Anthrax: os veteranos deram uma aula de thrash metal em POA

Resenha - Anthrax (Opinião Bar, Porto Alegre, 10/11/2017)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karen Waleria
Enviar Correções  

Texto: William Guedes Cezar

Após receber o SLAYER, em maio do corrente ano; a capital gaúcha finalizou 2017 com chave de ouro, com ANTHRAX, após cinco longos anos de espera.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2016 o ANTHRAX lançou o disco "For All Kings" e retornou a Porto Alegre, na última sexta-feira, dia 10 de novembro, para mostrar as novas composições.

A cidade já recebeu METALLICA, SLAYER e MEGADETH e agora, recebe novamente o ANTHRAX. As quatro bandas juntas formam o famoso "Big 4" das bandas de thrash metal da década de 80.

Sem banda de abertura e com um atraso irrisório de poucos minutos começou o intro "I Can't Turn You Loose" do Otis Redding song, com um palco incrível com direito a "backdrop", pano de fundo com o logo do novo disco "For All Kings", além de uma iluminação, igualmente, incrível.

Sobem ao palco Scott Ian (guitarra), Frank Bello (baixo), Charlie Benante (bateria), Jonathan Donais (guitarra) e finalmente Joey Belladonna (vocalista). A banda, sem mais delongas, engata o clássico "Among The Living" do álbum homônimo de 1987.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O público nesse momento se mostrava espantado com a presença do ANTHRAX no bar Opinião, casa tradicional de shows da capital gaúcha, pois o último show da banda foi em um teatro. O próprio Joey Belladonna comentou que estava sentindo-se muito feliz em estar tocando alí com um público quente e muito mais próximo dele do que no show anterior na cidade.

O ANTHRAX não veio apresentar o novo disco, veio destilar um setlist de clássicos do início ao fim de sua apresentação. Em "Caught in a Mosh" a banda demonstrou visivelmente alegria com o começo dos moshpit’s. A iluminação e o som perfeitos, chamavam atenção.

O setlist foi curto, rápido, técnico e rasteiro, mas contou com todos os clássicos que o público estava querendo ouvir.

A banda desde o primeiro acorde estava com o público nas mãos e com a total atenção de todos.

Joey, Frank e Scott estavam muito entrosados e com grande interação com o público.

Sem bis, o show encerrou com quase duas horas de duração e com um público totalmente extasiado.

Scott, Joey, Jonathan e Frank distribuiram mãos lotadas de palhetas para o público, Charlie entrega suas baquetas e a banda se despede do público encerrando a sua apresentação com inúmeros agradecimentos.

Esperamos que o ANTHRAX retorne a cidade de Porto Alegre novamente o mais breve possível, pois aula de Thrash Metal nunca é pouca.

Vida longa ao The Big 4 do Thrash Metal!

Setlist:

Among the Living
Caught in a Mosh
Got the Time (Joe Jackson cover)
Madhouse
Fight 'Em 'Til You Can't
Breathing Lightning
Medusa
I Am the Law
March of the S.O.D. (Stormtroopers of Death cover)
Blood Eagle Wings
Be All, End All
Efilnikufesin (N.F.L.)
Antisocial (Trust cover)
Indians

Agradecimentos à Abstratti Produtora

Fotos: Marcelo Schmidt
https://www.facebook.com/marceloschmidtartista/




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Galeria - Mais que instrumentos, obras de arteGaleria - Mais que instrumentos, obras de arte

Anette Olzon: ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sextaAnette Olzon
Ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sexta


Sobre Karen Waleria

Blogueira gaúcha. Estudou letras. Ecleticidade musical é seu ponto forte; com uma tendência ao Rock e Metal. Já foi colaboradora em grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha com divulgação de bandas e eventos. Responsável pelo blog www.karenwaleria.blogspot.com.br. Siga no Twitter @Rocksblog.

Mais informações sobre Karen Waleria

Mais matérias de Karen Waleria no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin