Raimundos: tocando o puteiro na Virada Cultural em Campinas

Resenha - Raimundos (Virada Cultural, Campinas, 15/05/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luciano Correa
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.









O RAIMUNDOS se apresentou na Virada Cultural realizada em Campinas, interior do estado de São Paulo no último domingo dia 15. A banda, que já havia tocado na cidade em outras três ocasiões, não aparecia fazia um bom tempo e compensou isso com um show “curto” (palavras de Canisso), porém “matador” (por Marquim).

O aquecimento para o show ficou por conta do Ozzmozzy (Ozzy Cover) que com os clássicos do “Madman” agitou o público já presente. “Crazy Train”, “No More Tears”, “Perry Mason”, “Mr. Crowley” e “Mama, I'm Coming Home” contagiaram os fãs, que mesmo embaixo de chuva, curtiram muito o show. A “saideira” ficou por conta de “Paranoid” que definitivamente consolidou o show e deixou a galera pronta para a principal atração da noite.

Por volta das 17:30h, os quatro integrantes do Raimundos, subiram ao palco. A formação atual conta com: DIGÃO (vocal e guitarra) e CANISSO (baixo), membros originais dos anos 90, além de MARQUIM (guitarra) e CAIO (bateria). Os caras já chegaram quebrando tudo com a sequência “Fique!Fique!” (do disco “Kavookavala”), “Esporrei na Manivela” (do “Lavo Tá Novo”) e a nova música de trabalho “Jaws”, que tem feito um certo sucesso na mídia e mostrado que a banda vem forte e com uma pegada nova.

Na sequência vieram músicas das diversas fases do Raimundos. Passando pelo primeiro álbum, “Raimundos”, com “Marujo”, “Rapante”, “Be a Bá” e destaque para “Palhas do Coqueiro” - onde Digão pediu para a galera abrir um grande círculo, e deixar a “roda punk” comer solta. O disco “Lavo tá Novo” também foi lembrado com “Opa! Perai, Caceta”, “O Pão da Minha Prima”, “Pintando no Kombão” e a sequência “Tora Tora” e “Eu Quero é Ver o Oco” - com direito a “Everlong” (do FOO FIGHTERS) entre elas - onde a arena foi abaixo com todos cantando em alto e bom som. Do “Só no Forevis” tocaram “Pompém”, “Aquela” e as famosas “Mulher de Fases” - que teve uma intro reggae feita por Digão, “Me Lambe” e a “Mais Pedida”. Ainda rolaram “Macaxeira” (do álbum lançado somente na internet - “Pt Qq cOisAh”), “Mas Vó” (outra do “KavooKavala) e a “Reggae do Maneiro” (do “MTV ao Vivo”), que teve direito a rolo de papel higiênico jogado no palco e recebido com agradecimento por Digão que soltou: “estava precisando!”.

Após uma rápida pausa, a banda retornou para o encore. Duas “porradas” de uma só vez: “Deixa eu Falar” (também do “Só no Forevis”) - ficando por conta do público cantar a parte do refrão que contém um palavrão, e a mais pedida - não é a música de novo – da noite, “Puteiro em João Pessoa”, onde todas as energias da banda e dos presente se esgotaram completamente. O Raimundos deixou o palco muito aplaudido pelos cerca de 4 mil presentes, mostrando que o grupo ainda tem uma boa parcela de fãs na região.

As palavras usadas por Digão - “doido” e por Caio - “foda”,definiram bem o que foi a noite. Um show muito bom, onde o Raimundos mostrou toda sua força e vontade. Deixou bem claro que está mais vivo do que nunca, junto com o “formigueiro”. A banda se mostrou muito entrosada, com Digão cantando muito e tocando também, Marquim (já com 10 anos de banda) levando muito bem as guitarras, Canisso (que ficou um curto período fora e retornou em 2007) dominando suas 4 cordas como sempre e Caio (o mais “novo” membro) que com sua técnica e peso deixou o som da banda bem melhor.

O novo DVD “Roda Viva” está prestes a ser lançado relembrando toda a história da banda em 25 faixas. Um CD de inéditas talvez só para 2012, apesar de Digão já ter dito que tem muito material pronto. É aguardar por esses novos lançamentos para podermos ver a banda se consolidar cada vez mais no cenário nacional.

Raimundos:

Digão (Vocal e Guitarra)
Canisso (Baixo)
Marquim (Guitarra)
Caio (Bateria)

Set-List:

1. Fique! Fique!
2. Esporrei na Manivela
3. Jaws
4. Marujo
5. Rapante
6. Opa! Perai, Caceta
7. Pompém
8. O Pao da Minha Prima
9. Mulher de Fases
10. Palhas do Coqueiro
11. Be a Bá
12. Macaxeira
13. Pintando no Kombão
14. Aquela
15. Me Lambe
16. A Mais Pedida
17. Mas Vó
18. Reggae do Maneiro
19. Tora Tora
20. Everlong (Foo Fighters)
21. Eu Quero é Ver o Oco

Encore:
22. Deixa eu Falar...
23. Puteiro em João Pessoa

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

RaimundosRaimundos
Ficou aquele gostinho de que podia ser melhor

663 acessosRock Comédia: em vídeo, as dez melhores bandas brasileiras1751 acessosThe Noite: Semana de muito rock no programa de Danilo Gentili768 acessosRaimundos: nova visita à carreira, dessa vez em formato acústico.2775 acessosRaimundos Acústico: Identidade renovada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Raimundos"

RaimundosRaimundos
"Deu onda" é coisa fugaz e vai durar dois meses

RaimundosRaimundos
Canisso relembra fase pós-Raimundos

RaimundosRaimundos
Ficou aquele gostinho de que podia ser melhor

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Raimundos"

Covers inusitadosCovers inusitados
COB tocando Britney Spears? Shakira tocando ACDC?

Collectors RoomCollectors Room
Uma das mais invejáveis coleções de metal do Brasil

HumorHumor
Os roqueiros mais chatos das redes sociais

5000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19895000 acessosDia do Rock: dez tentativas brasileiras de assassinar o gênero5000 acessosKiss: clipe de "I", gravado em 1981, é divulgado pela 1ª vez4057 acessosHard Rock: os melhores álbuns de 1970 até 20165000 acessosGibson Magazine: os melhores baixistas de todos os tempos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Luciano Correa

Colaborador do Whiplash e apreciador de várias vertentes do Rock/Metal. Começou cedo ouvindo Queen, Nazareth e RPM no velho toca discos dos pais. Escutou muito Guns N' Roses, Bon Jovi, Scorpions, Metallica, Iron Maiden e Sepultura até descobrir Helloween, Blind Guardian e Gamma Ray. Ainda nesse meio tempo começou a ouvir Ramones, Misfits, Offspring, Angra, Rhapsody, Hammerfall, Stratovarius, Manowar, Motörhead, Pantera e Slayer para fechar a década de 90. No começo dos anos 2000, incluiu em sua lista bandas como Nightwish, Sonata Arctica, Within Temptation, System Of A Down, Rammstein, Dimmu Borgir, Cradle of Filth e atualmente - últimos 5 anos, tem escutado muito Children Of Bodom, Katatonia, Alestorm, Eluveitie, entre tantas outras. Rock/Metal é barulho para alguns e estilo de vida para tantos outros!

Mais matérias de Luciano Correa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online