Megadeth: banda dá aula de heavy metal no SWU

Resenha - Megadeth (SWU, Paulínia, 14/11/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Wagner Megadeth e Eduardo Bianchi Rolim
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O dia era 14 de novembro, véspera de feriado nacional, e lá vamos nós viajar 120 km para o festival SWU, realizado na cidade de Paulínia, interior de SP, e em especial para ver a apresentação de uma banda, “Megadeth” que em pouco mais de 50 minutos, deu uma verdadeira aula de heavy metal em um dia dominado pelo grunge e hard rock. E ainda bem que aconteceu, pois corremos o risco da banda nem tocar…

648 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosMetallica: Bob Rock revela segredos do "Black Album"

Foto da chamada: Alexandre Cardoso.

Exatamente às 21:30 hs, Dave Mustaine, David Ellefson, Chris Broderick e Shawn Drover entraram no simplório palco montado para seu show, e indo direto ao assunto “Trust” teve a tarefa de iniciar a aula de heavy metal tão aguardada pelos fãs facilmente identificados com camisetas da banda (assim como eu…claro), e o público foi junto com a banda, cantando em uníssono o refrão desta música que faz parte do não tão badalado álbum Cryptic Writings.

A banda então emendou “Wake up Dead”, um clássico que manteve a galera pulando e cantando como somente uma banda com o calibre do Megadeth consegue fazer. “Hangar 18″ foi a terceira desta noite que ainda me surpreenderia, e dado o números de cabeças que notei ”chacoalhando” durante os longos e empolgantes solos de Mustaine e Broderick, acho que os bangers presentes curtiram e muito esta sequência, que já me deixava sem voz…

Hora do intervalo, Mustaine então dá seu “Boa noite São Paulo” e continua, dizendo que é muito bom estar de volta ao Brasil !! Com apenas uma hora prevista de show, pensei que o “oi” da banda ficaria para o final, mas o Dave de hoje é um cara que se preocupa e respeita muito seus fãs, que gosta de falar e brincar com sua plateia, é o cara que atingiu o ápice de sua carreira e está literalmente de bem com a vida.

“A Tout Le Monde” foi então tocada, e diga-se de passagem, com maestria pela banda… mais um sucesso que estremeceu a outrora pacata cidade de Paulínia!! Hora de vender o “jabá”… o novo álbum “Th1rt3en” teve sua vez, “Whose Life (Is It Anyways?)” foi a primeira escolhida, muito boa música, que demonstra todo o peso que o albúm tem, mas pelo que vi, os fãs da banda ainda precisam de um tempinho para se ambientar com a nova obra prima da banda. Quando a frase ”Death by the HeadCrusher” é dita por Mustaine, pensei com meus botões, “é agora que minha voz vai terminar de vez”… era a vez de “HeadCrusher” levantar novamente a galera, esta que para mim é segunda melhor música do excelente “EndGame”, perdendo apenas para “This Day We Fight”.

“Public Enemy No. 1″, que é o carro-chefe do “Th1rt3en”, foi tocada na sequência, e muito cantada pelos fãs, excelente música, daquelas que te deixam com o refrão martelando na cabeça o dia inteiro. De agora em diante viriam somente os clássicos da banda…fomos então presenteados com “Sweating Bullets” e o hino “Symphony of Destruction”, que provocaram palmas e arrancaram sorrisos que deixavam claro como todos ali presentes estavam gostando e muito da irretocável apresentação.

David Ellefson foi aos microfones dar um ” E aí Brasil?” em bom e claro português, antes de outro clássico “Peace Sells”, que marcou a ilustre presença no palco do mais popular mascote dentre as bandas de heavy metal “Vic RattleHead“!!! É isso mesmo… foi a primeira vez que o mascote da banda entrar no palco, foi uma surpresa muito legal que a banda proporcionou aos seus fãs que até então só conheciam esta figura através das capas do discos.

A banda então sai de cena, a galera grita… ”Megadeth… Megadeth… Megadeth!!!!”, as luzes demoram a ascender, houve quem disse “já era…não rolar nem Holy Wars…”, engano seu, amigo!!! O bis estava apenas sendo preparado…Mustaine volta ao palco e faz uma brincadeira com a galera, dizendo que o pessoal da direita ao palco estava mais barulhento do que o da esquerda, e pede para que todos façam barulho !! Outro raro momento que parece se tornar uma marca deste vocalista que surpreende a cada show… e são tocados os primeiros acordes de “Holy Wars”, para delírio geral !!!! E cada fã parecia aproveitar o máximo daqueles que seriam os últimos minutos de uma apresentação simplesmente perfeita desta trupe que merecia sem sombra de dúvidas ser a Headliner deste dia do SWU…mas independente disso, de todo o barro provocado pela chuva que insistiu cair dia e noite, dos 100 abusivos reais cobrados pelo estacionamento literalmente no meio mato, eu faria tudo novamente, pois foram 50 minutos que em nome do Heavy Metal, agradeço, afinal todo show do Megadeth “is my secret place, that I like to go…” !!!

Alguns grandes clássicos da banda, infelizmente ficaram de fora! Músicas como “Train of Consequences”, “In my Darkest Hour” e “She-Wolf”, não tiveram espaço graças ao “gênios” responsáveis pela organização deste festival que propaga a sustentabilidade mas que na verdade mira somente o lucro e o desrespeito ao seu público.

Acesse a matéria original no Minuto HM para ver o vídeo de Trust e uma galeria de fotos do show, inclusive do papel do setlist da banda!

http://minutohm.com/2011/11/16/cobertura-minuto-hm-megadeth-...

Wagner Megadeth.
Colaborou: Eduardo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de novembro de 2011

MegadethMegadeth
Dave Mustaine classifica os guitarristas da banda

648 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa473 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3377 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Assista "Holy Wars" com câmera na guitarra de Kiko

MegadethMegadeth
Dez álbuns que marcaram a vida de David Ellefson

MegadethMegadeth
Atual formação é um upgrade imenso sobre as anteriores

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "SWU Festival"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

MetallicaMetallica
Bob Rock revela segredos do "Black Album"

Paul DiAnnoPaul Di'Anno
"Harris é como Hitler e estar no Maiden é entediante!"

A7XA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"5000 acessosO Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?5000 acessosIron Maiden: o histórico (e atrapalhado) 1º Rock in Rio5000 acessosSobre Joelhos, Metallica e o 1º Princípio da Filosofia5000 acessosPolêmica: as músicas mais controversas da história do Rock1376 acessosCristina Scabbia: musa elege sete filmes de terror italianos

Sobre Wagner Megadeth e Eduardo Bianchi Rolim

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online