Viper: uma noite histórica em Belém do Pará

Resenha - Viper (Ginásio Altino Pimenta, Belém, 05/10/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Yuri Martins
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

“Obrigado Belém, foi um dos melhores shows da nossa vida” – Facebook oficial do VIPER.

212 acessosBlind Guardian e Rhapsody: Como seria Hansi e Lione cantando juntos?5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond

O dia 05 de outubro de 2012 ficará guardado na memória de todos os fãs paraenses.

A apresentação do VIPER em Belém foi de longe a melhor de toda a turnê. A banda, o público presente e a mega produção que foi montada para este show criaram todo um ambiente que geraram os comentários unanimes ao final das apresentações: o “Show do Ano”.

Ainda faltavam mais de quatro horas para a abertura dos portões do evento e já haviam “Soldiers” começando a formar fila no portão de entrada do Ginásio Altino Pimenta.

Todos na expectativa de ficar na front line de um dos shows mais aguardados de todos os tempos, afinal seria uma oportunidade única de ver a o VIPER com sua formação clássica (Andre Matos, Felipe Machado, Pit Passarell e Guilherme Martin) e tocando os dois principais discos, na íntegra, da banda (Soldiers of Sunrise e Theatre of Fate).

Com um pequeno atraso, exatamente às 21:00h os portões foram abertos e rapidamente o Ginásio foi tomado por milhares de fãs ansiosos pelo início das apresentações.

Exatamente às 21:30h subiu ao palco a banda LORD BYRON, que na oportunidade estava marcando o seu regresso aos palcos para comemorar os 15 anos da banda.

A apresentação não poderia ser melhor. Além de músicas já conhecidas pelo público (Way of a Warrior e Everland), a banda ainda tocou duas músicas inéditas (Seeds Of Hate e The Evil Whitin). Os pontos altos da apresentação do Lord Byron ficaram por conta dos covers de Megadeth e Judas Priest (Hangar 18 e PainKiller) que incendiaram de vez o público presente.

Após a saída do LORD BYRON do palco, ecoaram as vozes de quase 2.000 pessoas gritando uma única palavra: VIPER!

Por volta das 00:00h o VIPER sobe ao palco para o delírio dos presentes. Um de cada vez, eles foram assumindo seus postos até que finalmente Andre Matos apareceu e o Ginásio quase vem abaixo. A banda abriu o show com Knights Of Destruction, um dos clássicos do primeiro disco da banda, e logo em seguida executa a não menos conhecida Nightmares, fazendo então todos cantarem juntos o refrão.

Com o passar do show, era visível a expressão de satisfação de cada um que estava no ginásio. Comentários como “valeu cada centavo” ou “valeu cada minuto de espera” ja era possível se ouvir, mesmo antes do termino da primeira parte do show. Um dos momentos mais alucinantes na apresentação foi na execução da música titulo do primeiro álbum: Soldiers Of Sunrise. Todos os presentes no local vibraram e cantaram junto com Andre Matos o refrão da música.

Pouco depois disso, encerra-se a primeira parte do show, e da-se inicio um documentário de cerca de 20 minutos sobre a carreira da banda. A expectativa do publico cresce cada vez mais, pois todos estavam a espera de conferir um dos maiores clássicos do heavy metal nacional tocados na integra: Theatre Of Fate. Não demora muito, e a introdução “Illusions” abre caminho para a execução de “At Least a Chance”. Então, é chegado o momento ápice da apresentação com a sequencia “A Cry From The Edge” + “Living For The Night”, que fez todos no Altino Pimenta cantarem juntos cada nota da música e cada palavra da letra. Sem sombra de dúvidas, esse momento ficará marcado na memória, não somente do público, mas também da banda, que se mostrava extremamente feliz com que via.

O VIPER encerra a segunda parte do show com a belíssima “Moonlight”, e com uma performance impecável do vocalista Andre Matos na música, seguida da não menos empolgante, Prelude To Oblivion. Após uma breve saída do palco, a banda retorna para Bis com as músicas Evolution, Rebel Maniac, e o cover We Will Rock You, encerrando assim, com certeza, um dos melhores shows da “To Live Again Tour”.

O VIPER trouxe a Belém uma mescla de saudosismo com curiosidade de saber como a banda se portaria depois de tanto tempo sem executar alguma das músicas tocadas. Desde que foi anunciada a turnê, Belém foi uma das campeãs de e-mails pedindo que a banda incluísse a capital amazônica em sua rota.

Foi uma noite histórica, e sem sombra de dúvidas, um dos melhores shows de Heavy Metal que essa cidade já viu. Além disso, o VIPER contribuiu para o reforço da cena Heavy em Belém, abrindo assim, portas que antes haviam se fechado para a região Norte/Nordestes. Em seu facebook oficial, a própria banda agradeceu aos fãs paraenses, mas na verdade, somos nós que temos que agradecer a eles por ter nos proporcionado uma noite memorável, e histórica. Obrigado Andre Matos, Obrigado Felipe Machado, Obrigado Hugo Mariutti, Obrigado Pit Passarell, Obrigado Guilherme Martin, vocês todos foram impecáveis. OBRIGADO VIPER.

SETLIST VIPER BELÉM:

INTRO

PRIMEIRA PARTE: SOLDIERS OF SUNRISE
1 – KNIGHTS OF DESTRUCTION
2 – NIGHTMARES
3 – THE WHIPPER
4 – WINGS OF THE EVIL
5 – SINGS OF THE NIGHT
6 – KILLERA (THE PRINCESS OF HELL)
7 – SOLDIERS OF SUNRISE
8 – LAW OF THE SWORD
9 – H.R.

SEGUNDA PARTE: THEATRE OF FATE
10 – ILLUSIONS
11 – AT LEAST A CHANCE
12 – TO LIVE AGAIN
13 – A CRY FROM THE EDGE
14 – LIVING FOR THE NIGHT
15 – THEATRE OF FATE
16 – MOONLIGHT
17 – PRELUDE TO OBLIVION

BIS:
18 – EVOLUTION
19 – REBEL MANIAC
20 – WE WILL ROCK YOU

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

AngraAngra
Banda reage à tragédia com Adrenaline Mob

212 acessosBlind Guardian e Rhapsody: Como seria Hansi e Lione cantando juntos?1220 acessosAngra: Uma rara versão acústica de "Carry On" com Andre Matos899 acessosAngra: Fabio Lione tem poderes! (making of do novo álbum)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

AngraAngra
Banda errou na escolha de Fabio Lione?

MegadethMegadeth
Mustaine fala do desafio de ter Kiko Loureiro na banda

Kiko LoureiroKiko Loureiro
"Sou integrante da banda, não músico de apoio"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Viper"0 acessosTodas as matérias sobre "Andre Matos"0 acessosTodas as matérias sobre "Lord Byron"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Monsters of RockMonsters of Rock
A feijoada que quase derrubou King Diamond

PreçosPreços
Quanto custa para contratar a sua banda favorita

QueenQueen
A declaração musical de ódio de Freddie Mercury

5000 acessosMegadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo5000 acessosThin Lizzy, Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"5000 acessosNo alto do castelo há uma linda princesa...5000 acessosGuns N' Roses: Como Slash explica a separação em sua biografia?5000 acessosO Rock Morreu: mas a boa notícia é que ele está embalsamado3818 acessosÁlbuns Homônimos: algumas pérolas que levam o mesmo nome da banda

Sobre Yuri Martins

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online