Tradução - Shadow Of The Moon - Blackmores's Night

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando P. Silva, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

[SHADOW OF THE MOON]

In the shadow of the moon
She danced in the starlight
Whispering a haunting tune
To the night...

Velvet skirts spun 'round and 'round
Fire in her stare
In the woods without a sound
No one cared...

Through the darkened fields entranced
Music made her poor heart dance
Thinking of a lost romance...
Long ago...

Feeling lonely, feeling sad
She cried in the moonlight
Driven by a world gone mad
She took flight...

"Feel no sorrow, feel no pain
Feel no hurt, there's nothing gained...
Only love will then remain"
She would say.

Shadow of the Moon...
Shadow of the Moon...

Somewhere just beyond the mist
Spirits were seen flying
As the lightning led her way

[SOMBRA DA LUA]

Na sombra da lua
Ela dançou na luz das estrelas
Sussurrando uma melodia assombrosa
Para a noite...

Saias de veludo deram voltas e voltas
Fogo no olhar dela
Nos bosques sem fazer barulho
Ninguém se preocupou...

Pelos campos sombrios e encantados
A música fez seu pobre coração dançar
Pensando em um romance perdido...
Há muito tempo...

Sentindo-se só, sentindo-se triste
Ela chorou no luar
Movida por um mundo enlouquecido
Ela alçou vôo...

"Não sinta aflição, não sinta dor
Não sinta mágoa, não há nada ganho...
Só o amor permanecerá"
Ela diria.

Sombra da Lua...
Sombra da Lua...

Em algum lugar além da névoa
Espíritos foram vistos voando
Enquanto o relâmpago guiava o caminho dela

[THE CLOCK TICKS ON]

As the wind chimes play along the breeze
Singing songs to stir the soul
Rainbow colours entwined in fairytales
On the maypole...

Sing the song of lands from far away
Other times and another place
The wind can carry us all away from here
Charmed in her embrace...

Leaves turn to red
The nights are getting colder
Seasons will change, the clock ticks on...
Leaves fill the trees
As the days are getting warmer
Days turn to years
The clock ticks on...

A cloak and dagger, no fear of freedom
When hearts beat in another time
Ever changing, the clock ticks on
If only in your mind...

The wind has died
And the chimes are still again
The trees stand tall
As they cover me in shade
In the mirror a maiden stares at me
As the secret fades...

And though the clock ticks on to the future
It's in the past my heart will stay
In a time so far away from me
I'll return someday...

[O RELÓGIO FAZ TIQUE-TAQUE]

Enquanto o carrilhão do vento toca junto à brisa
Cantando canções para mexer com a alma
As cores do arco-íris enlaçadas em contos de fadas
No mastro de primeiro de maio... (1)

Cante a canção de terras longínquas
De outros tempos e de outro lugar
O vento pode nos levar para longe daqui
Encantado no abraço dela...

As folhas ficam vermelhas
As noites estão ficando mais frias
As estações mudarão, o relógio faz tique-taque...
As folhas enchem as árvores
Enquanto os dias estão ficando mais quentes
Dias se transformam em anos
O relógio faz tique-taque...

Um manto e um punhal, sem medo da liberdade
Quando corações batem em outro tempo
Sempre mudando, o relógio faz tique-taque
Se ao menos em sua mente...

O vento morreu
E os carrilhões continuam parados
As árvores estão altas
Enquanto me cobrem na sombra
No espelho uma donzela me encara
Enquanto o segredo desaparece...

E embora o relógio faça tique-taque para o futuro
É no passado que meu coração ficará
Por um tempo tão distante de mim
Eu voltarei algum dia...

(1) Maypole = Mastro enfeitado com flores e fitas, erigido para as festas do dia 1° de maio e em torno do qual se dança.

[BE MINE TONIGHT]

Be mine tonight
We'll travel through all our memories
In our own little space in time
You've always been mine...

Through the years
I feel your love beside me
Through the laughter and the tears
You've conquered all my fears...

So many stories
So many treasures
So much our lives have shared...

We've done it all and we've done it together
You know I've always cared...

In this heart
There'll never be another
You have made my life complete
Our love is like a dream...

Take my hand
Nothing can come between us
We were always meant to be
Forever, you and me...

In my eyes
Your face is always before me
Our souls are now as one...
We've only just begun...

[SEJA MINHA ESTA NOITE]

Seja minha esta noite
Viajaremos por todas as nossas recordações
Em nosso próprio espacinho no tempo
Você sempre foi minha...

Através dos anos
Eu sinto seu amor ao meu lado
Através do riso e das lágrimas
Você conquistou todos os meus medos...

Tantas histórias
Tantos tesouros
Tanto nossas vidas compartilharam...

Nós fizemos tudo e fizemos isto junto
Você sabe que eu sempre me importei...

Neste coração
Nunca haverá outra
Você fez minha vida completa
Nosso amor é como um sonho...

Pegue minha mão
Nada pode se colocar entre nós
Sempre fomos assim
Para sempre, você e eu...

Em meus olhos
Seu rosto está sempre diante de mim
Nossas almas agora são como uma só...
Nós apenas começamos...

[PLAY MINSTREL PLAY]

Underneath the harvest moon
Where the ancient shadows will play and hide...
With a ghostly tune and the devil's pride...
"Stranger" whispered all the town
Has he come to save us from Satan's hand?
Leading them away to a foreign land...

Play for me, minstrel, play
And take away our sorrows...
Play for me, minstrel, play
And we'll follow...

Hear, listen, can you hear
The haunting melody surrounding you
Weaving a magic spell all around you...

Danger hidden in his eyes
We should have seen it from far away
Wearing such a thin disguise in the light of day

He held the answer to our prayers
Yet it was too good to be...
Proof before our eyes
Yet we could not see...

[TOQUE MENESTREL TOQUE]

Debaixo da lua da colheita
Onde as sombras antigas irão brincar e se esconder...
Com uma melodia fantasmagórica e o orgulho do diabo
"Estranho" sussurrou toda a cidade
Ele veio para nos salvar da mão de Satã?
Conduzindo-os para uma terra estrangeira...

Toque para mim, menestrel, toque
E leve nossas aflições embora...
Toque para mim, menestrel, toque
E nós seguiremos...

Ouça, escute, consegue ouvir?
A assombrosa melodia que te cerca
Tecendo um feitiço mágico ao seu redor...

Perigo escondido nos olhos dele
Deveríamos ter visto isto de longe
Usando um fino disfarce na luz do dia...

Ele possuía a resposta para nossas orações
Era bom demais para ser verdade...
A prova diante de nossos olhos
Contudo nós não conseguíamos ver...

[OCEAN GYPSY]

Tried to take it all away
Learn her freedom... just inside a day
And find her soul
To find there fears are laid...

Tried to make her love their own
They took her love... they left her there
They gave her nothing back
That she would want to own...

Gold and silver rings and stones
Dances slowly off the moon
No one else could know
She stands alone...

Sleeping dreams will reach for her
She can not say the words they need
She knows she's alone and she is free...

Ocean Gypsy of the moon
The sun has made a thousand nights
For you to hold...

Ocean Gypsy where are you?
The shadows followed by the stars
Have turned to gold...
Turned to gold...

Then she met a hollow soul
Filled him with her light and was consoled
She was the moon and he the sun was gold...

Eyes were blinded with his light...
The sun he gave reflected back the night
The moon was waning, almost out of sight...

Softly Ocean Gypsy calls...
Silence holds the stars a while
They smile sadly for her where she falls...

Just the time before the dawn
The sea is hushed the ocean calls her
Day has taken her and now she's gone...

No one noticed when she died
Ocean Gypsy shackled to the tide
The ebbing waves
They turning spreading white...

Something gone within her eyes
Her fingers, lifeless, stroked the sand
Her battered soul was lost
She was abandoned...

Silken threads like wings still shine
Wind swept pleasures
Still make patterns in her lovely hair...
So dark and fine...

Stands on high beneath the seas
Cries no more, her tears have dried...
Ocean weep for her, the ocean sighs...

[OCEANO CIGANO]

Tentei jogar tudo pro alto
Aprender a liberdade dela... só dentro de um dia
E encontrar a alma dela
Para encontrar lá os medos...

Tentaram fazer o amor dela, ser deles
Eles levaram o amor dela... eles a deixaram lá
Eles não devolveram nada
Que ela queria possuir...

Ouro e anéis de prata e pedras
Dança lentamente fora da lua
Ninguém mais poderia saber
Ela está sozinha...

Sonhos dormentes alcançarão para ela
Ela não pode dizer as palavras que eles precisam
Ela sabe que está sozinha e ela é livre...

Oceano Cigano da lua
O sol criou mil noites
Para você segurar...

Oceano Cigano onde está você?
As sombras seguidas pelas estrelas
Viraram ouro...
Viraram ouro...

Então ela conheceu uma alma oca
Preencheu-o com sua luz e foi consolada
Ela era a lua e ele o sol, era ouro...

Os olhos foram encobertos com a luz dele...
O sol que ele deu refletiu a noite
A lua estava minguando, quase fora de vista...

Suavemente o Oceano Cigano chama...
O silêncio segura as estrelas por um tempo
Elas sorriem tristemente por ela, onde ela cai...

Só o tempo antes do amanhecer
O mar é silenciado, o oceano a chama
O dia a levou e agora ela se foi...

Ninguém notou quando ela morreu
Oceano Cigano algemou a maré
As ondas da maré baixa
Elas revolvem espalhando o branco...

Algo se foi dentro dos olhos dela
Seus dedos, inanimados, acariciaram a areia
Sua alma exaurida estava perdida
Ela foi abandonada...

Linhas sedosas como asas ainda brilham
O vento varreu prazeres
Ainda faz contornos no cabelo adorável dela...
Tão escuro e fino...

Fica no alto, debaixo dos mares
Não choram mais, as lágrimas dela secaram...
O oceano lamenta para ela, o oceano suspira...

[MAGICAL WORLD]

I called your name out loud in the courtyard
The crystal I held was like an old friend
The vines crawled the walls
The wind held its breath
But the answer I longed for never came...

Your name, they had said
Was cursed beyond measure
The families at odds
Fought with poisoned tongues
And yet through the dark
Of blind, bitter hate
Broke a glittering light
Of two lover's fate...

Walls built between us
Miles separate us
Yet in our hearts
We share the same dream...

Feeling so strong
We just must carry on
On to our Magical World...

Destiny called them
Like a silver poem
They followed the dance
'till the music died out

Last time they met
Was on an earth bed
Both knowing
They'd meet again in the light...

Walls built between us
Miles separate us
Yet in our hearts
We share the same dream
Feelings so strong
We just must carry on
On to our Magical World...

In our Magical World...
In our Magical World...

Fear not, dear Juliet, your Romeo's calling
He's waiting for you at the end of the song
This world was too cruel... for lovers like you
But here in our hearts you'll always live on...

[MUNDO MÁGICO]

Eu gritei seu nome no pátio
O cristal que eu segurava era como um velho amigo
As vinhas trepavam pelas paredes
O vento prendeu sua respiração
Mas a resposta que eu esperava nunca veio...

Seu nome, eles tinham dito
Foi amaldiçoado desmedidamente
As famílias em adversidade
Lutaram com línguas envenenadas
E ainda através da escuridão
De um cego e amargo ódio
Rompeu-se uma luz cintilante
Do destino de dois amantes...

Paredes construídas entre nós
Milhas nos separam
Ainda em nossos corações
Nós compartilhamos o mesmo sonho...

Sentimento tão forte
Precisamos seguir em frente
Para o nosso Mundo Mágico...

O destino os chamou
Como um poema prateado
Eles seguiram a dança
Até a música findar

A última vez que eles se encontraram
Estavam em uma cama de terra
Ambos sabiam (que)
Eles se encontrariam novamente na luz...

Paredes construídas entre nós
Milhas nos separam
Ainda em nossos corações
Nós compartilhamos o mesmo sonho
Sentimento tão forte
Precisamos seguir em frente
Para o nosso Mundo Mágico...

Em nosso Mundo Mágico...
Em nosso Mundo Mágico...

Não tema, querida Julieta, seu Romeo está chamando
Ele está esperando por você ao término da canção
Este mundo era cruel demais, para amantes como vocês
Mas em nossos corações vocês sempre estarão vivos...

[WRITING ON THE WALL]

Is it powers of intuition?
Is it insecurity?
You know I can read your mind and
You have been deceiving me...

Which face wears the masque this evening?
When will your true colors show?
Will they be as black as shadows
Hiding 'neath the rainbow...

Had my heart on a silver chain
With the words engraved
"I loved you"...

Like a swan that was lost at sea
I lost all of me
To you...
Now I see the writing on the wall...

Paranoia or perception?
Put your faith in a liar's hands
Wanting to believe his words
But never knowing where he stands...

There's too many misconceptions
In this game of consequence
When you're finding that your hero
Is just who you're up against...

[ESCRITA NA PAREDE]

São os poderes da intuição?
É insegurança?
Você sabe que eu posso ler seu pensamento e
Você tem me enganado...

Qual rosto usa a máscara esta noite?
Quando suas verdadeiras cores aparecerão?
Elas serão tão negras quanto as sombras?
Escondendo-se debaixo do arco-íris...

Tive meu coração em uma corrente prateada
Com as palavras gravadas
"Eu amei você"...

Como um cisne que estava perdido no mar
Eu perdi tudo de mim
Para você...
Agora eu vejo a escrita na parede...

Paranóia ou percepção?
Ponha sua fé nas mãos de um mentiroso
Querendo acreditar nas palavras dele
Mas nunca sabendo onde ele se encontra...

Há muitos juízos falsos
Neste jogo de conseqüência
Quando você está achando que seu herói
É simplesmente quem você está contra...

[RENAISSANCE FAIRE]

I was told once, by a friend of mine
She had seen an olden sign
She said she was not from this time
And did I feel the same?
So I told her, "Yes"
I knew her fear
As I felt the truth draw near
Told her back three hundred years
Was the time that I held dear...

Gather ye lords and ladies fair
Come with me to the Renaissance Faire
Hurry now
We're almost there...

Fa, la, la, la, la, la, la,la, la, la...

Through the shroud of mystery
Turn a page of history
Feeling more than you can see
Down at the Renaissance Faire
Hear the minstrels play their tunes
They will play the whole night through
Special songs for me and you
And anyone whose heart is true...

There's too many stars for one sky to hold
Some will fall, others are sold
As the fields turn to gold
Down at the Renaissance Faire...

[FEIRA DA RENASCENÇA]

Fiquei sabendo uma vez, através de uma amiga
Ela tinha visto um velho sinal
Ela disse que ela não era deste tempo
E eu sentia o mesmo?
Então eu disse a ela, "Sim"
Eu conheci o medo dela
Enquanto eu sentia a verdade se aproximando
Disse a ela que trezentos anos atrás
Era o tempo que eu apreciava...

Reúnam-se senhores e senhoras da feira
Venham comigo à Feira da Renascença
Apressem-se agora
Nós estamos quase lá...

Fa, la, la, la, la, la, la,la, la, la...

Através da mortalha de mistério
Vire uma página da história
Sentindo mais do que você pode ver
Lá na Feira da Renascença
Ouça os trovadores tocar suas melodias
Eles vão tocar a noite inteira
Canções especiais para mim e você
E para qualquer um cujo coração é verdadeiro...

Há muitas estrelas para um céu segurar
Algumas cairão, outras serão vendidas
Enquanto os campos viram ouro
Lá na Feira da Renascença...

[NO SECOND CHANCE]

My diamond's clouded over
Where it used to shine like light
And the day keeps running faster
Into the arms of night...

The stitches on the tapestry say
"Everything in time
Will find its way home again"
But I'm tired of crying...

No Second Chances
Don't knock on my door
There won't be any answer
I won't be here no more...

This house we had together
Might still be in its place
But the rest of this is much too hard to face
There'll be No Second Chance...

Lovely moonlit hours we spent
Walking on the beach
We'd gaze up at the stars
I swear they were in our reach...

But time... it went on
Minutes... they ran too fast.
Like you they were gone...
Into the past....

[SEM SEGUNDA CHANCE]

Meu diamante está encoberto
Onde ele costumava brilhar feito luz
E o dia continua correndo rapidamente
Para os braços da noite...

Os pontos na tapeçaria dizem
"Tudo em seu devido tempo
Encontrará seu caminho de casa novamente"
Mas estou cansada de chorar...

Sem Segundas Chances
Não bata em minha porta
Não haverá nenhuma resposta
Eu não estarei aqui mais...

Esta casa que tivemos juntos
Ainda pode estar em seu lugar
Mas o resto disso é difícil demais de encarar
Não haverá Segunda Chance...

Adoráveis horas enluaradas que passamos
Caminhando na praia
Nós contemplamos as estrelas
Eu juro que elas estavam ao nosso alcance...

Mas o tempo...ele se foi
Os minutos...eles passaram rápido demais
Como você eles se foram...
No passado...

[SPIRIT OF THE SEA]

I took a walk along the shore
To clear my mind about the day
I saw a man I'd seen before
As I approached, he slipped away...

I knew his face from years ago
His smile stays with me ever more
His eyes, they guide me through the haze
And give me shelter from the storm...

As I walk I can feel him
Always watching over me...
His voice surrounds me
My Spirit of the Sea...

He went away so long ago
On a maiden voyage far away
A young man then I did not know
His life was taken that same day...

And it was almost like he knew
He wouldn't see me anymore
He looked so deeply in my eyes, and said
"Wait for me along the shore..."
And so I come most every day
To watch the waves rise and fall
And as I sit here on the sand
This ocean makes me feel so small...

But I feel my lover by my side
And he makes me follow my own heart
We'll be together some sweet day
When that day comes we'll never part...
When that day comes we'll never part...
Wait for me along the shore...

[ESPÍRITO DO MAR]

Eu dei uma volta ao longo da praia
Para clarear minha mente sobre o dia
Eu vi um homem que já tinha visto antes
Enquanto me aproximei, ele escapuliu...

Eu conhecia seu rosto de muitos anos atrás
O sorriso dele sempre fica comigo
Os olhos dele, eles me guiam pela névoa
E me dá abrigo da tempestade...

Enquanto caminho, eu posso senti-lo
Sempre me observando...
Sua voz me cerca
Meu Espírito do Mar...

Ele partiu há muito tempo
Em uma distante viagem de estréia (1)
Um homem jovem, então eu não sabia que
Sua vida foi levada naquele mesmo dia...

E era quase como se ele soubesse (que)
Ele não me veria mais
Ele olhou profundamente em meus olhos, e disse
"Espere por mim ao longo da praia..."
E então eu venho quase todos os dias
Observar as ondas levantar e descer
E enquanto eu sento aqui na areia
Este oceano me faz se sentir tão pequena...

Mas eu sinto meu amor ao meu lado
E ele me faz seguir meu próprio coração
Nós estaremos juntos algum dia
Quando esse dia chegar, jamais nos separaremos...
Quando esse dia chegar, jamais nos separaremos...
Espere por mim ao longo da praia...

(1) Na linguagem marítima uma "maiden voyage" é uma viagem de estréia de um navio.

[GREENSLEEVES]

Alas my love
Ye do me wrong
To cast me out discourteously
And I have loved you for so long
Delighting in your company...

Greensleeves was all my joy
Greensleeves was my delight
Greensleeves was my heart of gold
And who but Lady Greensleeves...

[MANGAS VERDES * ]

Ai meu amor
Você foi injusta comigo
Por me expulsar rudemente
E eu te amei por tanto tempo
Me deliciando em sua companhia...

Mangas verdes era toda a minha alegria
Mangas verdes era o meu deleite
Mangas verdes era o meu coração de ouro
E quem a não ser as Damas de Mangas Verdes...

* O termo "Mangas Verdes" vem do século 16 e se refere às manchas que ficavam nas mangas das roupas das mulheres que se divertiam na companhia de seus maridos ou namorados, enquanto rolavam na grama.

[WISH YOU WERE HERE]

Wish You Were Here...
Me, oh, my country man
Wish You Were Here...
I Wish You Were Here...

Don't you know
The snow is getting colder
And I miss you like hell
And I'm feeling blue...

I've got feelings for you
Do you still feel the same?
From the first time
I laid my eyes on you
I felt joy of living
I saw heaven in your eyes...
In your eyes...

Wish you were here...
Me, oh, my country man
Wish You Were Here...
I Wish You Were Here...

Don't you know
The snow is getting colder
And I miss you like hell...
And I'm feeling blue...

I miss your laugh, I miss your smile
I miss everything about you...

Every second's like a minute
Every minute's like a day
When you're far away...

The snow is getting colder, baby
I Wish You Were Here...

A battlefield of love and fear
And I Wish You Were Here...
I've got feelings for you
From the first time
I laid my eyes on you...

[QUERIA QUE VOCÊ ESTIVESSE AQUI]

Queria que você estivesse aqui...
Eu, oh, meu homem do campo
Queria que você estivesse aqui...
Eu queria que você estivesse aqui...

Não sabe que
A neve está ficando mais fria?
E eu sinto sua falta pra caramba
E estou ficando triste...

Eu tenho sentimentos por você
Você ainda sente o mesmo?
Da primeira vez
Que botei meus olhos em você
Eu senti a alegria de viver
Eu vi o céu em seus olhos...
Em seus olhos...

Queria que você estivesse aqui...
Eu, oh, meu homem do campo
Queria que você estivesse aqui...
Eu queria que você estivesse aqui...

Não sabe que
A neve está ficando mais fria?
E eu sinto sua falta pra caramba
E estou ficando triste...

Sinto falta do seu riso, sinto falta do seu sorriso
Sinto falta de tudo sobre você...

Cada segundo é como um minuto
Cada minuto é como um dia
Quando você está tão longe...

A neve está ficando mais fria, baby
Eu queria que você estivesse aqui...

Um campo de batalha de amor e medo
Eu queria que você estivesse aqui...
Eu tenho sentimentos por você
Da primeira vez
Que botei meus olhos em você...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Blackmores Night"


Ritchie Blackmore: odeia felicidade, diz que sorrir não é naturalRitchie Blackmore
Odeia felicidade, diz que sorrir não é natural

Ritchie Blackmore: vocalista é mistura de Dio com Freddie MercuryRitchie Blackmore
Vocalista é mistura de Dio com Freddie Mercury

Ritchie Blackmore: ele conquistou a esposa jogando meia na caraRitchie Blackmore
Ele conquistou a esposa jogando meia na cara


Spin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os temposSpin
Os 40 melhores nomes de bandas de todos os tempos

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Bruce Dickinson: vocalista elege seus 5 álbuns preferidosBruce Dickinson
Vocalista elege seus 5 álbuns preferidos

David Lee Roth: o vergonhoso teste de Matt Sorum para a bandaDavid Lee Roth
O vergonhoso teste de Matt Sorum para a banda

Mötley Crüe: Nikki Sixx rebate os comentários de Gene Simmons sobre rock estar mortoMötley Crüe
Nikki Sixx rebate os comentários de Gene Simmons sobre rock estar morto

Fotos de Infância: Max e Igor Cavalera, do SepulturaFotos de Infância
Max e Igor Cavalera, do Sepultura


Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor.

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336