Resenha - Krisiun, Scars (Bar Opinião, Porto Alegre, 28/05/2006)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Hugo Guaraná
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.




A noite de domingo prometia, pois o guitarrista Andreas Kisser (SEPULTURA) iria participar do show de lançamento do CD “AssassiNation” dos gaúchos do KRISIUN, num encontro histórico em Porto Alegre, e ainda com abertura dos paulistas do SCARS e dos caxienses da MELANCHOLIC ARTH.

Fotos: Marcus Rovere

A noite começou com o Bar Opinião abrindo por volta das 20h, com a exibição do DVD (ainda não lançado no Brasil) do KRISIUN. Às 21h entrou a banda paulista SCARS, que pela primeira vez estava tocando no estado, com o cenário de palco completo para esse show, com excelente sincronização de som e luzes. O público presente ao bar Opinião começava a se empolgar com a banda, que tocou sons do seu CD “The Nether hell”l, e um medley do grande Slayer, que conquistaram definitivamente a platéia gaúcha. Excelente thrash metal com muito profissionalismo, conquistando muitos elogios.

Após a tradicional troca de equipamento de palco, era a vez da banda MELANCHOLIC ART, de Caxias do Sul (RS), que pratica um black metal com muita atitude (inclusive com corpse paint). Pena que o público não demonstrou muito interesse pela banda.

Após alguns instantes entra em ação o Toninho (presidente do fã-clube do SEPULTURA) e o produtor Pisca que após algumas palavras de apoio aos bangers gaúchos, anunciam o show dos mestres do death metal, o KRISIUN, que estava retornando da primeira parte da turnê na Europa e Estados Unidos, e lançando o CD “AssassiNation”.

Os irmãos Kolesne (Max na bateria, Alex no baixo/vocal e Moyses na guitarra) provaram mais uma vez que estão entre as melhores performances “ao vivo” de bandas de metal, pois a energia que emana chega a ser palpável, botando os bangers gaúchos (público estimado em mais de 1000 pessoas) a se espremerem para chegar mais perto do palco do bar Opinião. A banda destilou vários sons do novo álbum, mesclados com músicas dos CDs “Conquerors of Armageddon”, “Apocayptic Revelation”, e ”Works of carnage”, finalizando com o hino “Black Force Domain”, gritado por todos os bangers presentes.

Após uma breve parada, era vez da entrada do guitarrista Andreas Kisser, que com muita energia, plugou sua guitarra para tocar com o Krisiun e, pra enlouquecer a platéia, emendar com “Refuse/Resist” e “Troops of Doom”.

O show teve participação entusiasmada da platéia, uma boa produção em termos de luz e som, aliados a competência e experiência que o KRISIUN adquiriu em uma longa carreira de shows nacionais e internacionais. Mais uma histórica noite de metal em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Krisiun"

VírgulaVírgula
O primeiro show da vida de alguns rockstars brasileiros

Heavy MetalHeavy Metal
Site elege as dez melhores bandas do Brasil

Metal BrasileiroMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Krisiun"

CâncerCâncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso

Avenged SevenfoldAvenged Sevenfold
"Mike Portnoy não queria sair da banda"

Blaze BayleyBlaze Bayley
Pra sair do Maiden é preciso deixar o cabelo

5000 acessosHeavy Metal: Você consegue identificar os 10 diferentes estilos sem olhar?5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Sidney Magal5000 acessosBon Scott, o eterno Rocker...5000 acessosTitãs: plágio, idéias muito parecidas ou fortíssimas influências?5000 acessosRicardo Seelig: A coleção do criador da Collector's Room5000 acessosJustin Bieber: montagens detonam popstar com Pantera e Metallica

Sobre Hugo Guaraná

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online