio de esquemas
E todos os truques que tentamos fazer
Somente sonhos irão nos influenciar e nos desafiar

E parece como medo...

Você levanta meu espírito...

Você levanta meu espírito...

Me leve mais alto (Me leve mais alto)
Me faça voar (Me faça voar)
Para a lua lá no céu (Me faça voar)
(Me leve mais alto)
Tome meu espírito, faça-o voar,
Maravilhas novas aparecerão

OVERBOARD

I see you crying and it rains,
washing away the bad days,
washing away the pain loss brings, yeah.

And then you smile though it aches,
cos you don't believe in mistakes,
just that we made a mess of things.

When the deal that you made with love
is just a one way street, a one way street,
and you feel you'll go overboard,
cos you're incomplete, incomplete.

You're not afraid to rely on any way
you can try to learn to make some sense
of things, yeah.

And the way you say we'll get by,
with a little laugh we can fly,
you know the measure of hope that brings.

When the deal...

I hear you laughing like a child,
instead of choking all riled,
instead of staring at shortcomings, yeah.

Just like the rain when you cried
washed all the stains of false pride,
you'll learn to make the best of things.

Have a little more of not enough
More of what is less but isn't love
Little of the same you're dreaming of
That's enough, that's enough.

When the deal...

When the deal that you made with love
is just a one way street, a one way street,
and you feel you'll go overboard,
cos you're incomplete.

When the deal...

When the deal...

ALÉM DO LIMITE

Eu te vejo chorando e chove,
lavando os dias ruins,
lavando a dor que a perda traz, sim...

Então você sorri apesar de doer,
porque você não acredita em enganos,
só que fizemos uma grande confusão...

Quando o caminho que você tomou no amor
é uma rua de mão única, uma rua de mão única,
e você sente que vai além do limite,
porque você está incompleto, incompleto.

Você não tem medo de recorrer a qualquer forma
de tentar fazer as coisas
terem sentido, sim.

E a forma que diz que iremos superar,
com um pouco de riso podemos voar,
você sabe o tanto de esperança que traz.

Quando o caminho...

Eu te ouço rir como uma criança,
ao invés de engasgar com a irritação,
ao invés de ficar encarando as faltas, sim.

Assim como a chuva, quando você chorou
lavou todas as manchas de orgulho falso,
você vai aprender a tirar o melhor das coisas.

Queira um pouco mais das coisas
Mais do que é menos mas não é amor
Você sonha com um pouco do que é igual
Isso é o bastante, isso é o bastante.

Quando o caminho...

Quando o caminho que você tomou no amor
é uma rua de mão única, uma rua de mão única
e você sente que vai além do limite,
porque você está incompleto.

Quando o caminho...

Quando o caminho...

LATE GOODBYE

In our headlights, staring,
bleak, beer cans, deer's eyes
on the asphalt underneath,
our crushed plans and my lies
lonely street signs, powerlines,
they keep on flashing, flashing by

and we keep driving into the night
it's a late goodbye, such a late goodbye
and we keep driving into the night
it's a late goodbye

your breath hot upon my cheek,
and we crossed, that line
you made me strong when I was feeling weak,
and we crossed, that one time
screaming stop signs, staring wild eyes,
keep on flashing, flashing by

and we keep driving...

the devil grins from ear to ear
when he sees the hand he's dealt us
points at your flaming hair,
and then we're playing hide and seek
I can't breathe easy here,
less our trail's gone cold behind us
till' in the john mirror
you stare at yourself grown old and weak

and we keep driving into the night
it's a late goodbye, such a late goodbye...

Based on a poem by Sam Lake

ADEUS TARDIO

Em nossos faróis, encarando, desolados,
latas de cerveja, olhos de cervo
Debaixo do asfalto,
nossos planos destruídos e minhas mentiras
Sinaleiros solitários,
faixas de rua, continuam piscando, e piscando

E continuamos dirigindo noite adentro
É um adeus tardio, um adeus tão tardio
E continuamos dirigindo noite adentro
É um adeus tardio

Sua respiração quente em minha bochecha,
e nós cruzamos, aquela linha
Você me fez forte quando eu me sentia fraco,
e nós cruzamos, aquele momento único
Grandes sinais de pare, olhos selvagens atentos,
ainda piscam, e piscam

E continuamos dirigindo...

O diabo sorri de orelha a orelha
quando vê a mão que nos envolveu
Aponta seu cabelo flamejante,
e então estamos jogando pique-esconde
Não posso respirar bem aqui,
a menos que nossos rastros esfriem
Até você se encarar no espelho do banheiro
ficando velho e fraco

E continuamos dirigindo noite adentro
É um adeus tardio, um adeus tão tardio...

* Baseado em um poema de Sam Lake, criador de Max Payne 2 - The Fall of Max Payne

DON'T MESS WITH ME

Sometimes I know there's nothing to say.
So do I pick up my puzzle and just walk away?
Do I follow my conscience?
Am I mock sincere?
I don't know what I'm doing here.

I have a knack for perceiving things.
I can see how it sounds.
I can feel how it sings.
When you paint me an image of who you are,
I know it's the best by far.

So,
Don't, don't, don't mess my hair,
if all you do is fake it.
Don't, don't, don't say you care,
cos I could never shake it.
Don't, don't, don't mess with me.
Don't, don't, don't mess with me.

No point of view is enough to quell,
the rigors of passion in this world I dwell.
If I'm going to scale the highest wall,
I'm gonna give it my all.

Riding along with this train of thought,
I see everything, I find all I sought.
And I try to kick the habit of trying to reach.
But there's something I do beseech.

So please,
Don't, don't, don't mess my hair...

I'll say it's not surprising.
You're sweet talking,
mesmerizing, juicy and appetizing.
True.
But will I need to get over you?

Feels like my sun is rising.
Tick, tick, tick, synchronizing,
readjusting, organizing me.
Is this fiction reality?

Bless the uncompromising
with no shame for advertising
when my needs go through downsizing
I need someone to pick up my beat.

My dreams need realizing.
Candles on sugar icing.
Judgment and harmonizing,
or it'll end up like before.

Don't, don't, don't mess my hair...

NAO MEXA COMIGO

As vezes sei que não há nada a dizer.
Então pego meu quebra-cabeça e só vou embora?
Sigo minha consciência?
Sou falsamente sincero?
Não sei o que faço aqui.

Eu tenho talento para perceber as coisas.
Posso ver como elas soam.
Posso sentir como cantam.
Quando você me pinta uma imagem de quem você é,
Sei que é a melhor possível.

Então,
Não, não, não bagunce meu cabelo,
se tudo que faz é fingir.
Não, não, não diga que se importa,
porque eu não acredito.
Não, não, não mexa comigo.
Não, não, não mexa comigo.

Nenhum ponto de vista basta para reprimir,
Os rigores da paixão neste mundo que vivo.
Se eu for escalar a parede mais alta,
Vou dar tudo de mim.

Acompanhando este trem do pensamento,
Eu vejo tudo, eu acho tudo que procuro.
E eu tento perder o vício de tentar alcançar.
Mas há algo pela qual imploro.

Então por favor,
Não, não, não bagunce meu cabelo...

Eu direi que não é surpreendente.
Sua fala mansa, hipnótica,
suculenta e apetitosa.
Verdade.
Mas será que preciso te esquecer?

Sinto meu sol nascendo.
Tick, tick, tick,
sincronizando, reajustando, me organizando.
Esta ficção é realidade?

Felizes os descomprometidos
Sem vergonha para se promoverem
Quando as minhas necessidades diminuem
Eu preciso de alguém para seguir meu ritmo.

Meus sonhos precisam se realizar.
Velas em glacê açucarado.
Julgamento e harmonização,
Ou vai terminar como antes.

Não, não, não bagunce meu cabelo...

3 AM

More than you know it I'm aware
Of this connection that we share
I know it seems like sometimes I don't care
But you are the colors that I wear

It's been a few hours, nearly dawn
You've been real quiet all along
Now, I cannot help but think there's something wrong
Hey baby, what's going on?

3 AM we seemed alright,
(Couldn't be better
couldn't be better)
On our way into the light
Now 3 AM is gone,
along with when there's nothing wrong
3 AM it seemed alright

If I have been thoughtless, let me know
I can take a hint you know,
though I'm a little slow

Don't keep it in you, lest it take root and grow
The bottom line here's I love you so
3 AM we seemed alright...

3 AM we seemed alright
(Like never better
like never better)
On our way into the light
Now 3 AM is gone,
along with when there's nothing wrong
3 AM it seemed alright

3 AM we seemed alright
(Couldn't be better...)

O oo

3 AM we seemed alright
(Like never better...)

3 DA MANHA

Mais do que você sabe estou ciente
Desta ligação que dividimos
Eu sei que parece que às vezes eu não ligo
Mas você é as cores que eu visto

Passaram algumas horas, perto do amanhecer
Você esteve bem quieta o tempo todo
Agora, eu não posso evitar de pensar que tem algo errado
Ei amor, o que está havendo?

3 da manhã nos parecia estar tudo bem
(Não poderia estar melhor
não poderia estar melhor)
Em nosso caminho para a luz
Agora 3 da manhã se foi,
junto com quando não havia nada errado
3 da manhã parecia tudo bem

Se eu não pensei direito, me diga
Eu consigo perceber sabe,
apesar de eu ser meio devagar

Não guarde isso pra você, pra não enraizar e crescer
A moral da história aqui é que eu te amo tanto
3 da manhã nos parecia estar tudo bem...

3 da manhã nos parecia estar tudo bem
(Nunca estivemos melhor
nunca estivemos melhor)
Em nosso caminho para a luz
Agora 3 da manhã se foi,
junto com quando não havia nada errado
3 da manhã parecia tudo bem

3 da manhã nos parecia estar tudo bem
(Não poderia estar melhor...)

Ô ôô

3 da manhã nos parecia estar tudo bem
(Nunca estivemos melhor...)

STAY

Morning comes slow today
Memories push through from yesterday
Where will I be tomorrow?
What do I have to show?

From my life

Stay, I need you here for a new day to break
Stay, I want you near,
like a shadow in my wake

Flow with life down the drain
Memories and force of will sustain
Where will I be tomorrow?
What will be left to show?

From my life

Stay...

It's the little things, little things,
little things, that make the world...

Stay...

(Stay), ooohh, here with me, don't you leave
(Stay), stay with me until the day is over.

FIQUE

A manhã veio devagar hoje
Memórias trazidas de ontem
Onde eu estarei amanhã?
O que eu tenho que mostrar?

De minha vida

Fique, eu preciso de você aqui para um novo dia nascer
Fique, eu preciso de você perto
como uma sombra em meu despertar

Fluir com a vida ralo abaixo
Memórias e força de vontade se sustentarão
Onde eu estarei amanhã?
O que restará para mostrar?

De minha vida

Fique...

São as pequenas coisas, pequenas coisas,
pequenas coisas que movem o mundo...

Fique...

(Fique), ooohh, aqui comigo, não vá embora
(Fique), fique comigo até o dia acabar.

SEEK YOU OUT

Never said you'd promise anything
Never told to trust you blindly
Never thought you'd hurt me either

Never had a chance now ain't that so
Never should've wept when you let go
Never thought you'd push me away

Sad as it may be
I'm glad it's over finally
Speaks volumes of me
When letting go is never easy

So I'll seek you out, just to find myself
And I'll worry 'bout consequences later
I hear you out, till I hear myself
Hear myself in you

Never knew if we were really true
Never thought I'd ever get to you
Never thought I'd end up like this

Never was I stronger than I'm now
Never felt this much a fool somehow
Never had much thought for myself

Sad as it may be...

So I'll seek you out...

I'll seek you out...

I'll seek you out...

(I'll seek you out)

Never knew if we were really true
Never thought I'd ever get to you
Never thought I'd end up like this

Never said you'd promise anything
Never told to trust you blindly
Never thought you'd hurt me...

TE PROCURAR

Nunca falei que me prometera algo
Nunca disse para confiar-lhe cegamente
Nunca pensei que você me machucaria também

Nunca tive uma chance e agora também
Nunca deveria ter chorado quando você foi embora
Nunca pensei que você me afastaria

Por mais triste que possa ser
Estou contente que finalmente acabou
Fala o quanto quer de mim
Quando deixar passar nunca é fácil

Então eu vou te procurar, só pra me encontrar
E me preocupar com as consequências depois
Eu te ouço falar, até eu me ouvir
Me ouvir em você

Nunca soube se nos amávamos de verdade
Nunca pensei que iria te atingir assim
Nunca pensei que iria terminar assim

Nunca fui tão forte quanto sou agora
Nunca me senti tão tolo dessa forma
Nunca pensei tanto assim em mim

Por mais triste que possa ser...

Então eu vou te procurar...

Eu vou te procurar...

Eu vou te procurar...

(Eu vou te procurar)

Nunca soube se nos amávamos de verdade
Nunca pensei que iria te atingir assim
Nunca pensei que iria terminar assim

Nunca falei que me prometera algo
Nunca disse para confiar-lhe cegamente
Nunca pensei que você me machucaria...

SHALLOW

More in my face
Than is my taste
I grow so weary I'll surrender

To what they say
Let them lead the way
Till' I can no longer remember

My darling dreams
Prewritten scenes
Whatever felt my own

So to save face
I'll take my place
Where I may safely feel alone

Glad the waters are so shallow
When the river runs so cold
Glad the waters are so shallow
When the river runs cold

Glad the waters are so shallow...

I'm quick to wait
Too slow to take
They call me gracious for my patience

And I feel proud
Under that shroud
And all the while it's all evasion

Some humor here
To fend off fear
And I'm a little more lost, oh dear

So to save face
I'll hold my place
So I may safely feel alone...

Glad the waters are so shallow...

Glad the waters are so... shallow
Glad the waters are so... shallow
(Shallow)

Glad the waters are so shallow...

RASO

Mais em minha cara
Do que eu gostaria
Eu fico tão cansado que vou me render

Para o que me disserem
Deixe-lhes mostrar o caminho
Até eu não conseguir lembrar mais

Meus queridos sonhos
Cenas pré-escritas
Qualquer coisa que eu sentir ser minha

Então pra me poupar
Vou tomar meu lugar
Onde eu seguramente me sinta sozinho

Que bom que as águas são tão rasas
Quando o rio corre tão frio
Que bom que as águas são tão rasas
Quando o rio corre frio

Que bom que as águas são tão rasas...

Não tardo a esperar
Aguento devagar
Dizem que sou bondoso por minha paciência

E sinto orgulho
Por baixo dessa mortalha
E no entanto não passa de evasão

Algum humor
Para afastar todo medo
E eu estou um pouco mais perdido, oh céus!

Então pra me poupar
Vou manter meu lugar
Para eu seguramente me sentir sozinho...

Que bom que as águas são tão rasas...

Que bom que as águas são tão... rasas
Que bom que as águas são tão... rasas
(Rasas)

Que bom que as águas são tão rasas...

EVERYTHING FADES

Silly thoughts of small deeds.
Everything that once answered to your needs.
The thoughtless but kind.
The caring but blind.
Everything fades away.

Everything fades away,
come turning of the tide.
For your love I'm sorry.
For your pain, don't worry.
Everything fades away.
Everything fades away.

Silhouettes and false leads.
That which drew you,
like a crow to glass beads.
Secrets spied.
Wishes sighed.
Everything fades away.

Everything fades away, come...
(Everything fades away)

All I'm saying is don't give up,
when you're getting so close.
All I'm saying is don't give up,
it's the right way you chose.

Everything fades away, come...
(Everything fades away)

Everything fades away, come...
(Everything fades away)

Oh, oooh

TUDO SOME

Pensamentos tolos de atos pequenos.
Tudo que uma vez atendeu a suas necessidades.
O descuidado porém gentil.
O carinhoso porém cego.
Tudo desaparece.

Tudo desaparece,
vai na virada da maré.
Pelo seu amor sinto muito.
Pela sua dor, não se preocupe.
Tudo desaparece.
Tudo desaparece.

Silhuetas e pistas falsas.
Que lhe atraem,
como a um corvo por contas de vidro.
Segredos espiados.
Desejos suspirados.
Tudo desaparece.

Tudo desaparece, vai na...
(Tudo desaparece)

Tudo que digo é não desista,
quando está chegando tão perto.
Tudo que digo é não desista,
é o caminho certo que escolheu.

Tudo desaparece, vai na...
(Tudo desaparece)

Tudo desaparece, vai na...
(Tudo desaparece)

Oh, oooh

SOMEONE SPECIAL

I wake up to the sound of rain upon my sill
Pick up the pieces of my yesterday old thrill
Can I deliver this used up shiver
To how I pronounce my life
And leave it up to faith to go by its own will?

Back row to the left
A little to the side
Slightly out of place
Look beyond the light
Where you'd least expect
There's someone special

A foggy morning greets me quietly today
I smell a fragrance
in the wind blowing my way
And ever further I run to find her
I yearn to define my life
Placing my faith in chance
to meet me in half way

Back row to the left...

And she's here to write her name
On my skin with kisses in the rain
Hold my head and ease my pain
In a world that's gone insane...

Insane, insane, insane...

Back row to the left...

(In half way)

A little to the side
Slightly out of place... Oh oooh...

ALGUÉM ESPECIAL

Eu acordo com o som da chuva sobre meu parapeito
Recolho os pedaços de minha velha emoção de ontem
Será que posso encarar este velho calafrio
De como eu anuncio minha vida
E confiar na fé para que siga por sua vontade própria?

Última fila à esquerda
Um pouco para o lado
Ligeiramente deslocado
Olhe além da luz
Onde você menos esperar
Tem alguém especial

Uma manhã nebulosa me saúda em silêncio hoje
Eu cheiro uma fragrância
no vento soprando em minha direção
E cada vez mais eu corro para encontrá-la
Eu anseio por definir minha vida
Pondo minha fé na sorte
para me encontrar no meio do caminho

Última fila à esquerda...

E ela está aqui para escrever seu nome
Em minha pele com beijos na chuva
Segure minha cabeça e alivie minha dor
Em um mundo que ficou insano...

Insano, insano, insano...

Última fila à esquerda...

(No meio do caminho)

Um pouco para o lado
Ligeiramente deslocado... Oh oooh...

ILLUSION & DREAM

Look in my eyes I'll make you see
We're drifting aimlessly
Blind in a world of make believe

Hear them sing their songs off key
N' nod like they agree
Buying the need to be discreet

I've got no hand in matters worldly,
I hardly care at all
What's going on fails to concern me,
Cos I'm locked behind my wall
But you know what drives me out
Out of my mind

It's whatever makes you see, makes you believe
And forget about the premonition
you need to conceive
That the images they sell are illusion & dream
In other words dishonesty

If I speak Ill, please, humor me
Won't rant on endlessly
Just thought I'd try to make you see

It doesn't solve a thing to dress it in a pretty gown
A stone will not need you to guess if
You're still going to drown
So you know what drives me out
Out of my mind

It's whatever makes you see...
So can you name your demon?
Understand its scheming
I raise my glass and say "here's to you"
Can you chase your demon?
Or will it take your freedom?
I raise my class and say "here's to you"

I've got no hand in matters worldly...

It's whatever makes you see...

So whatever makes you see...

"With silence, comes peace,
With peace, comes freedom,
With freedom, comes silence."

ILUSAO & SONHO

Olhe nos meus olhos, eu te farei ver
Estamos afundando sem objetivo
Cegos em um mundo de faz de conta

Ouça-os cantar suas canções fora de tom
E acenar como se concordassem em
Aceitar a necessidade de serem discretos

Eu não ponho a mão em coisas mundanas,
eu não me importo muito mesmo
O que acontece não me chama a atenção,
porque estou trancado atrás de meu muro
Mas você sabe o que me deixa
Enlouquecido

É qualquer coisa que te faz ver, te faz acreditar
E esquecer do pressentimento
que você precisa para perceber
Que as imagens que eles vendem são ilusão & sonho
Em outras palavras, desonestidade

Se eu reclamar, por favor, me anime
Não criticarei para sempre
Só pensei em tentar fazer você enxergar

Não vai resolver nada colocar num lindo vestido
Uma pedra não precisa que você lhe diga se
Você ainda vai afundar
Então você sabe o que me deixa
Enlouquecido

É qualquer coisa que te faz ver...
Então pode me dizer seu demônio?
Entender seu esquema
Eu ergo meu copo e digo "para você"
Pode perseguir seu demônio?
Ou vai tomar sua liberdade?
Eu melhoro de classe e digo "para você"

Eu não ponho a mão em coisas mundanas...

É qualquer coisa que te faz ver...

Então qualquer coisa que te faz ver...

"Com o silêncio, vem a paz,
Com a paz, vem a liberdade,
Com a liberdade, vem o silêncio."

SLEEP

Hear your heartbeat
Beat a frantic pace
And it's not even seven AM

You're feeling the rush
of anguish settling
You cannot help showing them in.

So hurry up then
Or you'll fall behind and
They will take control of you

And you need to heal
The hurt behind your eyes
Fickle words crowding your mind

So
Sleep, sugar, let your dreams flood in,
Like waves of sweet fire, you're safe within
Sleep, sweetie, let your floods come rushing in,
And carry you over to a new morning

Try as you might
You try to give it up
Seems to be holding on fast

It's hand in your hand
A shadow over your
A beggar for soul in your face

Still it don't matter
If you won't listen
If you won't let them follow you

You just need to heal
Make good all your lies
Move on and don't look behind

So
Sleep, sugar...

Day after day
Fickle visions
Messing with your head
Fickle, vicious
Sleeping in your bed
Messing with your head
Fickle visions
Fickle, vicious

Sleep, sugar...

Sleep, sugar...

DURMA

Ouça a batida do seu coração
Batendo num ritmo frenético
E ainda nem é sete da manhã

Está sentindo o fluir
da angústia se acomodando
Não consegue evitar de lhes mostrar.

Então corra
Ou ficará para trás e
Eles tomarão o controle de você

E você precisa curar
A dor por trás de seus olhos
Palavras traiçoeiras populando sua mente

Então
Durma, querida, deixe seus sonhos se inundarem,
Como ondas de um dócil fogo, em que estará segura
Durma, meu doce, deixe suas inundações fluírem,
E te levarem em direção a uma nova manhã

Por mais que você tente
Você tente desistir
Parece estar resistindo rápido

É uma mão sobre a outra
Uma sombra sobre a sua
Um pedidor de almas na sua frente

Mas ainda não importa
Se você não vai escutar
Se você não deixá-los te seguir

Você só precisa curar
Consertar suas mentiras
Seguir em frente e não olhar para trás

Então
Durma, querida...

Dia após dia
Visões traiçoeiras
Mexendo com sua cabeça
Traiçoeiras, viciosas
Dormindo em sua cama
Mexendo com sua cabeça
Visões traiçoeiras
Traiçoeiras, viciosas

Durma, querida...

Durma, querida...

Tradução do Álbum: Signs of Life
Banda: Poets of the Fall
Tradutor: Ricardo Pagliaro Thomaz
Todas as músicas foram escritas por Marko Saaresto, Olli Tukiainen e Markus "Captain" Kaarlonen.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Poets Of The Fall"


TOP 7: Bandas (NAO TAO) conhecidas da FinlândiaTOP 7
Bandas (NAO TAO) conhecidas da Finlândia


Maridos traídos: Portnoy, Hagar, Osbourne, Waters e Di'AnnoMaridos traídos
Portnoy, Hagar, Osbourne, Waters e Di'Anno

The Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenhoThe Simpsons
10 melhores aparições de roqueiros no desenho


Sobre Ricardo Pagliaro Thomaz

Roqueiro e apreciador da boa música desde os 9 anos de idade, quando mamãe me dizia para "parar de miar que nem gato" quando tentava cantarolar "Sweet Child O'Mine" ou "Paradise City". Primeiro disco de rock que ganhei: RPM - Rádio Pirata ao Vivo, e por mais que isso possa soar galhofa hoje em dia, escolhi o disco justamente por causa da caveira da capa e sim, hoje me envergonho disso! Sou também grande apreciador do hardão dos anos 70 e de rock progressivo, com algumas incursões na música pop de qualidade. Também aprecio o bom metal, embora minhas raízes roqueiras sejam mais calcadas no blues. Considero Freddie Mercury o cantor supremo que habita o cosmos do universo e não acredito que há a mínima possibilidade de alguém superá-lo um dia, pelo menos até o dia em que o Planeta Terra derreter e virar uma massa cinzenta sem vida.

Mais matérias de Ricardo Pagliaro Thomaz no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336