Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemSyd Barrett em 1967 analisando os principais singles lançados em julho

imagemDaniel Cavanagh, do Anathema, sobrevive a tentativa de suicídio


Mr. Big: uma das gigantes do hard rock mundial em Porto Alegre

Resenha - Mr. Big (Bar Opinião, Porto Alegre, 22/08/2017)

Por Guilherme Dias
Em 24/08/17

A banda mais carismática do hard rock esteve em Porto Alegre mais uma vez. Essa foi a terceira passagem do grupo na capital gaúcha desde o seu retorno com a formação clássica. O reencontro de Eric Martin (vocal), Billy Sheehan (baixo), Paul Gilbert (guitarra) e Pat Torpey (bateria) com os fãs gaúchos foi especial. A cidade de Porto Alegre teve mais uma vez a oportunidade de acompanhar o Mr. Big em ação. A turnê atual é referente ao último lançamento dos norte-americanos, "Defying Gravity" (2017). No ano de 2011 o grupo se apresentou no Bar Opinião, em 2015 no Pepsi On Stage junto com o Winger e no último dia 23 de agosto voltou a visitar o bar Opinião.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Sem cerimônia os músicos invadiram o palco às 21 horas, com o acréscimo de Matt Starr (bateria) que reveza as baquetas com Pat Torpey. Como era de se esperar, "Daddy, Brother, Lover, Little Boy (The Electric Drill Song) " ("Lean Into It", 1991) abriu os trabalhos, seguido de "American Beauty" e "Untertow", ambas de "What If..." (2010). Billy foi ao microfone e mencionou que estava sentindo falta de alguma coisa, eis que Pat aparece pela primeira vez ao público, imensamente aplaudido. Na maior parte do show o baterista participou como percursionista, enquanto Matt, na bateria, fazia o que Pat não consegue mais, devido ao Mal de Parkinson. A primeira com Pat no palco foi "Alive and Kickin’" ("Lean Into It"), seguida de "Temperamental" ("Bump Ahead", 1993), novidade em Porto Alegre.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O primeiro momento de Pat com o kit de bateria completo foi na simples, porém emocionante, "Just Take My Heart" ("Lean Into It"). A solitária do álbum "Hey Man" (1996) foi, obviamente, "Take Cover", que sem intervalo algum teve "Green-Tinted Sixties Mind" ("Lean Into It") na sequência. Eric Martin disse: "I feel good! You feel good?... I feel louco", anunciando a novata "Everybody Needs a Little Trouble" ("Defying Gravity"). "Price You Gotta Pay" ("Bump Ahead") poderia ter sido discreta no repertório, se não fosse o duelo entre baixo e guitarra apresentado por Billy e Gilbert, além do solo sincronizado entre a dupla.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O solo particular de Paul Gilbert precisa ser citado, pois o que esse indivíduo faz com o seu instrumento nas mãos (e dentes) é fora do comum. Os seus gestos são capazes de fazer qualquer guitarrista se chatear por saber que jamais tocará igual, ou se emocionar, motivando-se ainda mais com o seu instrumento. Não só os guitarristas, quando Billy Sheehan tocou o seu solo também fez os baixistas presentes desistirem da música por alguns instantes. Ambos são monstruosos no que fazem.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um belo violão em mãos, Eric Martin disse: "possuímos muitas baladas, mas essa é especial, ela é como uma partida de futebol". Eric falava sobre "Wild World" (Cover de Cat Stevens, presente no álbum "Bump Ahead"), instantaneamente deixando os fãs mais loucos do que em momentos anteriores. O Mr. Big possui muitas músicas, e algumas virtuosíssimas, mas a minha favorita com certeza é "Rock and Roll Over" ("Mr. Big", 1989). Ao vivo ela não deixou a desejar mais uma vez, alegrando a maioria da plateia. Em "Around the World" ("What If...") um estupendo duelo entre Paul e Billy endeusou a canção. Billy Sheehan faz o seu baixo parecer uma segunda guitarra, com tanta qualidade técnica e desenvoltura que possui com o instrumento.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Após "Addicted to That Rush" ("Mr. Big") a banda deveria ir para o camarim e retornar em seguida para o bis, mas Sheehan disse: " Vamos ficar aqui, queremos tocar sem parar". Eric Martin apresentou os colegas de palco e a música que os governa, nada menos do que "To Be With You" ("Lean Into It"). Após uma leve balada, os latidos de Billy Sheehan introduziram e os de Eric Martin finalizaram a veloz e feroz "Colorado Bulldog", assustando os fãs que não esperavam por tanto peso. A música que fala sobre o auge do Mr. Big, "1992" ("Defying Gravity") encerrou o show junto com uma versão impecável de "Baba O’ Riley" (cover de The Who).

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O bar Opinião esteve lotado mais uma vez, como em 2011. O povo gaúcho parece não cansar desse fenômeno que é o Mr. Big, uma das gigantes do hard rock mundial. Na despedida Billy disse: "Nós amamos vir para o Brasil. Ver o sorriso no rosto de vocês é incrível. Amamos Porto Alegre, muito obrigado". Muito obrigado a você Billy Sheehan, o que a gente quer é que vocês voltem para sempre a cada dois anos, para podermos festejar o que o hard rock possui de melhor. O Mr. Big foi perfeito como sempre, para a satisfação de todos.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Fotos:
http://www.facebook.com/photoslinyoliveira

Set-list completo:

Daddy, Brother, Lover, Little Boy (The Electric Drill Song)
American Beauty
Undertow
Alive and Kickin'
Temperamental
Just Take My Heart
Take Cover
Green-Tinted Sixties Mind
Everybody Needs a Little Trouble
Price You Gotta Pay
Take a Walk
Wild World
Rock & Roll Over
Around the World
Addicted to That Rush
To Be With You
Colorado Bulldog
1992
Baba O'Riley

Comente: Esteve no show? Foi o que esperava?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemA opinião de Eric Martin sobre a possibilidade de retorno do Mr. Big

imagemA visão de Eric Martin sobre Mr. Big ser popular no Brasil por trilha de novelas

imagemBilly Sheehan: "Eu vivo para tocar ao vivo, e toco ao vivo para viver!"

Mr Big: A união de excelentes músicos que vendeu muito e fez grande sucesso (vídeo)


Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos

Brian May: "Mr. Big é uma banda de Rock de verdade"



Sobre Guilherme Dias

Fanático por heavy metal e hard rock desde os 12 anos de idade. Coleciona CDs e LPs, principalmente do Helloween e seus derivados. Colabora com o site desde 2013. Nasceu em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Mais matérias de Guilherme Dias.